terça-feira, 30 de novembro de 2010

Melancia: uma super fruta e ajuda emagrecer!

Quem não gosta de um bom pedaço de melancia? Ela é docinha, saborosa e muito, mas muito saudável! Agora que está começando a época dessa fruta, é importante sabermos que ela não deve ser consumida só porque é gostosa, ela tem sim muitas propriedades benéficas ao organismo, elementos funcionais e ajuda a prevenir e curar doenças!

As propriedades da melancia

Essa fruta contém muitas vitaminas, como as vitaminas A, B1, C, B2, B6, biotina, ácido fólico e niacina, além disso contém beta-caroteno, que é precursor da vitamina A e o licopeno, um nutriente funcional, igual ao do tomate, que ajuda a prevenir o câncer de próstata.
Além disso possui os minerais ferro, fósforo, cálcio, zinco e magnésio, que são de extrema importância para o funcionamento de nosso organismo.

As propriedades terapêuticas

O consumo da melancia ajuda a evitar muitas enfermidades e a curar muitas outras. É um ótimo diurético, já que é composta de mais de 90% de água, boa para quem sofre de problemas renais, pressão alta, reumatismo, gota e também em dietas de emagrecimento.
O suco da melancia é excelente para limpar o estômago e o intestino, elimina o ácido úrico, ajuda no tratamento de acidez estomacal, bronquites crônicas e afecções de boca e garganta. Também é um ótimo antioxidante, prevenindo alguns tipos de câncer. O suco deve ser feito batendo a poupa com as sementes no liquidificador e depois coado. Consuma na hora em que o fizer.
As sementes são ricas em lipídios e usadas como diurético e vermífugo. Torradas elas aliviam a dor quando aplicadas sobre feridas.
O consumo de uma fatia de melancia por dia ajuda na eliminação de toxinas do organismo, auxilia no funcionamento dos rins, é refrescante e desinfetante.

A melancia contra doenças

Só o consumo da melancia em si já previne diversos males como já foi dito, mas ela também pode ser usada para tratar doenças específicas, conforme encontrado na literatura sobre a fruta.
Para quem sofre de reumatismo, alcoolismo ou doenças na garganta pode ser feito um tratamento a base de melancia ingerindo apenas esse alimento algumas vezes na semana por algumas semanas, não consecutivas. Nesses dias deverá permanecer em repouso.
Já para problemas urinários, é possível fazer um tratamento que consiste do mesmo usado no reumatismo, mas também tomando suco de semente de melancia, batendo as sementes no liquidificador com um pouco de água e coando, de 3 a 4 copos por dia.
Para doenças respiratórias, substitua uma das refeições, algumas vezes na semana pela fruta.

Para dietas de emagrecimento

Como é um ótimo diurético, a melancia ajuda a emagrecer, não só eliminando toxinas e tendo muito poucas calorias (cerca de 30 calorias en cada 100g), como também fazendo a pessoa se sentir satisfeita se comer um pedaço de melancia antes das refeições.
Além de tratar e prevenir muitas doenças, ajudar a emagrecer e ser antioxidante, ela é deliciosa. É ou não é uma super fruta?

Alimentação Saudável 

Já conhece minha Coluna Sobre Motivação No Adoro Esporte
Passa lá: http://adoroesporte.wordpress.com/

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

6 atitudes para controlar a vontade de comer doces

 
Você está se cuidando, fazendo reeducação alimentar e vem chegando as festas. Nesta época do ano muitas tentações a vista. Doces em geral, especialmente chocolate, são mesmo uma tentação! Nos dias que antecedem a menstruação, então, nem se fala. Dá vontade de se afundar num balde de guloseimas, não é mesmo? Mas, com isso, a briga com a balança fica mais dura. O que fazer, então, para controlar esse desejo? Eis algumas dicas:
1) Diminua a ingestão aos poucos: se você tem o hábito de ingerir açúcar todos os dias, passe a consumi-lo cinco vezes por semana. Reduza a rotina gradativamente, até atingir a meta de comer doce apenas uma vez a cada sete dias.
2) Faça um diário alimentar: registre os alimentos e a quantidade que ingere ao longo do dia, para identificar com que freqüência e o volume de doces que está consumindo.
3) Opte por alimentos menos calóricos e que apresentem nutrientes mais saudáveis. Substitua o chocolate do lanche da tarde por uma fruta ou por uma barrinha de cereais.
4) Faça substituições inteligentes: as frutas são sempre as melhores opções para substituir os doces. Gelatinas, pudins ou flans light também podem matar a vontade das sobremesas.
5) Não faça nenhum tipo de barganha alimentar: não pule refeições ou diminua as porções para, mais tarde, saborear uma farta sobremesa. Essa atitude só faz a fome acumular, favorecendo o descontrole alimentar.
6) Evite a estocagem de tentações: se a vontade for irresistível, coma apenas uma porção do seu doce preferido. Não faça estoque na despensa para não aumentar a tentação.
MdeMulher

sábado, 27 de novembro de 2010

Vitamina A combate a gordura localizada

Aposte no micronutriente para eliminar os pneuzinhos salientes e teimosos


Mesmo fazendo dieta aquele pneuzinho insiste em continuar saliente? Aposte então na vitamina A! Ela tem fama de garantir a saúde dos olhos, reforçar o sistema imunológico e cuidar da pele.

Porém, um estudo do Instituto de Nutrição Josué de Castro, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), revelou que esse micronutriente também tem o poder de combater as gordurinhas localizadas.

A vitamina A age de duas maneiras: "Estimula a produção de leptina (hormônio responsável pela saciedade) e dificulta a multiplicação das células de gordura", resume a professora Andréa Ramalho, coordenadora do estudo, em entrevista à revista BOA FORMA de outubro de 2010.

Mas esqueça os suplementos. "A dose mínima diária (700 microgramas) é suficiente para garantir os efeitos benéficos dessa vitamina", diz Kelly Fu, nutricionista do Centro de Orientação Nutricional EMEX, em São Paulo.

Para você ter ideia, uma escumadeira de abóbora cozida tem mais de mil microgramas. Outros boas fontes de vitamina A são cenoura, couve, manga e agrião.

MdeMulher

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Suco: Mais energia e Dribla a Fome


Quer hidratar, ficar em forma e refrescar? 
Que opção pode ser melhor, então, do que receitas de sucos de baixo valor calórico e com um benefício extra? Tem receita para aliviar a fadiga, energizar, combater a cólica, ficar mais calma, diminuir a insônia, prevenir resfriado, melhorar a circulação e até para “enganar” a fome. O segredo, de acordo com a nutricionista Vanderli Marchiori, é saber combinar os ingredientes conforme suas propriedades funcionais. “Algumas frutas, como banana, maçã, além de ervas e sementes são campeãs em combater a tensão e causar sensação de tranqüilidade porque, combinadas, facilitam a transmissão do impulso nervoso e melhoram a atividade cerebral.” Para aproveitar esses benefícios dos sucos, entretanto, é imprescindível escolher sempre as frutas frescas para fazer estas receitas. Se for o caso de usar sucos prontos, procure no rótulo pela indicação “100% natural”.

PARA TER MAIS ENERGIA
Smoothie Alcatraz
rende 1 copo de 238 calorias
* Ingredientes: ½ xíc. (chá) de morango, ½ xíc. (chá) de amora, ½ xíc. (chá) de framboesa, 2 bolas de frozen iogurte light, 100 ml de Pepsi light, 1 folha de hortelã para decorar
* Modo fazer: Bata todos os ingredientes no liquidificador e decore com a hortelã.

PARA DRIBLAR A FOME
Vitamina light
rende 1 copo de 270 calorias
* Ingredientes: 1 copo de água-de-coco, 2 bananas-maçãs, 1 maçã,
½ mamão papaia, 1 col. (sopa) de gérmen de trigo.
* Modo de fazer: Bata todos os ingredientes no liquidificador, com exceção do gérmen de trigo, que deve ser acrescentado na hora de servir.

