quarta-feira, 31 de março de 2010

Compulsão por gordura funciona como vício em cocaína, diz estudo

Uma pesquisa publicada esta semana afirma que os mecanismos do corpo que provocam vício em drogas são os mesmos que geram a compulsão por comer alimentos calóricos.

A pesquisa feita pelo Scripps Research Institute, no Estado americano da Flórida, afirma que, assim como o vício em drogas como cocaína, a compulsão por comidas gordurosas - como doces e frituras - é extremamente difícil de ser combatida.

O estudo, realizado com camundongos, mostra que as partes do cérebro que lidam com o prazer deterioram-se gradualmente na medida em que o consumo vai aumentando.


Essas regiões do cérebro vão respondendo cada vez menos aos estímulos, o que fez com que os camundongos comessem cada vez mais, tornando-se obesos.

O mesmo teste foi realizado com heroína e cocaína, e os ratos responderam da mesma forma.

Obesidade
Para o cientista Paul Kenny, que coordenou a pesquisa de três anos, uma dieta com alimentos gordurosos possui elementos que viciam.

"No estudo, os animais perderam completamente o controle sobre seu hábito de alimentação, o primeiro sinal de vício. Eles continuaram comendo demais mesmo quando antecipavam que receberiam choques elétricos, mostrando o quão estimulados eles estavam para consumir a comida."
A experiência foi feita com alimentos que provocam obesidade se consumidos em excesso, como bacon, salsichas e cheesecakes. Os animais começaram a engordar imediatamente.

O cientista relata que quando a dieta foi trocada por alimentos mais saudáveis, alguns deles se recusaram a comer e preferiram não se alimentar.

Prazer
Depois de analisar o resultado da pesquisa com camundongos, Kenny e sua equipe estudaram os mecanismos que provocam a compulsão.

O receptor D2 responde à dopamina, um neurotransmissor que está relacionado à percepção de prazer - como o provocado por comida, sexo ou drogas.

Quando há excesso no consumo de drogas como cocaína, por exemplo, o cérebro é "inundado" com dopamina, aumentando a sensação de prazer. Um processo semelhante acontece com dietas gordurosas. Com o tempo, no entanto, o cérebro recebe menos dopamina.

A pesquisa foi publicada neste domingo no jornal Nature Neuroscience.

http://noticias.uol.com.br

terça-feira, 30 de março de 2010

Feijão branco ajuda emagrecer

Faseolamina - A proteína do feijão branco que ajuda emagrecer

O feijão branco, consumido por alguns, como salada ou como feijoada possui uma proteína chamada faseolamina, que de acordo com estudos recentes pode ajudar no processo de emagrecimento.

Faseolamina é uma glicoproteína que inibe a absorção do carboidrato (amido) encontrado em massas, batatas, arroz, pão, biscoitos, etc. Por este motivo ela pode te ajudar a emagrecer, mas isso só é possível pela ingestão da farinha deste grão.

Você mesmo pode preparar em sua casa e fazer o teste. Nos estudos realizados houve uma redução de até 4% em 30 dias no peso dos que consumiram a farinha do feijão branco antes das refeições.

Para preparar separe 250g de feijão branco cru, lave bem e deixe secar no sol ou sobre o papel toalha, depois triture no liquidificador até formar uma farinha, se quiser pode passar também no processador, ficará bem fina, depois passe na peneira.

Meia hora antes das refeições (almoço e jantar) misture 1 colher de chá rasa desta farinha, em um pouco de água e beba. Não consuma mais do que 1g por dia, pois o excesso pode causar diarréia e não terá efeito. Vale a pena experimentar e acompanhar os resultados.

Além disso, procure incluir este grão cozido na sua alimentação, ele fornece nutrientes como: cálcio, ferro, potássio, magnésio e outros minerais, e vitaminas E, K, folato e fibras. Uma porção de 2 colheres de sopa tem aproximadamente 57kcal.

Prepare de forma saudável, que tal uma salada com cebola, pimentão, alho poró e azeite? Enfim, use sua criatividade, tenho certeza que ficará saborosa e nutritiva.

vilamulher.terra.com.br

segunda-feira, 29 de março de 2010

Páscoa x Chocolate


Emagrecer sem resistir às tentações da Páscoa. Sonho? Não, pode ser realidade caso você queira de fato eliminar os quilinhos indesejáveis.

A Páscoa traz consigo um sentimento de harmonia e nos mostra que apesar de tudo há esperança. Podemos espalhar este conceito para todas as áreas de nossa vida, social, econômica, emocional. Enfim, sempre poderemos alcançar nossos objetivos se realmente quisermos. E não foge à regra a questão do emagrecimento. Para tudo deve haver um limite e, no que se refere à alimentação, essa é uma das leis: quantidade adequada de alimentos = uma boa saúde.

Um dos alimentos que não pode faltar na Páscoa é o tradicional chocolate. São muitas as maneiras que ele pode ser consumido. Ovos, bombons, ovinhos, em barra, seja como for, ele é bem comum entre nós, mas é preciso tomar cuidado com este alimento.

Rico em carboidratos e gorduras, o chocolate fornece muitas calorias. Para se ter uma idéia, uma barra pequena de chocolate ao leite (30g) fornece em média 170,40 kcal. Ou seja, quase 200 calorias numa sobremesa. Para quem quer emagrecer esse valor é muito alto.

Seria necessário para gastar 200 kcal, fazer 50 minutos de caminhada ou 50 minutos de ciclismo, tudo isso por causa de uma mísera barrinha de chocolate. Na Páscoa há quem devore meio ovo brincando. Agora imagine quantas horas de exercícios físicos não serão necessários para gastar tanta caloria.

Por isso, faça o seguinte: não deixe de comer o seu chocolate, mas prefira-o sem muitos cremes, doce de leite, avelãs, amêndoas, entre outros. E coma devagar e aos poucos, para que não haja um ganho de peso acentuado.

