terça-feira, 22 de setembro de 2015

Fabio emagreceu 60kg



Genteeee!!!
Quero contar a história do meu amigo do instagram e snap, da minha terrinha querida Mato Grosso do Sul: Fabio emagreceu 60kg!!! Incrível a transformação dele!

O publicitário Fabio mora em Campo Grande-MS, tem 29 anos, 1,82 de altura e chegou ao peso máximo de 160kg, leia a entrevista dele e motive-se!! 

Em quanto tempo emagreceu e há quanto mantém?
Cerca de 3 a 4 anos estou nessa luta, mantendo e emagrecendo aos poucos com qualidade e sem pressa.
Sempre fui um cara de peso digamos normal, quando novo sempre fiz atividades físicas, fui jogador de basquete, e com isso sempre mantive o peso, nunca havia feito dietas nenhuma devido a ser jogador, o problema surgiu quando estava prestes a entrar na faculdade, onde larguei todas as atividades que fazia e comecei a beber( álcool) e ter uma alimentação mais desregrada.

O momento da mudança:
Tudo foi uma aposta em família, onde fizemos uma espécie de bolão para ver quem emagrecia mais, mas fizemos por percentual e não por kg, e nunca mais havia me pesado na vida, sempre soube que estava gordo, mas não sabia ou achava que era tanto, quando subi na balança levei um susto pq tivemos de nos pesar todos um na frente do outro para não dar brigas ou discussões devido a aposta, e quando vi que estava com 160kg entrei em choque, fui o ultimo a me pesar, e nesse momento minha avó de 90 anos passou ao lado e disse: "meu filho você ta gordo heim, vai morrer cuidado", e isso me deu um baque tremendo, fiquei muito triste e chateado, havia outras situações onde já havia passado por algo parecido também, um certo Natal ganhei um short, e havia ficado feliz pois ele entrou sem nenhum problema nem nada, mas queria trocar a cor dele e minha mãe não queria ir que eu fosse trocar, desconfiei e perguntei onde havia comprado, ela hesitou bastante e no final confessou que era em uma loja especializada para obesos, fiquei extremamente triste e desanimado com a vida, depois dessa aposta, decidi mudar de verdade, peguei firme em treinos de corrida o famoso HIIT, mas na época não conhecia, e alguns treinos de força, sozinho e sem acompanhamento, foi difícil mas fui porque era o que eu precisava, acho que o ponto mais determinante era que eu realmente decidi mudar e nada nem ninguém seria capaz de me parar, nem as brincadeiras nem o preconceito que se sofre quando é gordo e decidi dar a cara a tapa.
 
As dificuldades
Seguir um plano de dietas e treinos, já que não tinha noção de nada, pesquisei muito em sites americanos e com ajuda de minha irma que fala inglês fluente pedia para ela traduzir os textos e eu ia testado se dava certo ou não, preconceito era enorme, e as piadinhas de sempre, olha lá o gordo querendo emagrecer, que que adianta, sai daqui e vai comer porcaria e lanche e etc.
 Isso me motivava cada dia mais, vendo essas pessoas querendo me derrubar e desmotivar, no começo entrei em depressão, mas pensei e vi que era eu quem devia mudar por mim mesmo, e não iria me importar se os outros olhassem com cara de reprovação, fui sozinho, todo santo dia, na chuva, no sol, feriados, finais de semana, não tinha tempo ou horário, simplesmente ia, assim fui vendo aos poucos que dava pra mudar e fui tentando me superar a cada dia, colocando metas sempre.

Nunca deixei que minha aparência externa mudasse o que sou por dentro, porque sei o quanto e
é ruim as pessoas olharem torto e fazerem piadinhas das pessoas obesas, hoje sei que tenho um corpo melhor do que antes, mas a cabeça ainda continua centrada e eu a mesma pessoa brincalhona e que trata as pessoas não pelo que aparentam e sim pelo que são, jamais mudarei isso.