PARA FICAR MAIS CALMA
Suco Púrpura
rende 1 copo de 25 calorias
* Ingredientes: 1 xíc. (chá) de folhas de girassol, 1 xíc. (chá) de folhas de trigo-sarraceno, 1 nabo pequeno, 5 folhas da rama de cenoura, ½ xíc. (chá) de chá de erva-doce
* Modo fazer: Lave todos os ingredientes. Misture, centrifugue e sirva.

PARA TER MENOS RESFRIADOS
Vitamina Express
rende 1 copo de 60 calorias
* Ingredientes: 1 fatia de abacaxi, 1 col. (sopa) de erva-cidreira, 1 col. (chá) de sementes de linhaça, 1 col. (chá) de sementes de gergelim, 1 col. (chá) de sementes de girassol, 1 copo (200 ml) de água.
* Modo de fazer: Bata todos os ingredientes no liquidificador e não coe.

PARA SENTIR MENOS CÓLICA
Beterraba light
rende 1 copo de 142 calorias
* Ingredientes: 1 beterraba sem folhas, 5 folhas de alface romana, ½ laranja, 3 cenouras.
* Modo de fazer: Centrifugue a beterraba e a alface. Misture os outros ingredientes e sirva.

PARA MELHORAR A CIRCULAÇÃO
Batida Power
rende 1 copo de 180 calorias
* Ingredientes: ½ xíc. (chá) de suco de cenoura, ½ xíc. (chá) de suco de espinafre, ½ xíc. (chá) de suco de beterraba, ½ xíc. (chá) de folhas de mostarda, ½ xíc. (chá) de leite de coco.
* Modo de fazer: Misture todos os ingredientes no liquidificador. Mantenha na geladeira.
As receitas foram elaboradas pela equipe do SPA Clínica Yan Sou, em Bragança Paulista, SP
 
Viver Melhor

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Como manter a dieta durante as festas

Confira algumas dicas para não sair da dieta nas festas de final de ano e manter a forma sem passar fome

Fim de ano é uma tortura: muita comida e bebida e... nada de dieta. Mas manter o peso mesmo nas comemorações pode ser bem simples. Basta seguir algumas dicas práticas como não ir à festa com fome, ser a motorista da vez e evitar as calorias das bebidas, doar as sobras para quem precisa, comer só o que você gosta ou servir petiscos gostosos e "magros". Esses cuidados garantem a alegria da festa e evitam que você perca o jeans que mais gosta. Você é quem vai dar a festa? Confira as dicas para acertar nos quitutes:

Vá ao forno

Em vez de oferecer aos convidados risoles, coxinhas e outros salgadinhos fritos, prefira caprichar num assado, como esfiha.

Passe no pão

Aposte nos patês feitos com bases light, como maionese e queijo minas. Eles rendem lanchinhos gostosos e pouco calóricos.

Doces mais leves

Procure substituir o creme de leite e o leite condensado por iogurtes ou pelas suas versões light. A quantidade de gordura que vai ser diminuída da receita é significativa.

Invista na praticidade

Cenoura e pepino cortados em tirinhas e colocados em um copo com sal grosso dão bons tira-gostos!

Escolhas mais magras

Prefira carnes mais magras como peru, frango, peixe ou chester. Deixe de lado lombo, costela e leitão.

Trocas saudáveis

A tradicional farofa pode ficar bem gostosa e mais nutritiva com legumes crocantes cortados em tiras finas. Assim, você consegue aumentar o conteúdo de fibras, vitaminas e minerais e diminuir a quantidade de farinha da receita.

Substituições apetitosas

O arroz integral e a quinua também podem ser opções diferentes e que vão fazer sucesso na ceia. Para torná-los mais apetitosos, acrescente um pouquinho de nozes moídas, passas e folhas frescas de hortelã.

MdeMulher



quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Quatro exercícios que garantem motivação


Conversando com minhas amigas Gê e Eydy pelo meu twitter @rosbarbieri, elas decidiram o post de hj pelos exercícios para fazer em casa. Segue uma super série para motivá-las e não perder o pique. Falta pouco para o verão!!!!    

Com o  aparecimento rápido de resultados faz você treinar com mais disposição 

Abdominal, flexão de braços, agachamento e elevação dos calcanhares são alguns tipos de ginástica que possibilitam, quando feitos da maneira correta, resultados práticos e rápidos irão aparecer e você se sentirá muito mais motivado (a). Se você está há muito tempo tentando praticar alguma atividade e nunca dá certo, esses exercícios vão descomplicar sua vida e te dar força para seguir qualquer outro programa.

Abdominal: Deite num colchonete, talha ou tapete dobrados. Os joelhos flexionados e pés alinhados e apoiados no chão. A coluna vertebral deve estar bem alinhada ao chão e com quadril levemente encaixado. Estender os braços a frente do peito com as mãos unidas. Depois, é só subir e descer o tronco sem encostar a cabeça no chão e sem movimentá-la.
Flexão de braços: Ajoelhe no colchonete, abra os braços e apóie as mãos no chão, alinhadas aos ombros. Encaixe o quadril para proteger a região lombar. Flexione os cotovelos como se fosse encostar o peito no chão.
Agachamento: Em pé, separe as pernas alinhadas com o quadril. Agache e levante como se fosse sentar em uma cadeira. Sempre contraia o abdome na hora de agachar.
Elevação de calcanhares: Em pé, posicione na frente de uma parede ou cadeira, com as pernas levemente fechadas. Depois, eleve os calcanhares e volte sem encostá-los no chão. Repetições Inicie a primeira semana com 5 repetições para cada exercício, um dia sim e o outro não, e, vá intercalando mais 2 ou 3 a cada semana que passa.
Quando estiver completando 15 repetições, meu conselho é que você faça desta forma:

1ºdia - 1x15;
2ºdia - Caminhada ou dança;
3ºdia - 2x15;
4ºdia - Caminhada ou dança;
5ºdia - Forte repetição de cada exercício;
6ºdia - Caminhada ou dança
7ºdia - DESCANSO.
Sabe o que faz a diferença para os exercícios darem resultados? Disciplina e fazê-los com gosto. EXPERIMENTE!

Minha Vida

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Shake que ajuda a queimar gordura

Aprenda a fazer um shake que acelera o metabolismo e auxilia em uma maior queima de gordura

Feito com proteína, esse shake é uma ótima solução para quem precisa perder poucos quilos.

Entenda como a bebida funciona

Beber o shake de proteína concentrada logo no período da manhã ajuda a queimar muito mais gordura. O motivo? A vitamina consegue estimular o pâncreas a produzir glucagon, hormônio capaz de acelerar o metabolismo, fazendo com que a gordura armazenada no corpo - inclusive a localizada! - funcione como combustível a ser gasto pelo organismo. Assim, lá se vão os indesejáveis pneuzinhos... Esse mesmo hormônio também funciona como controlador do apetite e ainda ajuda o corpo a ficar saciado por mais tempo.

Combine com o shake!

Ingredientes
- 200 ml de leite desnatado
- 2 medidas de proteína isolada (pode ser encontrada em casas de suplementos alimentares; o medidor vem dentro da embalagem do produto)
- 3 castanhas-do-pará
- 1 colher (sopa) de linhaça
- 1 fruta de sua preferência.

Modo de preparo Bata tudo no liquidificador.

Como consumir Beba no café da manhã

 Revista VivaMais

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Vamos eliminar a barriguinha ?

A dieta que faz perder barriga

Conheça a dieta que ajuda a queimar a gordura abdominal e conquiste uma barriga lisinha

Quer perder a barriguinha? Comemore! Jorge Cruise, especialista americano em perda de peso e autor de vários livros sobre o assunto, dá a fórmula para secar a gordura abdominal.
Ele montou um plano alimentar para ajudar as pessoas sem disposição para emagrecer. O resultado surpreendeu. Até mesmo pessoas muito obesas, que eliminaram 40 ou 50 quilos com a dieta, perderam primeiro, e de maneira muito rápida, a gordura armazenada na barriga.