Não esqueçam que o chocolate diet não favorece o emagrecimento. Muitas pessoas acreditam que esse tipo de chocolate possui menos calorias e dessa forma é um bom substituto para o chocolate tradicional, mas isso não é verdade. O chocolate diet é isento de açúcar, mas possui grande quantidade de gordura e por isso não ajuda quem quer eliminar peso.

No tradicional almoço de Páscoa, faça preparações mais saudáveis com muita salada colorida, legumes, carne branca como peixe, frango ou aves. Outra dica importante é sempre dar preferência aos alimentos integrais que possuem mais nutrientes, como o arroz integral.

Pegando o embalo do peixe da Sexta-Feira Santa, vamos consumir mais este alimento lembrando de todos os seus nutrientes como vitamina B1, D, sódio, magnésio, proteínas, além de ácidos graxos ômegas 3 e 6 que são grandes combatentes de doença cardiovascular. Possuem ainda gordura insaturada que é o tipo de gordura que não aumenta o colesterol sangüíneo.

Para a sobremesa (se o chocolate não for suficiente), escolha uma preparação com frutas que será menos calórica, mais barata e muito mais saudável, rica em nutrientes: frutas frescas ou salada de frutas.

Comemore a sua Páscoa com a família, com os amigos e não perca o espírito de união, de fraternidade, faça um gesto carinhoso com quem você gosta: divida também o seu chocolate. Seus amigos e sua barriguinha agradecem.

vilamulher.terra.com.br

domingo, 28 de março de 2010

Comendo com o inimigo

O namorado, a mãe, os amigos e até aquela colega de trabalho podem se tornar péssimas companhias quando você quer perder peso. Saiba como manter a dieta em cada situação de risco que eles armam, mesmo sem intenção, para você!

Começar uma dieta não é fácil e fica ainda mais difícil quando certas situações servem como ciladas para sabotar todo o esforço. Depois que você se conscientiza de que precisa fechar a boca, se prepara psicologicamente para abdicar do seu chocolate preferido e encarar uns dias (ou meses) sem as guloseimas, tudo para perder os quilinhos extras, parece que o mundo se rebela contra os seus planos de emagrecer.

De repente, seus pais vivem pegando no seu pé, insistindo que você não está gorda e que precisa se alimentar direito. Seu amado namorado só a leva para jantar nos melhores restaurantes ou, então, sempre que vão ao cinema, compra aquele balde enooorme de pipoca. Sem falar nos amigos que, animados, não se cansam de marcar happy-hours regados a muito chope e gordurosos petiscos, ou naquela supercolega do escritório que costuma abrir um chocolatinho na última hora do expediente.

Parece enlouquecedor?! Pois é, essa turma toda pode se transformar em sua pior inimiga quando você está de dieta. Mas ainda que o seu "Não, obrigada" não surta muito efeito, tenha em mente que uma alimentação moderada é o segredo do negócio. A seguir, fique atenta às dicas da nutricionista da Clínica de Medicina Geral do Futuro (SP), Priscila Camarosani Garcia, para lidar com cada uma dessas perigosas situações. Vai ser um sucesso!

REFEIÇÕES EM FAMÍLIA

Sua mãe sabe que você está com força total para continuar sua dieta, mas ela sempre prepara algo supercalórico no almoço ou no jantar. O prato, além de alimentos gordinhos, vem com aquela chantagem barata "eu cozinho, mas ninguém come". Você, então, se sente praticamente obrigada a dar uma bela garfada para mostrar que a comida estava realmente uma delícia e que o esforço dela valeu a pena.

solução
Recusar a comida que sua mãe preparou é quase mesma coisa que entrar em pé de guerra. Então, já que ela faz tanta questão que você coma, que tal conversar numa boa e pedir que ela troque os ingredientes considerados gordos por outros mais magros? "O ideal é preparar alimentos menos calóricos e inovar na alimentação. Vale fazer algumas trocas, como molhos gordurosos por molho de tomate, presunto por peito de peru, leite integral por desnatado, além de dar preferência para massa integral e carnes magras e, principalmente, incorporar mais vegetais no prato", aconselha a nutricionista. Ah! E peça para sua mãe nem chegar perto do óleo. Fritura, jamais! Além de fazer bem para você, essa atitude ainda contribui com o meio ambiente.

SEMPRE CHOCOLATE

Em se tratando de ajudar na sua dieta, parece mais é que a colega de trabalho quer que você desista mesmo. Quando o relógio bate na última hora do expediente, aquela fominha avança e a amigona saca uma barra de chocolate da gaveta. Dá até raiva! Pior quando ela insiste em dizer que um "quadradinho" não vai fazer diferença em sua dieta. E de um em um, você quase devora tudo.

solução
Ficar horas sem comer na tentativa de emagrecer não leva a resultado algum e ainda pode causar picos de fome extremos, o que a torna mais vulnerável a cair em tentação e devorar o chocolate da colega. Então, para que você não tenha ataques súbitos no meio da tarde e saia devorando o que vier pela frente, tenha alternativas em mãos. "Uma fruta seca, uma barra de cereal, fatias de peito de peru ou um iogurte desnatado são excelentes opções", sugere a nutricionista. Lembre-se: ingerir comidas saudáveis de três em três horas melhora o metabolismo e acelera a queima de gordura.

Foto: Fabio Mangabeira

CERVEJINHA COM A TURMA...

Com o calor, a galera não sai mais dos barzinhos da cidade. São horas e horas tomando chope e comendo aqueles deliciosos - porém, nada saudáveis - petiscos que, somados à bebida alcoólica, são praticamente uma bomba para quem está a fim de jogar a dieta pelos ares. E, negar um convite dos amigos é pedir para ganhar o título de antissocial e até mesmo de paranoica, se resolver abrir o jogo e confessar que está de regime.

solução
O melhor que você tem a fazer é fechar a boca, literalmente. Primeiro, ninguém precisa saber que você está de dieta. Tenha autocontrole na hora de fazer o seu pedido. "Busque petiscos assados ou de peito de frango, menos calóricos e, não se esqueça de moderar na quantidade", aconselha Priscila Garcia. Outra sugestão é optar por um prato mais leve, como sanduíches, uma tábua de frios ou até mesmo iscas de filé-mignon grelhado que não levem molho gordo - só vale molho de tomate! "Até o pão é melhor do que a fritura, mas, claro, por ser noite, tome cuidado com carboidratos", adverte. E é possível, sim, escolher uma bebida alcoólica. "Prefira o saquê, pouco calórico. Combine com uma fruta de baixa caloria, como morango, limão, kiwi ou abacaxi. A dose liberada é de um copo, que se comparado com um copo de chope, rende mais, pois ao mesmo tempo em que você tomaria dois ou três copos de chope, você vai tomar um só de caipirinha", afirma.