A depressão  foi algo forte e problemas nas articulações como joelho, respiração melhoraram, cansaço diminuiu, muita gente fala nossa você está lindo e isso ou aquilo, por eu ter a cabeça ainda digamos "antiga" não me vejo como um cara diferente de ninguém, e acho que isso e o que me mantem com essência de "gordo" como costume brincar, claro que a auto estima é algo sensacional mas no seu pessoal, colocar uma camiseta e não apertar as "banhas", comprar uma calça e nao ter que mandar aumentar, nao ter que comprar shorts apenas de elásticos, se sentir bem e a melhor parte, mudou tudo. Antes comia muito mas em poucas vezes ao dia, hoje tomo café da manhã, tenho minha rotina de treinos, de dieta, que sigo, mas sempre que posso e quero como algo fora dela, até porque não é uma dieta na verdade é algo que já me acostumei a levar e não vejo mais diferença nisso.

Faço cerca de 8 refeições ao dia, tudo pesado e balanceado, proteínas e carboidratos, muito "flaaaangooo, peixe, carne, ovo, arroz, batata, macarrão. Cortei refrigerantes há muito tempo, açúcar não uso em nada, apenas quando como doce e dou minhas escapadas, e álcool já não consumo há mais de 1 ano, por escolha minha e não pela dieta em si, frituras não como, quase nunca na verdade, não pode faltar comida boa e de qualidade, hoje prezo por isso, qualidade na alimentação, como comidas normais e de fácil acesso e baratas, assim da pra se manter na dieta ou pelo dinheiro investido ou tempo de fazer.

Exercícios:
Academia todos os dias, descanso 1 dia na semana, cardio: sejam corridas, caminhadas, bike, todo dia também, mas moderado, as vezes no final de semana um pouco mais pesado.

Conselho para quem quer perder peso:
Não sei se existe um conselho pronto para isso,  o que eu sempre digo, se você realmente quiser mudar e se empenhar mesmo, vai conseguir muita coisa, é difícil e chato,  cansativo, mas vale a pena cada dia e cada esforço, no final tudo vai melhorando, tem dias de desânimo sim, quem, tudo tem seu tempo, não gostava de que falassem pra mim, "nossa se ta gordo, porque nao emagrece?" Cada um tem seu tempo, não adianta forçar se não quer mudar a mente, que é o que nos comanda, ela que nos da forças e é ela que devemos primeiro mudar, não se apeguem a balança, sei que muitos querem chegar a determinado numero X, mas hoje eu prefiro as roupas como comparativo, uma calça e camiseta ou vestido folgadinho e certinho, sem estar marcando é muito melhor do que 2 números na balança, músculos pesam, pensem em eliminar a gordura corporal, e acima de tudo sintam-se bem, não queiram o corpo de fulano ou ciclano, mudem o SEU corpo e melhorem ele, não se comparem vejam o resultado em vocês, tirem fotos semanalmente para comparar as evoluções, e quando der e puderem saiam do nome "DIETA", é uma palavra desanimadora já, eu prefiro estilo de vida ou reeducação alimentar, porque devemos ter os prazeres de comer uma pizza, chocolate, sei lá, quando der né, a exceção só não deve virar regra!!!!
  
Fabio Vieira Gibin
Instagram/snap: @fabio_healthy 


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Evento: Venha bater um papo conosco!

Genteeeeee!!!
Estou muito feliz em convidá-los para este evento, um bate papo descontraído comigo e com a Eve Scherer que emagreceu 30kg. Vamos conversar sobre nossa rotina, emagrecimento, treino, como emagrecemos, muitas dicas e tudo que quiserem saber.
Entrada é franca, convide todos os amigos também!!!!
Será dia 03/10 - sábado
Hora: 16h às 18h.
Shopping Granville na Loja Porto + Verde
Será uma honra recebê-los, conto com a presença de todos!!!