3 regras que derretem os pneuzinhos

 Siga os mandamentos abaixo e perca de 2 a 4 kg por semana de gordura abdominal..
1. Reduza o consumo de carboidratos (açúcar, doces, pães, bolos, massas, arroz branco, milho, batatas e raízes). O máximo que se pode comer desses alimentos são 200 gramas ao dia, sendo que, de açúcar, não deve ser mais do que 15 gramas! A nutricionista Andrezza Botelho, especializada em nutrição funcional, explica o motivo dessa restrição: "Caso você tenha uma refeição rica nesses carboidratos, que são de rápida digestão, o corpo irá transformá-los depressa em açúcar e liberará quantidades elevadas de insulina para a retomada do equilíbrio".

2. Aumente a quantidade de alimentos ricos em fibras (grãos integrais, verduras, legumes e frutas) nas refeições. "As fibras diminuem a constipação intestinal e diminuem a velocidade de absorção dos alimentos", diz a nutricionista.

3. Coma, sem restrição, proteínas (carnes, leite desnatado, iogurtes light e queijos magros) e azeite de oliva extravirgem. Segundo Andrezza, as gorduras do bem, como o azeite extravirgem, ajudam a reduzir o perímetro da barriga.

Por que funciona?

Ao seguir as três regras acima você reduz os níveis de insulina produzida pelo corpo. Isso leva seu metabolismo a fazer uma inversão de trabalho: antes ele estocava gordura abdominal, agora ele passa a queimá-la.

Cardápio para reduzir a gordura abdominal

Opção 1

Café da manhã - 1 pote de iogurte light com 1 xícara de flocos de milho sem açúcar e 6 morangos

Lanche
- 1 maçã

Almoço
- 1 prato (sobremesa) de rúcula com 2 palmitos, 2 tomates e azeite extravirgem + 1 xícara de macarrão ao sugo + 1 xícara de iscas de filé de frango + 1 pote de gelatina com nozes picadas

Lanche - 1 pote de iogurte light + 4 biscoitos de polvilho (formato de roscas)

Jantar - 1 prato (sobremesa) de acelga + 4 colheres (sopa) de vagem refogada + 1 filé pequeno de peixe grelhado com molho de maracujá + 2 colheres (sopa) de purê de batata-doce + 1 laranja

Ceia - 1 Polenguinho

Opção 2

Café da manhã - 1 copo (200 ml) de suco de maracujá com couve + 1 fatia de pão de forma light com 2 fatias de peito de peru e 1 col. (café) de azeite

Lanche - 1 pera

Almoço - 1 prato (sobremesa) de almeirão com ½ tomate temperados com limão e sal + 2 colheres (sopa) de brócolis refogado + 3 colheres (sopa) de lentilha + 3 colheres (sopa) de picadinho de carne + 2 colheres (sopa) de arroz + 2 ameixas pretas

Lanche - 1 copo de suco light + 3 castanhas-do-pará

Jantar - 1 prato (sobremesa) de folhas verdes temperadas com 1 fio de azeite e sal + 1 prato (sopa) de sopa de legumes com frango desfiado + 1 fatia de melão

Ceia - 1/4 de abacate salpicado com aveia em flocos

Opção 3

Café da manhã - 1 xícara de leite de soja zero + 1 banana com 1 colher (sopa) de aveia em flocos

Lanche - 1 pêssego

Almoço
- 1 prato (sobremesa) de alface, ½ tomate, 1 colher (sopa) de cenoura, 1 palmito e 1 colher (sopa) de ervilha temperados com 1 fio de azeite e sal + 1 pedaço médio de frango assado + 2 colheres (sopa) de arroz integral + 1 concha média de feijão + ½ cacho de uva

Lanche - 1 pote de iogurte light + 1 fatia fina de bolo simples

Jantar - 1 prato (sobremesa) de alface e rúcula temperadas com azeite e sal + 1 batata média recheada com 1 colher (chá) de requeijão light e 3 colheres (sopa) de atum light + 1 gelatina

Ceia - 1 pote de iogurte desnatado

Opção 4

Café da manhã - 1 xícara de chá de camomila + ½ pão francês integral com 1 colher (sobremesa) de geleia sem açúcar

Lanche - 1 mexerica

Almoço
- 1 prato (sobremesa) de rúcula com rodelas de cebola e molho shoyu light + 1 omelete com 2 claras, 1 gema e ervas finas + 2 colheres (sopa) de arroz à grega + ½ concha de grão-de-bico + 1 fatia de abacaxi com raspas de limão

Lanche - 1 xícara pequena de café com adoçante + 4 biscoitos integrais com 1 colher (sopa) de ricota

Jantar - 1 prato (sobremesa) de folhas verdes com palmito e 4 tomates cereja temperados com 1 fio de azeite e sal + 1 sanduíche feito com 1 hambúrguer assado + 2 fatias de queijo mussarela

Ceia - Chá de erva-doce
Destaque da Matéria
Foto: Ormuzd Alves

Opção 5

Café da manhã - 1 xícara de café preto + 2 torradas integrais com mussarela de búfala (2 fatias finas) + ½ papaia com quinoa em flocos salpicada

Lanche - 1 copo de suco de soja light

Almoço - 1 prato (sobremesa) de salada de alface, palmito e tomate + 2 filés de merluza assados com azeite + 2 colheres de purê de inhame + 1 fatia pequena de melancia

Lanche
- 6 uvas-passas + 3 enroladinhos de peito de peru e mussarela de búfala

Jantar - 1 porção de tirinhas de alcatra acebolada + Salada de rúcula e manga fatiada + 2 colheres (sopa) de arroz 7 grãos

Ceia
- 1 copo de suco de soja light 

 Revista Ana Maria

Falta pouco para o verão!!! Agora é investir nos exercícios, abdominais e na dieta equilibrada e Xô Pancinha!!!

 

sábado, 20 de novembro de 2010

Vitaminas e Minerais: essenciais para qualquer dieta


Para uma dieta realmente saudável e completa, é necessário que haja o consumo regular de vitaminas e minerais.
Uma boa saúde começa com uma boa alimentação rica em cereais, frutas, verduras, carnes, legumes, leite e seus derivados.
As substâncias encontradas nesses alimentos são fundamentais para o bom funcionamento do metabolismo, e são elas que fornecem a energia que nosso corpo não consegue produzir sozinho.
Entenda um pouco melhor sobre algumas vitaminas e minerais e deixe que eles façam parte da sua dieta diária.
Vitaminas
Vitamina A - Essencial para o crescimento, reprodução, visão e desenvolvimento dos ossos. Fontes: fígado, legumes (cenoura, beterraba, batata doce, etc).
Vitamina B12 - Utilizada no tratamento de anemias. Fontes: fígado, ovos, leite, carne e peixes.
Vitamina C – Dentre várias coisas, essa vitamina auxilia na cicatrização após procedimentos cirúrgicos. Fontes: frutas cítricas, tomates, morangos, pimentão-doce e brócolis.
Vitamina D - Essencial por manter o equilíbrio de cálcio no sangue e saúde dos ossos. Fontes: peixes de água salgada, ovos, carne, leite e manteiga.
Vitamina E - Tem importante função de prevenir a degeneração de nervos e músculos e estimular a resposta ao sistema imunológico. Fontes: óleos (soja e girassol), nozes, vegetais de folhas verdes e cereais integrais.
Minerais
Cobre – Dentre várias propriedades, o cobre atua como antioxidante. Fontes: frutos do mar e fígado.
Magnésio – Manutenção e reparo de células e tecidos, como co-fator no metabolismo de proteínas. Apresenta importante papel no relaxamento muscular. Fontes: grãos integrais, nozes, legumes e vegetais de folhas verdes.
Selênio – protege as estruturas intracelulares contra os danos oxidativos causados pelos radicais livres.
Zinco – Necessário para a divisão celular e acelera o processo de cicatrização. Apresenta efeito protetor contra os danos oxidativos do pulmão, rins, leucócitos, eritrócitos e plaquetas. Fontes: proteínas, carnes, ovos, frutos do mar, queijos e feijão.
Dica
Evite retirar as cascas das frutas ao consumi-las, pois são nelas que se concentram a maior parte das vitaminas e minerais.
Além das frutas picadas em forma de salada que você pode consumir durante o horário de trabalho, segue uma receita fácil, saborosa e nutritiva que você pode fazer em casa.