Foto: Fabio Mangabeira

PIPOCA A DOIS NO CINEMA

Você até suspira só de imaginar se "afogando" em um balde enquanto assiste ao filme... Ou então, basta entrar na academia ou dizer para o amado que está de dieta que ele arranja desculpa para um jantarzinho aqui, outro acolá, compra o seu bombom favorito... Desesperador!

solução
Comer pipoca no cinema não tem problema, mas não vale abusar. O truque é comer sem manteiga e sem sal. Então, enquanto o gato compra os ingressos, você pega o saco de pipoca para não ter erro. "Para disfarçar essa vontade, chupe balinhas diet e, se for tomar refrigerante, aposte na versão dietética", indica. Agora, se o programa da noite for um jantar, não entre em pânico e vá curtir com o namorado. "Como o jantar tem de ser em menor quantidade, o melhor é dispensar o couvert, que pode conter uma quantidade de carboidrato desnecessária", orienta. Na hora de escolher o menu da noite, fique de olho nas opções do lugar. "Peça pratos que não levem muito açúcar e gordura. Pode ser uma carne magra, como frango, peixe ou filé-mignon - picanha e alcatra, nem pensar! - assada ou cozida, acompanhada de batatas, arroz ou massa e uma seleta de vegetais ou salada", recomenda. E para a sobremesa... "Se puder ficar sem, melhor. Caso contrário, vá de salada de frutas ou creme de papaia. Ou escolha doces à base de fruta que, embora sejam feitos com açúcar, são mais saudáveis e não contêm gordura", finaliza.

corpoacorpo.uol.com.br

sexta-feira, 26 de março de 2010

Giselle Itié conta como combate a TPM e o inchaço

Daqui a algum tempo, a feiosa Bela vai aparecer linda e provocante, com um corpo escultural. A atriz Giselle Itié já está preparadíssima para a volta da personagem que interpreta na trama Bela, a Feia, da Record.

A beldade está com tudo em cima, depois de perder 5 kg com uma reeducação alimentar. Ela confessa que fez alguns sacrifícios, como cortar os doces do cardápio e não comer carboidratos depois das 18h. Mas valeu a pena: com 1,72 m, está com 55 kg! "Hoje, eu não me privo mais. Mas se eu percebo que as roupas estão apertadas, dou uma enxugada no cardápio", conta. A seguir, conheça os segredos de Giselle para chegar ao corpo ideal.


Giselle combateu o inchaço da TPM
"Eu retenho muito líquido! Essa é minha maior preocupação, ainda mais quando tô com TPM. Me sinto muito inchada"

Para combater o inchaço, Giselle bebe muita água e faz corrida e aeróbica. Também abusa dos chás (verde, branco e o chinês jinchen). E nada de sal! "Um dia, comi carne com muito sal, logo fiquei com bolsas nos olhos", conta.
Elimine o inchaço de uma vez!

Tércio Rocha, médico endocrinologista com pós-graduação em medicina estética na França, dá dicas para combater o inchaço. "O chá de cavalinha e cabelo de milho é um ótimo diurético para quem incha muito", aconselha Tércio.

Alimentos que devem ser cortados do seu cardápio
- Sal
- Molho shoyu
- Refrigerante light
- Álcool
- Frituras e gorduras

Nada de carboidrato depois das 18h

Segundo Tércio Rocha, ingerir carboidratos à noite engorda e envelhece. No jantar, fuja de:

- Pães e biscoitos
- Torradas
- Batata
- Inhame
- Mandioca
- Doces e chocolates
- Refrigerantes
- Leite e derivados

1. Foco
"Quer emagrecer? Então coloque isso na cabeça como um objetivo. Essa força vale pra tudo: no trabalho, no relacionamento... O tempo está voando. Ou nos tornamos escravos do tempo ou lideramos essa situação"

O estalo para Giselle emagrecer veio com um pedido do ator Silvester Stallone. O americano convidou a bela para fazer o filme Os Mercenários, mas pediu que ela perdesse peso. "Sou feliz comendo, mas emagreci pelo papel. O pedido do Stallone não me magoou. A minha personagem, a Sandra, é uma guerrilheira, vivendo no meio da ditadura, sem comida. Não dava para estar com um corpão, né?", disse a atriz.


O segredo dos chás
Eles melhoram o metabolismo e aceleram a digestão de gorduras. E o melhor: podem até inibir o apetite! Beba 4 xícaras diárias de chá, por um mês, e veja o resultado. Mas não abuse: o ideal é consumir até 6 xícaras por dia.

- Casca de laranja, carqueja, casca de abacaxi e hibisco são chás que aceleram a digestão de gorduras e proteínas.

- Chá-verde aumenta a taxa de gasto calórico. Ou seja, ele faz o organismo trabalhar bastante e gastar mais energia para se manter em funcionamento. Isso faz a pessoa emagrecer.

- Os reguladores de apetite são alecrim e orégano. Eles controlam a sensação de fome.


2. Menos 5 kg em 40 dias
"Fechei a boca. Eu gosto muito de comer doce, salgado, não tem tempo ruim! Cortei totalmente os doces, e os carboidratos à noite. Acho que é uma doideira tomar remédio, emagreci só com dieta"

Giselle conseguiu perder o peso bem rápido, só com disciplina. Ela foi a um médico endocrinologista, que montou um cardápio com uma dieta bem rica em carnes magras e vegetais à vontade.


