segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Whey Protein e Emagrecimento


Muitas pessoas tem dúvidas sobre o uso do Whey Protein, a minha nutricionista Adriane Rodriguez puplicou na sua fan page esse texto falando sobre o assunto:
 
Quem treina disciplinadamente deve ter conhecimento de que o whey protein ajuda muito nas “dietas de secagem e emagrecimento”, e muitas vezes é difícil explicar para pessoas leigas que acreditam que esse produto engorda ou faz mal à saúde.
Enumerei diversos fatores pelos quais o whey protein auxilia na perda de gordura corporal “emagrecimento” saudável:

a) Contribuem para o aumento do percentual relativo de massa magra do corpo, que é um tecido altamente ativo, que consome muitas calorias para sua manutenção, ao contrário das gorduras que constituem um peso sem atividade.
b) Auxiliam na saciedade, pois liberam colicistoquinina (CCK), um conhecido agente regulador do apetite no organismo humano, aumentam o tempo de esvaziamento gástrico, pois as proteínas tem tempo de digestão mais prolongado.
c) A ingestão de proteína não estimula a liberação de insulina da mesma forma que os carboidratos, uma vez que é ela quem transporta a gordura para dentro dos adipócitos (células reserva de gordura/compartimentos de reserva).
d) Em dietas para perda de peso, é muito comum a diminuição dos dois compartimentos (gordura e massa magra). Ao proporcionar uma oferta maior de proteínas de alto valor biológico inicia-se um efeito anticatabolico, que preserva a massa magra e estimula perda de gordura. Quando o programa alimentar está bem regulado, é perfeitamente possível perder gordura e ganhar massa muscular simultaneamente,
e) Na ausência ou substituição de alguns lanches ricos em carboidratos ou gorduras, pela proteína, o metabolismo para sua digestão necessita até 30% mais energia para digeri-las e em dietas de emagrecimento essa estratégia (aumentar as proteínas e reduzir os carboidratos) tem sido utilizada com muito sucesso, mas é importante salientar que as proteínas devem vir de fontes limpas e de alto valor biológico (Whey Protein, Clara de Ovo, peixe). Quando o corpo sofre a perda de gordura para o percentual desejado, vão se adicionando mais carboidratos de boa qualidade na dieta, em conjunto com a atividade física, principalmente a musculação, permitindo assim a ativação da massa magra para assegurar a vitalidade do metabolismo em manter o peso perdido e evitar o efeito sanfona.





FONTE:
Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. v. 7. n. 40. p.195-203. Jul/Ago. 2013. ISSN 1981-9927
Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. v. 3. n. 16. p. 295-304. Julho/Agosto. 2009. ISSN 1981-9927.




Obs. Não tome nenhum suplemento alimentar sem indicação de um médico/nutricionista.
Eu sempre tomo whey após os treinos, falei sobre isso NESTE POST

4 comentários:

  1. Excelente explicação. Beijo, boa semana !!

    ResponderExcluir
  2. Bacana!
    Eu voltei a rotina de treinos desde Abril, antes disso havia feito academia por quase 2 anos e emagreci muito mas com a faculdade e rotina puxada de um novo trabalho tinha abandonado os exercícios.

    Confesso que sou dessas que não toma whey por medo, ainda não estou com acompanhamento nutricional e não acho certo 'fazer as coisas por conta'

    Vou acompanhar o blog da Adriane gostei tem várias dicas legais por lá

    Bjkas

    www.jackiemakeup.com.br

    ResponderExcluir
  3. Estou voltando ao meu blog.
    Confere lá:
    http://emagrecendocomdietadukan.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ótima dica, vou já já procurar um shake para tomar no pós treino.

    ResponderExcluir