Suco de leite e morango
Ingredientes
- 1 xícara (chá) de leite
- 2 colheres (sopa) de leite em pó
- 1 xícara (chá) de morangos
- 1/2 xícara (chá) de guaraná diet
Modo de Preparo
- Deixe o leite no congelador até ficar quase congelado.
- Bata com o restante dos ingredientes no liquidificador
- sirva decorado com hortelã.
*Essa receita tem o total de 110 calorias e rende duas porções.

Vivo a Vida Leve

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Cuidado! O recheio do sanduíche pode detonar a sua dieta

É só ver um sanduíche com aparência mais leve que muita gente não pensa duas vezes em substituir uma refeição pelo lanche prático na esperança de estar fazendo uma troca saudável. Entretanto, independente de alguns pães serem "magros" e cheios de fibras, o recheio que vai neles pode transformar o prato em uma verdadeira pegadinha para a sua dieta.

Além disso, de acordo com a nutricionista Roberta Stella, do Dieta e Saúde, não é indicada a substituição de uma refeição tradicional por um sanduíche. Não há problemas em fazer isso uma vez ou outra, mas tornar a medida um hábito é prejudicial. "É muito comum as pessoas fazerem isso no jantar. Mas mesmo nessa refeição, é necessário incluir ingredientes de todos os grupos alimentares (arroz, feijão, carne, legumes e saladas)", explica a especialista. A ressalva para o período da noite é comer em menor quantidade do que no almoço e fazer preparações mais leves para não prejudicar a digestão e o sono. "É importante deixar de pensar nas refeições somente como fornecedoras de calorias mas, sim, de uma variedade de nutrientes (macronutrientes e micronutrientes)", ressalta a especialista.  

O sanduíche é uma maneira rápida de se alimentar, especialmente quando a correria do dia a dia deixa a rotina tão atribulada que não sobre tempo nem para almoçar. Saiba optar pelos lanches menos calóricos e que vão fazer bem para a sua saúde e para saciar a sua fome. Para aqueles dias, em que o sanduíche entrar no cardápio, confira as dicas para preparar ou escolher as opção mais leve e saudável sem deixar de lado o sabor.

Escolha o carboidrato ideal

A escolha do pão do sanduíche causa confusão. São diversas as opções do mercado. Existem os pães de linhaça, cevada, grãos variados, aveia, cenoura e também o preto e o integral. Essas são as opções menos calóricas e mais nutritivas para você optar. Evite: os pães brancos em geral, pois a receita deles contém açúcar que eleva os níveis de glicose no sangue rapidamente. Além disso, esses pães não geram saciedade tanto quanto os integrais e de grãos, ricos em fibras. 

Prefira a proteína magra!
Segundo a nutricionista do Dieta e Saúde, Roberta Stella, sanduíches com atum light são uma das melhores opções. O peito de frango grelhado (sem a pele!) vem em seguida. Depois, rosbife e carne bovina ou suína. Evite: os embutidos em geral, como presuntos e salames. Eles têm muitas calorias, gordura e uma quantidade de sódio considerável que causa a sensação de estufamento, pois o sal retém líquidos. 

E o queijo, é permitido?
Os queijos menos calóricos são a ricota e o cottage. É importante tomar cuidado com o queijo de minas (branco), opte pela versão light. A mussarela de búfala também pode prejudicar a perda de peso. "Os queijos amarelos como parmesão, prato, mussarela, cheddar são os mais comuns e que contém maior quantidade de gorduras e, consequentemente, de calorias", explica Roberta.

Dica: A palavra-chave na hora de rechear o seu sanduíche é "moderação". Se você não quiser trocar o seu queijo preferido por uma versão menos calórica e gordurosa, lembre-se de usar uma pequena quantidade só para matar o desejo.

A cilada do sanduíche "natural"
Muitos sanduíches que se auto-denominam "naturais" contém uma significativa quantidade de molho, na maioria das vezes, feitos com maionese e muita gordura. "Hoje já existem diversos molhos prontos disponíveis para consumo. É importante o consumidor ler o rótulo e compará-lo com outros molhos, verificando a quantidade de gorduras e calorias do produto e, assim, poder fazer a melhor opção. Molhos à base de iogurtes e com ervas são os mais indicados.", ressalta a nutricionista Roberta Stella.

Dê preferência aos molhos feitos em casa com ingredientes mais saudáveis. Por mais "light" que seja o molho de supermercado, muitas vezes contêm conservantes que não são tão saudáveis e deveriam ser evitados. 

Abuse da saladinha!
A melhor estratégia para deixar um sanduíche mais gostoso, nutritivo e menos calórico é investindo na saladinha. Folha verdes como alface, rúcula, acelga, espinafre e legumes, como tomate, cenoura, beterraba, pimentão e palmito, preenchem seu sanduíche, dando um aspecto robusto ao lanche e, ao mesmo tempo, promovem uma maior saciedade.

Minha Vida

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Está se sentido inchado? Saiba como controlar o problema

Nas mulheres, o problema costuma se manifestar mais intensamente durante a TPM e o período menstrual

A sensação de inchaço pode ser facilmente controlada através de uma alimentação equilibrada. Segundo a nutricionista Michelle Ferreira De Simone, são diferentes as causas do inchaço.

— Problemas como hipertensão, disfunções hormonais, problemas na tireóide ou renais, má alimentação, sedentarismo, uso de antiinflamatórios, anti-hipertensivos, alguns anti-diabéticos orais e até pílula anticoncepcional podem provocar este inchaço. Deficiências na circulação, podem ser consideradas as principais causadoras do problema. — diz a especialista.

Esta retenção de líquidos que causa a sensação de inchaço pode causar uma variação no peso do indivíduo de um a até dois quilos no mesmo dia. Michelle explica que no caso das mulheres, na época da TPM e no período menstrual é quando o problema se torna mais evidente devido à grande oscilação hormonal.

Ela alerta, entretanto, que é preciso ter cuidado com o uso indiscriminado de diuréticos:

— Eles só devem ser prescritos por um médico, pois seu uso irregular pode causar dores e fraqueza nas pernas, câimbras, além de prejudicar o funcionamento dos rins.

Quais alimentos devem ser evitados?
:: Dietas ricas em sal (sódio)

Esse mineral está nos alimentos industrializados, embutidos e enlatados como salsichas, presunto, mortadela, salame, queijos amarelos, frios em geral, sucos em pós, temperos industrializados como ketchup, mostarda, molho shoyu, sopas prontas, picles, azeitonas, ervilhas e legumes enlatados, carnes como bacalhau e carne-seca.

Refrigerantes, mesmo light ou zero, também devem ser evitados devido ao teor do sódio.

Sempre leia o rótulo dos alimentos e fuja dos que que contenham glutamato monossódico ou sódio em sua composição.

:: Alimentos com alto Índice Glicêmico (IG)

Apesar de não apresentarem alto teor de sódio, a insulina, por sua vez, retém sal é água, o que contribui com o inchaço. Por isso, é importante controlar também a ingestão de carboidratos simples, feitos com farinha branca como as massas, pães, batata, mandioca, beterraba, arroz branco, doces e o açúcar.

O que ajuda a desinchar?
:: Beba muita água para limpar o organismo. Além de estimular os rins e melhorar a circulação, ajuda a equilibrar a quantidade de sódio no organismo e a eliminar as toxinas.

:: Invista em hortaliças e frutas que facilitam e prolongam a digestão, melhorando a absorção de minerais que evitam a retenção.

:: Consuma alimentos naturalmente diuréticos, como: chuchu, pepino, melancia, melão, pêra, abacaxi, tomate, broto de feijão, aipo, alcachofra, erva-doce, acelga, berinjela, espinafre, brócolis, couve, gengibre e canela.