3. Pimenta na veia!
"Amo, adoro! Eu coloco pimenta em tudo: na salada, no sanduíche..."

As conhecidas ardidinhas emagrecem e fazem bem à saúde. Segundo estudo realizado por cientistas do Canadá, a pimenta aumenta a temperatura do corpo, acelerando o metabolismo. Com isso, ela queima as gordurinhas.

"Além da pimenta, o gengibre, a canela, o guaraná e a cafeína têm esse efeito", garante o médico Tércio. Ao comer um pedaço de picanha com pouco sal, por exemplo, você vai ingerir 170 calorias. Se ela tiver pimenta e for acompanhada de uma salada de alface com gengibre, esse número cai para 130 calorias. Além disso, as pimentinhas controlam a hipertensão, aliviam crises de enxaqueca e protegem o organismo contra o câncer. Mas o máximo que deve ser consumido é de 1 col. (chá) ao dia.


4. O segredo da mamãe

"Eu sempre como nozes e amêndoas nos intervalos das refeições. Minha mãe diz que elas fazem bem à saúde. Ela comprou um monte para deixar na minha casa"

Mãe sempre tem razão! Nozes, amêndoas e castanhas fazem bem. No lanche da tarde, por exemplo, comer 2 castanhas com gelatina e um mate light aumenta o poder de saciedade. Assim, você vai ter menos fome no jantar. Essas delícias ainda combatem o colesterol ruim.


5. Fome noturna
"À noite, quando bate a ansiedade, ataco um sorvete. Mas é preciso ter controle!"

Com certeza, Gisele não é a única mulher que tem vontade de atacar a geladeira de madrugada. Isso é o transtorno do comer noturno. Os sintomas são fome intensa entre as 20h e as 6h, insônia e falta de apetite na manhã seguinte.


Dica: como fugir da geladeira de madrugada

- Não pule refeições de dia.
- Procure fazer à noite algo que te dê prazer, para ocupar sua cabeça e esquecer as guloseimas.
- Reduza os carboidratos no jantar.
- Não deixe a comida à vista.
- Não tenha o costume de ver TV comendo.


6. Celulite
"Tenho celulite e não ligo muito para isso. Mas agora, com a Bela se transformando, já pensou se ela colocar uma calça bege e ficar com aqueles furinhos aparecendo?"


Combata estes inimigos
- Evite leite e derivados.
- Corte do cardápio açúcar e gorduras hidrogenadas.
- Deixe de ser uma mulher sedentária. Uma caminhada de 20 minutos, três vezes por semana, já ajuda.


7. A ajuda do amor
"Meu namorado [o americano Kenin Tang] é muito parceiro, mas me deu uma caixa de chocolate no meio da dieta. Eu comi tudinho! Mas foi só uma vez..."

É provável que seu marido não queira sabotar seu regime, mas ele quer te agradar. Então, se ele te convidar para jantar, vá. Escolha um restaurante onde você possa abusar das saladas e ele, comer aquele pratão. Ah, e um chocolatinho dado com amor não faz mal. Relaxe!

http://mdemulher.abril.com.br

quinta-feira, 25 de março de 2010

Alimentação balanceada é a chave para obter sucesso na atividade física


Não basta ir à academia e levantar peso, um corpo sarado e saudável precisa de cuidados que vão além do treino

Nada melhor do que uma dose extra de ânimo para começarmos na prática de um exercício físico. Mas poucos realmente se preocupam com a alimentação antes, durante e depois das atividades físicas. Principalmente quando o objetivo é perder peso muitas pessoas acham que estão em vantagem ao praticar essas atividades sem alimentação adequada. Atitudes como essa são um grande erro. Essa é a opinião do personal trainer José Antônio Pinheiro, da Bio Personal Training, academia de Rio Preto. Segundo ele, alimentação e hidratação adequadas são essenciais para qualquer prática de atividade física. "O corpo perde água e sais minerais e esses nutrientes precisam ser repostos antes, durante e depois dos exercícios", alerta.

Todos já sabem de cor e salteado os principais benefícios das atividades físicas. Diminuição do estresse, perda ou manutenção do peso, melhora das respostas cardiorrespiratórias, socialização, entre outros, são fatores logo encontrados por aqueles que se aventuram no mundo das academias. Durante os exercícios o metabolismo cresce e com ele o gasto energético também aumenta. "Assim a pessoa consegue queimar calorias, pois seu gasto energético é maior do que o consumo diário", salienta Pinheiro.

A água é o mais perceptível componente que perdemos durante a malhação - já que o suor faz parte do sacrifício da boa forma. Quando o atleta sente sede é sinal de que já está em um processo de desidratação. "Ter uma garrafa de água ao lado é sempre importante. Não devemos deixar para beber água apenas depois dos treinos ou quando sentimos sede", explica o personal. "Ingerir água a cada 15 minutos é o ideal", sugere. Vale salientar que a água só serve para aqueles que fazem exercícios mais leves, como ginástica, caminhada e musculação moderada. Os atletas que praticam atividades mais pesadas devem ingerir também bebidas isotônicas, pois elas trazem em sua composição sais minerais que são importantes para o metabolismo e que escoam junto com a transpiração.


Carro sem gasolina não anda

O iniciante que quer malhar e perder peso faz uma conta simples: "Se eu quero secar as gordurinhas o melhor é ir malhar sem comer nada". Esse pensamento faz com que muitas pessoas saiam de casa de estômago vazio direto para as academias. E isso é um erro. "Se você pratica uma atividade física em jejum significa que sua taxa de açúcar no sangue está baixa. E é o açúcar que dá a energia. Se o corpo está sob esforço ele precisa tirar essa energia de algum lugar. Além do risco de um desmaio a pessoa acaba queimando massa muscular - que é aonde o organismo encontra energia quando em jejum", alerta Pinheiro. Cada pessoa tem um metabolismo diferente, mas de modo geral não se queima gordura assim que se começa a exercitar-se. "Há pessoas que só começam a queimar gordura depois de 30 minutos de exercício aeróbico, por isso é importante que enquanto elas não atinjam esse tempo tenham se alimentado antes para prover a energia para o corpo", afirma.