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Movimente Cia


Participei da Campanha #MovimenteCia da Cia Athletica de Porto Alegre. 
Adorei fazer parte e amei a mensagem que postaram junto com o vídeo nas redes sociais, um grande incentivo e motivação. Obrigada pelo convite Cia Athletica!!!

Recadinho da Cia Athletica POA:
 @ciaathleticapoa
Após ter decidido investir na saúde, a @rosbarbieri perdeu 35kg e hoje pega pesado na Cia. A meta agora a maratona do Rio de Janeiro em 2016! Rô, estamos juntos nessa! #movimentecia #vempracia #ciaathleticapoa #correndocomaRo #ciaathletica 

Boraaaaa quem vem comigo?? Movimente-se!!!

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Dieta Paleo




O QUE É DIETA PALEOLITICA?



Antes de mais nada, vamos retirar o rótulo, pois assim como a ideia da dieta é reduzir consumo de alimentos industrializados e consequentemente empacotados, um rótulo de “dieta” também acaba levando à algo “engessado”.
 Estilo de alimentação paleolítico, ou simplesmente comida de verdade, é justamente resgatar, melhorar ou manter saúde através da adoção de alimentos sem aditivos químicos, sem processamento, sem alterações na sua composição.
 Basicamente se refere à comer comida natural, genuína, sem lista de ingredientes intermináveis, ou com o mínimo de ingredientes, tentando adaptar para nossa realidade evolutiva.
 Ainda assim, parece confuso para compreender? Vamos simplificar: comer comida de verdade nada mais é do que evitar produtos refinados, açúcares, alimentos processados e grãos. Traduzindo para nossa realidade, seria como se cortássemos a base da pirâmide alimentar onde constam: massas, pães, biscoitos, etc, e mantivéssemos apenas aqueles alimentos que são plantados e colhidos, de forma natural. Ainda dos alimentos de origem animal, todos os tipos de carnes que existem e que cada cultura detém o consumo como habito regional. Sem necessidade de passar por maquinas ou processos que tirem sua gordura original, já que esse é um alimento naturalmente presente, cultivado, etc, não há motivo algum para ter medo dos seus componentes, pelo contrário. As doenças modernas que estão surgindo cada vez mais “fortes”, tem uma única origem: sobrecarga do nosso pâncreas pelo excesso de insulina secretada ao receber a alimentação moderna em sua corrente sanguínea. Os problemas associados ao consumo de grãos, além do fato de serem a maior fonte de carboidratos da vida moderna, são fortes indutores do aumento do tecido adiposo.

 Sem sombra de dúvida, a simples eliminação total dos grãos (pão, massa, farinha, biscoitos, etc, enfim uma dieta livre de glúten e pó branco) fornece talvez 70% de todo o benefício não apenas de perda de peso, mas de controle de síndrome metabólica e de patologias autoimunes.

Quer saber mais? Acesse: www.lowcarb-paleo.com.br

Adriane Rodriguez
Nutricionista
Paleo - Low Carb
Especialista em Fisiologia do Exercício & Nutrição Esportiva
Mestre em Biologia Celular e Molecular. Bióloga
INSTAGRAM: @adrinutri

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Pão de Queijo Baixo Carbo

Pão de queijo baixo carbo
Genteeee essa receita é deliciosa!!! Minha nutri top @adrinutri postou essa receititinha no instagram e fui correndo fazer. 
 
 Receita:
 ▫3 ovos
▫ 1/2 xic de azeite de oliva (usei um pouco menos que 1/2xic)
▫ 1 xic de polvilho doce (usei 1 1/2xic)                                                                                                    ▫5 colheres de sopa de queijo ralado  
▫ 1 pitada de sal 
▫ 2 colheres de leite de coco (opcional)
Bata os ovos e o polvilho. Quando estiver homogêneo misture os outros ingredientes e coloque em forminhas.
Forno pré aquecido 200°. Asse por 20min + ou -