:: Alimentos ricos em potássio, também podem ajudar. Este mineral ajuda a eliminar o excesso de sódio do organismo. Banana, berinjela, água de coco, sementes de linhaça, tomate, melão, pêssego, laranja e espinafre, são boas fontes deste mineral.

:: Aposte no magnésio que previne a retenção de líquidos. Ele está presente nos seguintes alimentos: abacate, cereais integrais, granola, arroz integral, castanhas, legumes e vegetais verdes.

:: Alimentos ricos em vitaminas do complexo B, especialmente B6. Eles agem na redução dos níveis de homocisteína, proteína presente no sangue que aumenta com a idade e prejudica a circulação. São eles: frango, banana, cereais integrais, levedo de cerveja, arroz integral, cará, alho, sementes de gergelim.

:: Alimentos ricos em silício normalizam a capacidade de retenção hídrica entre as células. Ótimas fontes são aveia, cevada, salsa, nabo, alho, avelã, castanha do Pará, feijão, centeio, trigo e geléia real.

:: Temperos naturais como alho, salsinha, salsão, cebola, orégano, hortelã, limão, manjericão, gengibre, coentro e cominho podem substituir o sal.

:: Os chás com efeitos diuréticos podem auxiliar no problema da retenção. Ervas como a hortelã, cavalinha, sálvia, chá verde, menta, espinho branco, dente-de-leão, cabelo de milho e quebra-pedra são eficazes para eliminar os líquidos e as toxinas.

Outros hábitos que ajudam a eliminar líquidos do corpo


:: Praticar exercícios físicos é fundamental, nem que seja uma simples caminhada. O exercício promove o aumento do consumo de líquidos e melhora a circulação do organismo

:: Fazer massagens, como por exemplo, a drenagem linfática, ajuda o organismo a eliminar as toxinas e os líquidos acumulados no corpo

:: Roupas muito apertadas, também podem prejudicar o problema. Elas fazem a compressão das veias e impedem o retorno venoso do sangue, o que contribui com o inchaço

:: Ficar sentado por muitas horas seguidas, na mesma posição, também ajuda a acumular líquidos

Viva Leve 

ClicRBS/Donna

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Frutas cítricas ajudam a emagrecer

Alimento tem fibras solúveis que reduzem a absorção de gorduras no organismo

Cítricos: eles aumentam a sensação de saciedade e contêm fibras que funcionam como uma esponja, absorvendo a gordura dos alimentos
As frutas cítricas são importantes aliadas para quem deseja emagrecer. Elas têm propriedades capazes de reduzir a absorção de gorduras e açúcares pelo organismo, além de aumentarem a sensação de saciedade.
Isso tudo é possível graças às fibras solúveis. “Toda fruta cítrica é uma fonte rica neste tipo de fibra”, afirma nutricionista Patrícia Ramos, coordenadora do serviço de nutrição e gastronomia do Hospital Bandeirantes.
Existem vários tipos de fibras solúveis, como goma guar e mucilagens, mas a pectina é a principal. “Ela retém água e forma uma espécie de gel no estômago”, explica a nutricionista.
Esse gel torna o esvaziamento gástrico mais lento. “E isso aumenta a sensação de saciedade. Quer dizer que a pessoa se sente satisfeita por mais tempo depois que come”, esclarece.
Ao diminuir a velocidade do esvaziamento gástrico, as fibras solúveis colaboram para que os açúcares (glicose) sejam absorvidos mais lentamente pelo organismo. É uma vantagem para quem deseja emagrecer. “Também é uma propriedade interessante para diabéticos”, ressalta Patrícia.

Esponja de gordura
O gel de pectina age como uma espécie de esponja de gordura. “Ele se liga aos lipídios, fazendo com que parte deles seja excretada pelo organismo, em vez de absorvida”, explica. Quem sofre de colesterol alto, por exemplo, pode se beneficiar disso.
Para aproveitar ao máximo as frutas cítricas, o ideal é comê-las de forma fracionada durante o dia. “Isso favorece a presença constante delas no organismo”, afirma Patrícia.

Dose certa
Uma laranja tem em média 0,3 grama de fibras solúveis. Já uma banana prata, apesar de não ser uma fruta cítrica, é um pouco mais rica, tem 0,5 grama por unidade. As demais frutas cítricas (kiwi, abacaxi, acerola, limão, tangerina e maracujá) têm doses semelhantes de fibras.
“Mas precisamos de pelo menos 6 gramas por dia de fibras solúveis, dentro do total de 25 gramas de fibras em geral”, recomenda.

 Para atingir essa marca, a nutricionista sugere misturar farelo de aveia aos sucos de frutas cítricas ou outros alimentos durante o dia. Em cada duas colheres de sopa de farelo de aveia há 3 gramas de fibras solúveis. Vale lembrar que o suco não deve ser coado para que não haja perda das fibras, presentes no bagaço.

Pele mais bonita
Outra vantagem das frutas cítricas é a presença de vitamina C em quantidades elevadas. Essa substância favorece a oxigenação da pele, o que ajuda a prevenir varizes e celulite. A vitamina C também é uma poderosa antioxidante e combate a formação de radicais livres no organismo.
“Isso retarda o envelhecimento precoce das células e favorece o sistema vascular, ajudando a prevenir infartos e derrames cerebrais”, afirma a nutricionista Lúcia Helena Lista Bertonha, do Conselho de Nutricionistas de São Paulo.
Além disso, a vitamina está diretamente relacionada com o sistema imunológico e é rica em água.

Quando evitar
Lúcia explica que o consumo constante de frutas cítricas, pela própria acidez característica do alimento, pode provocar sensibilidade excessiva nos dentes. “A pessoas acaba sentindo dor em contato com o ar ou com alimentos quentes”, afirma.
Azia, refluxo gástrico e estomatite, entre outros problemas gástricos, também podem ser causados ou agravados por frutas cítricas. “Nestes casos, o melhor mesmo é reduzir bastante o consumo das frutas ou até suspendê-lo por um período”, recomenda. “Pacientes em tratamento contra o câncer costumam ter esses problemas”, acrescenta.
Outros estudos sobre esses alimentos, conta Lúcia, sugerem uma relação entre frutas cítricas e enxaqueca. As crises da doença podem ser desencadeadas pelo consumo desses alimentos, mas ainda há pouca literatura médica sobre o assunto.

delas.ig.com.br

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Mexa-se 10 dicas para não abandonar os exercícios

A motivação do iniciante pode diminuir à medida que os dias passam. Veja como não desistir

Quem decide abandonar o sedentarismo com a prática da caminhada ou até da corrida costuma relatar alta motivação nas primeiras semanas de atividade física. Com o passar dos dias, no entanto, o pique pode diminuir, especialmente se não houver um planejamento dos exercícios.
“Entre 80% e 90% dos iniciantes que não seguem uma planilha abandonam a atividade por volta da terceira semana. Já os que seguem orientações de um instrutor ou até programas de treino – mesmo que genéricos – continuam firme mesmo depois de terminada a primeira planilha, o que geralmente fica próximo do terceiro mês”, diz o professor de educação física Alen Brandizzi, técnico esportivo de corrida e triatlo da Treine Certo Assessoria Esportiva, de Vitória (ES).

Confira dicas práticas para não desistir:
1. Arranje um parceiro de treino nas primeiras semanas e se comprometa com ele. É muito fácil “deixar para lá” quando você está sozinho. Especialmente naquele dia em que bateu a preguiça ou amanheceu nublado.

2. Estabeleça metas atingíveis e reais, como caminhar dois quilômetros, três vezes por semana nas primeiras duas semanas. E aumente 300 metros a cada semana em um período de 12 semanas. “É mais fácil de praticar e cumprir, do que decidir caminhar cinco quilômetros todos os dias até o fim do ano”, argumenta Alen Brandizzi. Vale também planejar a evolução, traçando planos para um ano com metas curtas, médias e de longo prazo.