Pinheiro explica que uma hora antes do início das atividades devemos ingerir alimentos ricos em carboidratos (são eles que serão transformados em energia), como pão, macarrão, bolachas, cereais, etc. "Assim você terá energia suficiente para terminar os exercícios", completa. Quem quer músculos mais poderosos deve levar em conta a ingestão de alimentos ricos em proteínas após os treinos.

Independente do objetivo dos atletas, uma alimentação balanceada deve ser um costume diário. Cereais, legumes, verduras, proteínas, frutas e carboidratos, sem exageros, são importantes para a construção muscular e a manutenção do equilíbrio. Consultar um nutricionista que pode avaliar o metabolismo individual é uma opção. "Assim cada um conhece seus limites e necessidades e, com um bom profissional, terá melhores resultados com as atividades físicas", finaliza Pinheiro.

http://corpoacorpo.uol.com.br

Mexa-se!!!


“Não pergunte o que seu corpo pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer pelo seu corpo."

“Uma jornada de milhares de quilômetros começa com um passo” (Abrahan Lincoln)

“Não adiantava perder peso se minha cabeça continuava gorda. O visível (corpo) ficava diferente; o invisível (mente) ficava igual. Até que um dia resolvi mudar. Mexer primeiro no invisível. Eu precisava trabalhar a minha cabeça para querer ser magra e essa força mental seria a base da minha transformação” (Lucília Diniz – O prazer de viver light)

terça-feira, 23 de março de 2010

Bamboo Therapy - Corpo em Forma, Relaxamento e Bem Estar

"A técnica de massagem francesa que agrega ayurvédica (tratamento que equilibra corpo e mente com a ajuda de óleos e alongamentos) com shiatsu e drenagem linfática.

A massagem é realizada através de bambus com diferentes tamanhos
Entre suas principais aplicações de relaxamento e bem estar destacam-se:

  1. Tratamento de alterações circulatórias,
  2. Tratamento de celulite e remodelagem,
  3. Antiestresse,
  4. Relaxamento muscular,
  5. Drenagem ventosa
Além do corpo totalmente relaxado ao término da sessão, a massagem com os bambus promove efeitos parecidos com os da drenagem linfática por estimular os gânglios e drenar os fluidos, ajudando a combater a celulite e gordura localizada.

No entanto como todo tratamento, a Bamboo Massage ou Bamboo Therapy não dispensa a dieta balanceada e a prática de exercícios físicos na luta contra os indesejáveis furinhos no bumbum.

Os bambus também entram em ação para deixar os músculos do rosto relaxados e variam de tamanho de acordo com a parte do corpo a ser massageada.

Com a duração média de uma hora, o procedimento começa pelos pés, se estendendo pela parte de trás das pernas e das costas. Em seguida, já de frente, pés, pernas, abdômen, braços e face recebem os estímulos. Amenizando tensões, contraturas e eliminando toxinas.

Sinta o Bem estar!!!
Informações sobre as sessões: ro@romassoterapeuta.com


segunda-feira, 22 de março de 2010

Diário para Emagrecer

Manter diário com o que come faz você perder o dobro do peso

Todo mundo sabe que diminuir o consumo de calorias e praticar atividade física realmente funciona quando o objetivo é perder peso. Mas manter um diário registrando o que se come pode fazer toda a diferença. Uma recente pesquisa publicada pelo American Journal of Preventive Medicine concluiu que essa ferramenta é uma das medidas mais importantes para quem deseja emagrecer. De acordo com os dados do estudo realizado pelo Kaiser Permanente’s Center for Health Research, quanto maior for a disposição para escrever detalhadamente o que se comeu a cada dia, maior será a quantidade dos quilos a menos.

“Nosso trabalho mostrou que quem usa essa técnica pode perder o dobro do peso em relação às pessoas que não usam um diário. Parece que o simples ato de escrever encoraja a diminuir o consumo de calorias”, afirma Jack Hollis, um dos idealizadores da pesquisa e professor de Saúde Pública e Medicina Preventiva da Universidade de Oregon (EUA).

Outro colaborador do estudo, Keith Bachman, médico especializado em medicina interna, diz que embora a ideia possa representar mais um dever a ser cumprido no plano de emagrecimento do paciente, a providência não precisa se tornar algo formal.

“Anotar o que se comeu em um post-it, mandar para si mesmo e-mails contando sobre cada refeição, e até enviar uma mensagem de texto funciona. É o processo de reflexão sobre o que nós comemos que mantém nossos hábitos sob controle, e traz a esperança para a mudança de comportamento”, ensina o especialista.

Como, logo engordo
De acordo com a nutricionista funcional Patrícia Davidson, uma das frases mais comuns entre os obesos é dizer que não comem nada e, por isso, não entendem porque engordam. “O diário documenta a razão porque a gordura que incomoda tanto se instalou. E não foi por causa de uma dieta à base de alface”, brinca.

“As pessoas não têm noção do que comem, não enxergam as quantidades que consomem, nem o prejuízo de atender àquela vontade de comer qualquer coisa”. “O açúcar usado nos cinco cafés diários são desprezados, a gordura do pequeno doce escolhido para a sobremesa também. Sem falar dos alimentos diet e light que, por terem esse rótulo, convidam ao exagero durante todo o dia”.

Segundo a especialista, esses atos, que a maioria julga inofensivos, contribuem para que o peso vá aumentado pouco a pouco a cada mês. "As pessoas só caem em si quando a roupa que usou há seis meses não fecha mais. Para quem consegue manter o diário, conscientizar-se disso leva a ótimos resultados”, conclui a especialista.

Enfrentando a realidade
Na prática, o diário auxilia os profissionais de saúde a monitorar seus pacientes, antes e durante o tratamento, especialmente se eles seguem as orientações médicas. Davidson comenta que ao aceitar o uso do diário, o paciente tem que ser avisado de que eventuais omissões podem prejudicar o tratamento. “Entretanto, o profissional que usa esse tipo de estratégia sabe quando alguma coisa não está encaixando”, diz.