3. Em um caderno ou agenda, faça uma espécie de “diário de treino“. Algo como: “hoje caminhei dois quilômetros e me senti bem”. E valorize os progressos: “caminhei 10 minutos e corri durante dois minutos. Nossa, como correr é legal!” Segundo o treinador, o ato de registrar seu exercício faz com que você visualize sua evolução, o que é altamente motivador.

4. Esqueça o treino dos outros: concentre-se em você. Trace suas próprias metas, sabendo aonde quer chegar e como fará para atingir seus objetivos.

5. Use roupas e tênis confortáveis, adequados ao seu corpo.

6. Escolha um local agradável para a prática de exercícios, como um parque. Pelo menos uma vez por semana programe um treino ao ar livre.

7. Se você segue uma planilha entenda que “treino perdido é treino feito”. “A sessão de exercício programada e perdida para aquele dia não poderá ser somada a do dia posterior. Esqueça e siga em frente”, diz Alen.

8. Compartilhe experiências. Converse sobre seu treino com pessoas do mesmo nível que você e com os mais experientes. Até redes sociais como Twitter e Facebook, podem ajudar nessa troca.

9. Não use desculpas como “estou muito pesado”, “não tenho fôlego”, “não consigo acordar cedo” para desistir do exercício. A perda de peso e a resistência vêm justamente com a continuidade da caminhada ou da corrida. Quanto ao horário, escolha o que é possível e mais confortável para você.

10. Descanso também é treino. O intervalo entre um dia e outro de atividade física é benéfico para a recuperação e altamente recomendado, principalmente para iniciantes. Só não use esse argumento para descansar a semana inteira.

delas.ig.com.br 

NOVIDADE:

HOJE estréia minha coluna quinzenal no Adoro Esporte. Acessem: http://adoroesporte.wordpress.com/2010/11/16/correr-eu-yes-you-can/

 Meu twitter: @rosbarbieri


sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Agradecimento e os Benefícios da Maçã

Quero agradecer tanto carinho recebido ontem, fico muito feliz e emocionada com as palavras de incentivo e elogios, além das amigas queridas que divulgaram em seus blogs sobre a matéria da Revista.
Muito Obrigada!!!
Quer saber mais sobre a farinha de feijão branco ? http://www.romassoterapeuta.com/2010/07/agradecimento-e-farinha-de-feijao.html

Hoje vamos falar dos benefícios da maçã:

Sabe porquê você deveria comer uma maçã por dia?

Todo mundo deveria consumir uma maçã por dia, pelo menos. Essa fruta contém inúmeras propriedades que fazem bem ao organismo, purificam, limpam, previnem doenças, melhoram o trânsito intestinal e também emagrecem.

Comer uma maçã por dia faz baixar o colesterol, previne o diabetes, intestino preso, problemas de pele e gota, retarda o envelhecimento, pois é antioxidante, depura o sangue, limpa o fígado, ajuda a eliminar substâncias tóxicas do corpo, como metais pesados, são ricas em vitaminas e minerais como vitaminas B1, B2, niacina, potássio, ferro e fósforo. Também previnem infecções de garganta e fazem com que o sono seja tranqüilo.

Graças as propriedades antioxidantes dessa fruta, a quercetina e os flavonóides, ela é indicada para a prevenção de colesterol, doenças cardíacas, câncer e também é ótima contra a gripe.

Ela ajuda a emagrecer

A maçã contém pectina, uma fibra que ajuda a segurar a fome e a reduzir a quantidade de carboidratos ingeridos, fazendo com que o corpo estoque menos gordura. Consumir uma maçã 20 minutos antes das refeições ajuda a controlar a fome, fazendo você comer menos e consequentemente a emagrecer. Além disso também regula a acidez estomacal, acelera o trânsito intestinal, evita gases e dificulta a absorção de gorduras.

A maçã desidratada

A maçã possui um ácido chamado oxálico, que pode se juntar com outros minerais formando cálculos renais, por isso o consumo da maçã deve ser reduzido para quem tem esses problemas, porém, na sua versão desidratada esse ácido é perdido, podendo ser consumido por quem padece desse mal.

Também para quem não gosta ou não tem tempo de comer maçãs naturais, pode consumir a maçã desidratada. Uma maçã equivale a mais ou menos 20g de maçã desidratada. As frutas desidratadas contém alguns de seus nutrientes mais concentrados do que as frutas in natura, no caso da maçã são o alto teor de fibras e as propriedades antioxidantes que são maximizados na versão desidratada.

Chá de maçã

Para quem é fã de chás o de maçã é ótimo. É calmante, tônico, desinfetante bucal, diurético, antidiarréico e ajuda no sono. Também é bactericida, antiviral, antiinflamatório, melhora o funcionamento do fígado e dissolve o ácido úrico.

Pode ser feito colocando junto canela, que dá um sabor especial. É preparado com a casca e o miolo da maçã, ou a partir da fruta desidratada.

Suco de maçã

O suco da maçã contém os fitonutrientes encontrados na fruta, de forma concentrada. Eles mantém a boa saúde, são indispensáveis a ela. É um poderoso antioxidante, evitando doenças e o envelhecimento precoce.

Prefira fazer seu próprio suco, batendo as maçãs no liquidificador com água, do que os comprados prontos, que são processados, e perdem grande parte de seus nutrientes no processo de pasteurização.

Vinagre de maçã

Extraído da maçã o vinagre é conhecido como coadjuvante na perda de peso. Ele ajuda a regular o metabolismo, fazendo com que o organismo trabalhe melhor, queime mais gorduras e faça melhor a digestão dos alimentos. Ajuda o fígado a desintoxicar o organismo, e também possui substâncias como os ácidos málico e o tartárico, que matam as bactérias prejudiciais do intestino.

É rico em fibras que absorvem as gorduras e o colesterol e os fazem ser eliminados pelas fezes. Também tem a pectina da maçã, que ajuda a regularizar o intestino e, como dito antes, a emagrecer.

Ele pode ser encontrado nas versões líquidas e em cápsulas, em casas de produtos naturais.

Fibras de maçã

As fibras da maçã ajudam a regularizar o intestino, reduzir o colesterol, desintoxica o organismo, ajuda a digerir melhor as gorduras, melhoram o metabolismo, assim como o vinagre de maçã. Porém são encontradas na versão a granel além de cápsulas.

Na versão a granel, podem ser misturadas junto com a ração humana e consumida diariamente, sendo mais uma fonte de fibras para a mistura.

Existem várias formas de se consumir a maçã, como pôde ser visto neste post, o que eu aconselho é, que, independente da opção escolhida, não deixe de consumi-la. Verá como se sentirá melhor e com a saúde em dia, e claro, também ajudará na sua dieta de emagrecimento.

Porém aconselho o consumo da fruta in natura, que conterá todos os nutrientes presentes na fruta, sem perder nada por causa dos processos para produzir as outras formas de consumo. Mas prefira as maçãs orgânicas, que são livres de agrotóxicos e pesticidas. Caso não possa consumir a maçã orgânica, consuma-a descascada, pois é na casca que a grande maioria dos produtos químicos usados na produção ficam. Mas é também na casca que se encontram vários nutrientes, que serão perdidos caso ela não seja orgânica.

alimentacao-saudavel.com

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Estou na Revista Viva Mais!

  
Clique na imagem para ampliar

Esta semana estou na revista Viva Mais!
Alguns ja conhecem minha história, cheguei a pesar 95 kg no final da gravidez e com muita força de vontade, atividade física e reeducação emagreci 33kg.
Hoje sou corredora viciada pela endorfina e sinto-me honrada em compartilhar com vocês mais esta conquista!
Devagar e sempre atingimos nossos objetivos!
No Pain, No Gain!

Quer saber mais sobre a farinha de feijão branco ? http://www.romassoterapeuta.com/2010/07/agradecimento-e-farinha-de-feijao.html

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Seis maneiras de turbinar os resultados da dieta comendo

Seis maneiras de turbinar os resultados da dieta comendo

Veja os alimentos mais indicados para matar a fome:

A ingestão de alimentos deve ocorrer a cada três horas. fracionamento das refeições é muito importante para aliviar aquela sensação de fome antes do almoço ou do jantar, pois o organismo sentirá necessidade de se alimentar demasiadamente na refeição seguinte, o que leva a exageros que podem arrasar sua dieta. No meio da manhã e da tarde é necessário consumir alimentos saudáveis e mais leves, como frutas, iogurtes, cereais e biscoitos sem recheio, de preferência integrais.

Uma atitude que deve ser estimulada é o estabelecimento de horários para as refeições, incluindo os lanches. "Ficar beliscando durante o dia faz com que se perca a noção da quantidade de alimentos que foi ingerida prejudicando o emagrecimento", explica a nutricionista Cristiane Mara Cedro. Ter uma disciplina alimentar evitará esse tipo de situação.

É importante avaliar como está sendo a sua alimentação habitual: você se alimenta em refeições pré-determinadas, ou seja, pode dizer que consome as refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) com lanches intermediários e em horários específicos? Ou a correria do dia a dia está fazendo você ficar horas e horas sem comer, ou você está fazendo isso de propósito, como uma "tática" para emagrecer?
"Sem perceber, você pode estar prejudicando a sua saúde e o seu desempenho no trabalho ou mesmo nas suas atividades de lazer." Uma má alimentação pode levar à irritação, sonolência e até mesmo mau-humor e atrapalhar sua rotina e, a longo prazo, prejudicar sua saúde.

Pode parecer desnecessário, mas regrar as refeições é um grande passo para quem deseja passar por uma reeducação alimentar e ter uma alimentação mais saudável. Quem não faz isso, nunca tem a exata noção do que consome e tende a cair facilmente na tentação de beliscar e, quando se dá conta, já devorou bombons, balas, salgadinhos e outras guloseimas que, dificilmente, são consumidas em pequenas porções.

Para evitar que isso aconteça e para que o seu plano de emagrecimento "não vá para o espaço", cabem algumas sugestões. Cristiane recomenda, por exemplo, que você tenha sempre algo na bolsa, pois na rua, a comida costuma ser mais calórica e cheia de tentações. Veja as opções mais indicadas para matar aquela fome, sem acabar com a dieta.

1-Frutas: as opções com fibras e com vitamina A são as mais indicadas, pois seguram a fome por mais tempo. São boas opções, a maçã, a laranja e a ameixa, também práticas para ter sempre na bolsa. As saladas de fruta também dão um belo lanche, mas cuidado com as coberturas como leite condensado e chantilly, por exemplo. Para dar mais sabor às frutas, você pode usar um iogurte ou uma geleia de frutas.

2-Para beber: durante esses lanchinhos, não se esqueça que as bebidas não podem pesar. Evite os refrigerantes e aquele café ou chá com muito açúcar. Os sucos de frutas, chás e água de coco de caixinha são opções práticas e simples para o dia a dia, onde quer que vá. "Lembre-se que o seu corpo necessita de líquidos em todas as estações do ano, inclusive no inverno, para se manter bem hidratado", recomenda a nutricionista.

3-Fora de casa: mas, é claro que nem sempre temos força nos braços para carregar aqueles potinhos na bolsa. Você pode encontrar alimentos saudáveis também em padarias, lanchonetes, cafeterias e, até mesmo, no cinema. "Se em um dia você consumir um pão de queijo no lanche da tarde, no outro é conveniente que escolha uma barrinha de cereais, que tem mais fibras", diz Cristiane. Assim, você varia sem comprometer a dieta.

4-A cilada do assado: outra dica é evitar aqueles lanches que são aparentemente saudáveis, só porque são assados, tais como massa folhada e croissants. Quando pedir um salgado em uma lanchonete prefira uma opção leve como esfiha (e sem recheios gordos), pão de batata ou pão de queijo. Tenha o cuidado para não consumir estes alimentos regularmente, para não se tornar um hábito diário. A nutricionista lembra que "estes alimentos são pobres em fibras, não contribuindo para o funcionamento do seu intestino."

5-Biscoitos: os biscoitos, principalmente água e sal, são aquela opção que sempre temos à mão, seja em casa ou no trabalho. Os biscoitos integrais apresentam mais fibras, e elas estão diretamente relacionadas com a maior sensação de saciedade, aumento gradativo da glicemia sanguínea e melhora do funcionamento do intestino. Os salgados na versão normal têm menos fibras, mas podem entrar no lanche de vez em quando no cardápio. Os recheados são quase uma bomba de calorias e gorduras: o consumo de apenas dois biscoitos de muitas marcas significa a ingestão de 10% da dose diária recomendada de gordura saturada, de acordo com a ProTeste. E apesar de ser um alimento voltado para o público infantil, a guloseima agrada muita gente grande, por conta do sabor e da praticidade.

6-Barrinha de cereal: as barrinhas de cereais fornecem carboidratos complexos e fibras que ajudam na saciedade, além disso, elas possuem quantidade calórica para um pequeno lanche entre as refeições sem o risco de prejudicar a dieta, de acordo com a chefe da equipe nutricional do Dieta e Saúde, Roberta Stella. Algumas ainda são fontes de vitaminas, dependendo da composição: aquelas com castanha-do-pará, por exemplo, oferecem selênio, mineral antioxidante e que apresentam papel importante no bom funcionamento do organismo.

Minha Vida

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Resultado do Sorteio, Maratona Paquetá Asics e Seguidores

Neste domingo participei da Maratona Paquetá Asics. Foram 42 km, cada um da nossa equipe correu 5 km , estávamos em 8 corredores.
A Prova aconteceu em Porto Alegre com saída em frente ao Barra Shopping. Foi um lindo dia de muito sol e calor e todos concluíram o percurso. Seguem as fotos:


Eu, Mágnor, Laura, Patrícia

Patrícia, Renata, Eu, Laura e Olga


Cristiano e Eu

Ontem realizei o Sorteio da Cisbra Nutri:
E a ganhadora foi:
14-Lela marinho
http://www.pequenofalcao.blogspot.com/

Parabéns querida Lela!!
Em breve novos sorteios para seguidores!!


Estou muito feliz, ontem quando voltei do trabalho vi que ja tenho mais de 300 seguidores, fiquei emocionada e extremamente realizada, pois cada vez mais recebo o carinho de vocês, isso é muito gratificante, resultado que todo esforço, que as horas de pesquisa e leitura, toda minha preocupação de publicar coisas interessantes e que possa ajudar alguém, valem a pena! Muito Obrigada!

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Alimentos termogênicos: Os queimadores de gordura

Os queimadores de gordura

É possível ter ajuda dos alimentos para queimar as indesejáveis gordurinhas. Uma boa pedida é apostar nos alimentos termogênicos. "Eles despendem mais energia do corpo para serem digeridos. Por isso, estimulam o metabolismo a trabalhar em ritmo acelerado e aumentam a temperatura corporal, facilitando a queima de gordura", explica Daniela Hueb, nutróloga (SP).

Que tal conhecer melhor alguns destes alimentos termogênicos?