Segundo a endocrinologista Rosana Radominski, professora de Universidade Federal do Paraná (UFPR), e presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (ABESO), as anotações estão relacionadas à realidade do paciente. Mas seu sucesso dependerá de sua percepção quanto à importância desse tipo de tarefa. “Muitas vezes o indivíduo omite a ingestão de determinados alimentos, principalmente doces, beliscadinhas, uso de bebidas alcoólicas etc."

Se a resistência em relatar a verdade persiste, a intervenção de um psicoterapeuta pode ser essencial para o entendimento e enfrentamento do problema. Como a comida pode ser objeto de compensação para frustrações, ansiedades e questões que incomodam afetivamente, identificar a dinâmica que faz prevalecer a compulsão em detrimento da dieta contribui para que o paciente deixe de ser refém dos impulsos.

“A prática de escrever permite que a pessoa se reconheça, se perceba e visualize objetivamente as próprias dificuldades. E o processo a estimula a prestar mais atenção no que está acontecendo em sua vida”, explica a psicanalista Nilda Jock. “Nos distúrbios alimentares são comuns altos níveis de ansiedade ligados à forte necessidade de aprovação e aceitação. Olhar para si é o primeiro passo para construir uma auto-estima baseada em atitudes mais saudáveis.”, declara.

http://noticias.uol.com.br

domingo, 21 de março de 2010

Pêssego é saúde

Conheça as propriedades desta fruta saborosa e nutritiva

O pêssego pode ser ingerido fresco, em saladas de frutas, em calda ou até acompanhando pratos principais como carnes e aves. Ele também pode dar sabor a bolos ou tortas.

Esta fruta é uma boa pedida para quem segue dietas de emagrecimento, pois possui poucas calorias e também ajuda a retardar a deterioração das células do corpo, pois tem elementos antioxidantes, que combatem os radicais livres.

Também é um excelente alimento para aqueles que querem diminuir os riscos de doenças cardíacas, pois é rico em pectina,um tipo de fibra que ajuda a reduzir o colesterol sangüíneo.

Mas cuidado com os pêssegos enlatados, pois contêm níveis mais baixos de vitaminas A e C e são mais calóricos que aqueles comprados frescos.

bemstar.globo.com

sexta-feira, 19 de março de 2010

Quer correr com mais disposição e menos fadiga?

Sem cansaço - O segredo pode estar na alimentação correta

Corredores, em geral, tendem a controlar um pouco as refeições. O problema é quando isso reduz a quantidade de alguns nutrientes muito importantes para o funcionamento do corpo e o bom desempenho nas corridas.

Alguns dos micronutrientes (ou seja, vitaminas e minerais) aos quais é preciso ficar atento são ferro, vitamina C e cálcio, necessários em grandes quantidades e que o corpo não consegue absorver muito ao mesmo tempo. Assim, não adianta tomar três copos de leite achando que fará um “estoque” de cálcio. Afinal, o excesso também é prejudicial.

Assunto “complexo”
Para a nutricionista Patrícia Bertolucci, especializada em fisiologia do exercício pela Unifesp, a fadiga momentânea é causada principalmente pela deficiência de vitaminas do complexo B. “As B3 e B2 são as que mais interferem no rendimento, e estão em grãos integrais e legumes. Já a B12 também é importante e se encontra nas carnes vermelhas, leite e derivados”, explica.

Outro que garante a força extra para a corrida é o ferro, pois é necessário para a produção de células vermelhas (hemoglobina), responsáveis por carregar o oxigênio para os músculos. Sem isso, a fadiga aparece rapidamente.

Os corredores estão mais propensos a perdê-lo, pois o ferro sai junto com o suor. Outro fator que torna ainda mais necessária a reposição para adeptos das passadas que para outros atletas deve-se ao alto impacto do esporte.

“Com o choque no chão, danificam-se células vermelhas no pé, lá se vão mais algumas hemoglobinas e a oferta de ferro cai”, explica Pablo Christiano Lollo, formado em educação física pela Unicamp (Universidade de Campinas) e doutorando em engenharia de alimentos pela mesma universidade. Uma dica, neste caso, é caprichar no amortecimento do tênis.

Para as mulheres, o período menstrual também é critico para perda de ferro. Para aumentar a absorção do micronutriente, inclua sempre alimentos ricos em vitamina C nas refeições e evite café e chá, que, por outro lado, reduzem a absorção dele.

Chocolate também pode
Um mineral muito importante para corredores é o magnésio. É raro haver deficiência dele, mas, se houver, certamente as câimbras e fadigas musculares vão aparecer, uma vez que ele participa do metabolismo dos carboidratos e também do processo de contração muscular.

“O magnésio pode ser encontrado em folhas verde-escuras, alimentos integrais, oleaginosas (castanhas e amêndoas, por exemplo) e até no chocolate principalmente no amargo, que é mais rico em cacau”, explica a nutricionista Luciana Setaro, mestre em nutrição humana aplicada e doutoranda em ciência dos alimentos pela USP (Universidade de São Paulo).

Gorduras “boas”
O cálcio é essencial na alimentação do atleta, pois entra no processo de contração muscular. No entanto, é um exemplo clássico de como o excesso pode ser prejudicial. Cientistas da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, descobriram que uma das causas da fadiga muscular está relacionada ao vazamento de cálcio para dentro das células, que enfraquece a força produzida pelo músculo e ativa uma enzima digestora de proteínas, que danifica as fibras musculares.

Entretanto, incluí-lo nas refeições é essencial. Segundo Luciana, o que ajuda o bom aproveitamento do mineral são as gorduras, pois os lipídeos são formadores de hormônios, e um deles, especificamente o estrogênio, é responsável pela absorção de cálcio pelos ossos. Ou seja, uma dieta hipocalórica (com muito pouca gordura) pode até causar osteoporose.

o2porminuto.uol.com.br

quinta-feira, 18 de março de 2010

Louca vontade de comer à noite

É preciso equilíbrio na alimentação durante o dia, sem pular refeições...