Danilo Borges Gengibre pesquisas apontam que seu consumo regular pode acelerar o metabolismo em até 20%. O gengibre também melhora a digestão. É versátil e pode ser usado cru, refogado, em forma de chá ou batido no liquidificador com qualquer fruta.
Canela além da ação estimulante, age como facilitadora da digestão e combate a flatulência. "Também auxilia o tratamento de problemas de pele", acrescenta Daniela Hueb. Pode ser consumida em pó ou em forma de chá, no caso da canela em pau. Danilo Borges
Danilo Borges Café contém cafeína, estimulante e termogênico natural, que a auxilia a se manter em estado de alerta. Mas nada de exagerar na dose, ou você pode sofrer com problemas do estômago, além de insônia e ansiedade. O ideal é consumir até 3 xícaras por dia.
Cacau possui propriedades estimulantes e antioxidantes devido ao seu teor de cafeína e polifenóis. A combinação dessas substâncias faz bem ao coração, à circulação sanguínea e contém atividade antialérgica, antiviral e anti-inflamatória. Danilo Borges
Danilo Borges Pimenta vermelha uma das substâncias presentes no fruto, a capsaicina, tem ação termogênica comprovada e é considerada um dos melhores auxiliares no controle de peso. Ttambém contribui para a retirada de gorduras das artérias. Nno entanto, tome cuidado: o ingrediente é contraindicado para quem sofre de gastrite ou hemorroida.
Mate um estudo desenvolvido por pesquisadores do curso de nutrição da Universidade do Vale do Iitajaí (Univali) apontou que o consumo de erva-mate ajuda na perda de peso, no aumento da taxa de HDL (bom colesterol) e na diminuição da taxa de glicemia. Danilo Borges
Danilo Borges Chá-verde graças à presença de substâncias como a cafeína e as catequinas, essa bebida obriga o organismo a buscar energia nas reservas de gordura. "Como se não bastasse, ela ainda ajuda na desintoxicação, combate a retenção de líquidos e os radicais livres - responsáveis pelo envelhecimento.
Linhaça no quesito controle de peso, oferece dois grandes auxílios: acelera a queima calórica e regulariza o intestino. Mas não para por aí: ela também proporciona o aumento da defesa orgânica e reduz o ritmo de envelhecimento celular, prevenindo várias doenças. Danilo Borges
Danilo Borges Óleo de coco estimula o metabolismo, atua na redução do colesterol ruim e melhora a função intestinal "Esse tipo de gordura potencializa a absorção de nutrientes", afirma Daniela Hueb. Uma boa opção é alternar seu uso com o do azeite de oliva, pois seu sabor é mais suave.
Revista Corpo a corpo

Hoje é dia de sorteio, volto mais tarde para divulgar.

Meu twitter @rosbarbieri

sábado, 6 de novembro de 2010

Pernas turbinadas Já! Uma série de exercícios para você arrasar na minissaia!

Que mulher não sonha com lindas pernas e torneadas ?
Depois de uma conversa com minha amiga Eydy pelo twitter, segue umas série de exercícios para colocar as pernas de fora no verão.
Esta série de exercícios, montada por Clayton James, para alongar os músculos dos quadris e fortalecer os glúteos, os seguintes movimentos atingem a musculatura pouco trabalhada da porção inferior do corpo para definir suas coxas e fortalecer o derrière. Faça duas ou três séries de cada exercício três vezes por semana e logo poderá desfilar por aí com confiança — não só de salto 15 como também de rasteirinha!

Faça um aquecimento: corra 2 minutos e meio e finalize com uma caminhada que dure o mesmo tempo. Isso vai acordar a musculatura e deixá-la pronta para as séries.

Quatro exercícios para fortalecer as bases

1 Avanço
De frente para um step (ou um banquinho baixo), posicione seu pé esquerdo sobre ele (a). Eleve o corpo para cima e para a frente até deixar a perna de apoio estendida (b) e retorne à posição inicial. Repita com a perna direita e continue alternando. Faça de oito a dez repetições de cada lado.



2 Adução
Em pé, segure à sua frente, com as duas mãos, um objeto resistente, como um bastão. Eleve a perna direita lateralmente o máximo que puder (a) e volte, cruzando a perna esquerda (b). Repita o movimento de 12 a 20 vezes com cada perna.



3 Avanço de 45°
Em pé, com os pés separados na largura dos quadris e os braços posicionados nas laterais do corpo (a), avance 45° para a direita, mantendo os quadris voltados para a frente e a perna esquerda reta (b). Pare e volte à posição inicial. Realize de dez a 12 repetições com cada perna.



4 Elevação de quadril
Deite de costas, com os joelhos dobrados, os pés posicionados no chão alinhados na largura dos ombros e a palma das mãos voltada para baixo (a). Eleve os quadris até o corpo formar uma linha reta dos ombros aos joelhos (b). Realize a subida e a descida dos quadris em quatro tempos. Segure por 2 segundos e volte à posição inicial. Faça entre 12 e 20 repetições.



Revista Womens health

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Dez razões para começar a correr

Foto: Eu e Meu amigo Mágnor na Family Run -Maratona Do RJ

Preguiça? Desânimo? Listamos alguns benefícios da corrida para você deixar as desculpas de lado e começar a praticar o esporte

1) Você pode ter um corpo mais bonito!
O fator estética é um dos principais motivos que leva as pessoas a começarem a praticar alguma atividade física. Seja para perder os quilos a mais ou deixar o corpo mais bonito, o esporte é um dos melhores meios para se obter os esperados resultados, já que transforma a gordura localizada em massa magra.

2) Combate às doenças cardiovasculares
A corrida é grande aliada no combate às patologias do coração, principalmente por se tratar de uma atividade aeróbica, ou seja, que utiliza como fonte primária de obtenção de energia o oxigênio. Sendo assim, o fluxo sanguíneo fica regularizado, combatendo as doenças cardiovascularese gerando um bem-estar físico.

3) Corra contra a osteoporose
A corrida tem grande participação no combate da osteoporose por facilitar a absorção do cálcio no osso, nutriente responsável por sua fortificação. “A corrida é um excelente exercício de prevenção e combate à osteoporose, pois o impacto provocado auxilia na renovação celular e na captação de cálcio nos ossos, tornando-os mais fortes e menos suscetíveis a fraturas”, explica o ortopedista Ricardo Nahas, médico do esporte e diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte.

4) Controle melhor o diabetes
Causada pelo aumento anormal do açúcar no sangue, o diabetes pode ser controlado pelo exercício físico, que queima a glicose sem auxilio da insulina. A corrida traz de benefício para o diabético, além do movimento, um maior controle de glicemia, melhoria de vida, e uma melhor hidratação e alimentação.

5) Melhor auto-estima
Paralelamente à prática do esporte, o atleta começa a alcançar, e superar, diferentes metas. Entra em forma, aumenta a distância, ganha maior velocidade e “vicia” na corrida. Com isso, a auto-estima, a confiança, vai lá pra cima.

6) A facilidade faz a corrida
Diferente de outras atividades, que necessitam de um alto investimento, a corrida exige apenas um tênis adequado, uma bermuda e camiseta confortáveis e boa vontade para que seja posta em prática.

7) Maior imunidade física
Ao praticar um esporte regularmente, fica visivelmente que há uma melhora na saúde do praticante. Correr de duas a três vezes por semana faz o corpo se recuperar melhor naturalmente, já que há um fortalecimento muscular, um aumento da capacidade respiratória e um funcionamento mais ativo das células de defesa do organismo.

8) Melhora da vida sexual
Influenciada pelo acúmulo de problemas de saúde, a disfunção erétilestá cada dia mais presente na sociedade brasileira e a prática esportiva pode ajudar.

“Realizar exercícios físicos, como a corrida, é uma boa forma de tratamento da doença, já que a pessoa irá regular problemas como diabetes, colesterol e hipertensão, além acabar com a obesidade e controlar o sistema cardiovascular, diminuindo assim muitos problemas que enaltecem a formação da disfunção”, explica Sandro Mendonça de Farias, urologista, Presidente da Comissão de Educação Continuada da Sociedade Brasileira de Urologia e chefe do Departamento de Responsabilidade Social.

9) Correr melhora o sono diário
Uma pesquisa realizada pelo departamento de psicobiologia da Unifesp revelou que pessoas que praticam atividades físicas se queixam de insônia ou sonolência excessiva durante o dia era de 27,1% e 28,9%, respectivamente, enquanto nos indivíduos sedentários as queixas aumentavam para 72,9% e 71,1%. Sendo assim, a corrida ajuda a ter uma noite de sono melhor e a ter uma dia mais produtivo.

10) Corra para esquecer os problemas
Se você conhece algum corredor poderá notar que ele se queixa com menor frequência dos seus problemas. A prática esportiva é responsável por isso, e é seu próprio corpo que faz eles desaparecerem (ou você relevá-los com mais facilidade).

A endorfina é um neuro-hormônio liberado pelo organismo após a atividade física que resulta em um bem-estar altíssimo, aumentando a disposição, melhorando o sistema imunológico e aliviando as dores.

o2porminuto.uol.com.br