Tem gente que passa o dia se controlando para manter uma dieta equilibrada, mas quando chega a noite, sofre de uma fome compulsiva. As causas para este comportamento são variadas e podem, de fato, atrapalhar a saúde e a boa forma.

Por isso, é preciso balancear a alimentação durante o dia, sem pular refeições, abusando das fibras e da água.

A causa mais comum para a fome noturna é a alimentação restritiva durante o dia, ou seja, pobre em quantidade, mas também, em nutrientes essenciais. Pode acontecer ainda como fuga de problemas emocionais e por falta de disciplina alimentar. É importante identificar a origem do problema.

Vale procurar um endocrinologista ou até mesmo uma terapia para resolver a situação.

E tenha sempre em mente: quanto mais tarde, mais leve deve ser a refeição. Afinal de contas, ao dormir, o organismo entra em metabolismo basal, ou seja, repousa. Os batimentos cardíacos, respiração e atividades celulares diminuem. O alimento noturno pode ficar retido no estômago muito mais tempo do que o normal. E se, mesmo depois da janta, o estômago continuar reclamando, vale optar por um pote de gelatina, uma xícara de chá ou uma fruta.

bemstar.globo.com

quarta-feira, 17 de março de 2010

Reduza os riscos e fique saudável

Pequenas atitudes no dia a dia podem garantir mais saúde para você e sua família

::: Não fume – ou pare o quanto antes.

::: Seja o mais magro possível dentro dos seus limites normais. A manutenção de um peso saudável ao longo da vida é uma das formas mais importantes de se proteger contra o câncer.

::: Exercite-se. O ideal é começar caminhando 30 minutos todos os dias. À medida que o condicionamento físico melhora, é recomendável aumentar o tempo para até 60 minutos de exercícios em nível moderado ou 30 minutos em nível intenso todos os dias.

::: Prefira alimentos de origem vegetal. O ideal é consumir 400 gramas ao dia de pelo menos cinco hortaliças, legumes e frutas diferentes. Quanto mais colorido o prato, melhor. Consuma também cereais pouco processados, como arroz integral.

::: Consuma no máximo 500 gramas de carne vermelha por semana e evite carne processada. Alimentos de origem animal são nutritivos e saudáveis apenas se consumidos de forma moderada.

::: Reduza o consumo de álcool. Quantidades moderadas de bebidas como vinho podem ser benéficas e reduzir o risco de doença cardíaca coronariana.

::: Evite alimentos muito salgados ou preservados em sal, como charque. Diminua a quantidade de sal na comida e evite alimentos industrializados com muito sal (sódio), como sopas, molhos e temperos prontos e salgadinhos.

::: O preparo dos alimentos também influencia no risco de câncer. Ao fritar, grelhar ou preparar carnes na brasa a temperaturas muito elevadas, podem ser criados compostos que aumentam o risco de câncer de estômago e colorretal. Por isso, métodos de cozimento que usam baixas temperaturas são escolhas mais saudáveis, como vapor, fervura, pochê, ensopado, cozido ou assado.

Fontes: nutricionistas Jocelem Mastrodi Salgado e Fabio da Silva Gomes, livro Faça do Alimento seu Medicamento e site da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais (www.sbaf.org.br)

www.clicrbs.com.br

quinta-feira, 11 de março de 2010

Dicas para perder a barriga


As gordurinhas localizadas na cintura estão fazendo você se sentir mal? Veja algumas soluções para acabar com elas agora!

Barriga sequinha

Emagrecer é um desejo universal. Toda mulher quer sempre perder 2 ou 3 kg e eliminar um grande inimigo: o pneuzinho localizado na cintura. Isso inclui nós, simples mortais, e até celebridades internacionais, como a cantora Beyoncé.

Ainda não surgiu nenhuma fórmula instantânea para livrar a gente desse incômodo. Mas já está comprovado que abandonar hábitos ruins (por exemplo, deixar a preguiça de lado e caminhar 20 minutos por dia) e apostar em soluções saudáveis, como a farinha de feijão-branco, podem deixar sua barriga chapada.

Reunimos então, algumas soluções infalíveis para você ficar lisinha, lisinha - e o melhor: sem esforço. E não se esqueça: seja qual for sua opção, consulte um médico antes de iniciar a dieta.

Suco seca gordura

Ingredientes
- 1 col. (sopa) de maracujá
- 1 xícara de chá frio de centelha asiática
- 1 copo de água
- 30 ml de colágeno líquido (conhecido como protein colla, pode ser encontrado em farmácias de manipulação ou em lojas de produtos naturais; neste caso, use apenas no formato líquido)

Modo de preparo
Bata tudo no liquidificador e beba duas ou três vezes ao dia.

Chás

Chá de oliveira
O ideal é beber 3 ou 4 xícaras por dia. Se você tem 80 cm de cintura, perderá em média 8 cm. Não adoce seu chá. Se quiser mudar o sabor, aposte em cascas de abacaxi ou folhas de hortelã.

Chá-verde
Ele dá uma acelerada no metabolismo, queimando as gorduras. Não ultrapasse os 800 ml diários, porque você pode sentir queimação no estômago e aumento da frequência cardíaca. Tome após as refeições e em temperatura morna.

Água de coco e iogurte

Água de coco
Poderosa, ela ajuda a diminuir o inchaço. Prefira beber do próprio coco e fuja das industrializadas. Cuidado com as calorias: não beba mais que 600 ml por dia.

Iogurte
Apenas três porções diárias desse amiguinho ajudam você a eliminar até 2 kg numa semana. Parece até milagre, não? O iogurte possui nutrientes que afinam o corpo sem provocar flacidez. Além disso, ele diminui o colesterol. Corra já para a geladeira e coma um potinho agora mesmo!

Farinha de feijão branco

Você pode comprar pronta ou fazer na sua casa (veja receita abaixo). A farinha do feijão-branco faz seu organismo absorver menos carboidrato. Assim, você não engorda. Além de auxiliar na prevenção do diabetes, ela fortalece os ossos. O ideal é ingerir 1 col. (chá) diluída em 100 ml de água antes de todas as refeições.

RECEITA
Modo de preparo
- Lave 250 g de feijão branco e deixe secar no sol
- Triture tudo no liquidificador e peneire em seguida
- Guarde a farinha num frasco por uma semana (atenção: para preservar as propriedades não faça mais do que 250 g)

Banana e mandioca

Banana
Comer quatro bananas ao longo do dia reduz o apetite. Escolha a sua:
- Banana-d'água: 87 calorias
- Banana-nanica: 87 calorias
- Banana-prata: 89 calorias
- Banana-maçã: 100 calorias
- Banana-ouro: 125 calorias

Mandioca
Com muitas fibras, a mandioca regula o intestino e elimina o inchaço na barriga. Substitua por um alimento do mesmo grupo (arroz, pão ou batata) pela mandioca e coma cozida em vez de frita.

Gengibre e azeite

Gengibre
Esse tempero acelera o metabolismo, e isso aumenta a queima de gorduras no corpo. Coma um pedaço de 2 cm cru, refogado ou em forma de chá, três vezes ao dia.

Azeite
Pesquisadores espanhóis e americanos mostraram que o azeite possui uma gordura especial: ela combate os pneuzinhos que se formam na barriga. Além disso, esse óleo reduz o colesterol ruim e previne o envelhecimento. Mesmo assim, fique atenta às calorias e consuma apenas 2 cols. (sopa) por dia.

Pílulas

Pholiamagra
Vendidas em farmácias de manipulação, as cápsulas PholiaMagra® fazem você perder a barriga. O preço é alto - entre R$ 120 e R$ 180 - mas esse é o segredo das curvas de Sabrina Sato, sabia?

Porangaba
Essa pílula diurética reduz o apetite. Você deve ingerir uma cápsula três vezes ao dia. E o melhor de tudo: ela é barata (um vidro com 50 cápsulas custa R$ 12). Fique atenta às contraindicações.
As pílulas são encontradas em farmácias de manipulação.

mdemulher.abril.com.br

quarta-feira, 10 de março de 2010

Aliados da dieta

16 dúvidas sobre dieta (nós revelamos toda a verdade)

Você acha que vinagre queima gordura? Acredita que abacaxi emagrece? Conversamos com especialistas para esclarecer essas e outras questões que circulam por aí e que podem atrapalhar o bom andamento da sua dieta

Água morna com limão emagrece?
(X) Sim ( ) Não

Segundo a nutricionista Daniela Jobst, de São Paulo, a mistura faz com que as enzimas do fígado, responsáveis pela desintoxicação do organismo, funcionem melhor. Com isso, mais toxinas são eliminadas e o metabolismo é acelerado. “Mas, para funcionar, é preciso beber diariamente um copo (200 ml) de água morna com suco de meio limão em jejum e aguardar meia hora para tomar o café da manhã”, ensina.


Linhaça triturada faz mais efeito do que o grão inteiro?
(X) Sim ( ) Não

A semente passa intacta pelo estômago e intestino sem que o organismo absorva o ômega-3, um tipo de gordura com ação anti-infl amatória que reduz o colesterol ruim e auxilia a circulação sanguínea. Ao triturá-la, você tem acesso, inclusive, às fibras que estão presentes na casca e melhoram o funcionamento intestinal, além de dar sensação de saciedade. “Para ter esses benefícios, basta consumir uma colher de sopa da farinha por dia”, conta a nutricionista Lara Natacci, de São Paulo.

Sal engorda?
( ) Sim (X) Não

Mas pode inchar. O risco é causar retenção hídrica quando consumido em excesso – mais de 1 colher de chá por dia. O vilão é o sódio, um mineral que puxa água para dentro do organismo. Vale lembrar que ele não está apenas no saleiro mas também nos produtos industrializados, especialmente molhos e temperos. “Para ajudar a eliminar o sódio do organismo, beba 2 litros de água por dia e coma alimentos ricos em potássio (caso da banana, da laranja e do tomate), cálcio (derivados do leite, peixes e vegetais verdeescuros) e magnésio (encontrados nos cereais integrais)”, ensina Lara Natacci.

Todo alimento enriquecido com fibras é integral?
( ) Sim (X) Não

O termo “enriquecido com fibras” sinaliza que foi adicionado ao alimento pelo menos 25% a mais de fibras em comparação à versão convencional. Mas isso não faz dele um produto integral – nesse caso, é preciso que, no processo de industrialização, pelo menos um dos ingredientes seja encontrado da mesma forma como está na natureza: a farinha, para ser integral, deve ser feita com trigo integral, não acrescida de fi bras.

Atum e sardinha em lata têm os mesmos nutrientes do que o peixe fresco?
(X) Sim ( ) Não

A composição dos peixes enlatados é muito similar à do peixe fresco quando preparado de maneira caseira. “Isso ocorre graças ao processo de produção. O peixe, já dentro da lata, passa por um tratamento térmico sob temperatura e pressão elevadíssimas – garantindo, assim, a mínima perda das propriedades nutricionais”, explica a nutricionista Fernanda Bigliazzi, de São Paulo.

Chá de gengibre acelera o metabolismo?
(X) Sim ( ) Não

Uma pesquisa da Universidade de Tóquio, publicada no jornal da Sociedade Farmacêutica do Japão, confi rmou esse dado. A explicação está nos fitoquímicos, como o gingerol, que têm ação termogênica. Na prática, essas substâncias elevam a temperatura corporal e o metabolismo em até 20%, o que favorece a queima de gordura. Em tempo: para preparar o chá, ferva 1 pedacinho de gengibre (cerca de 1 ou 2 cm) em 500 ml de água e beba uma xícara logo após as refeições ou no intervalo entre elas.

Vinagre queima gordura?
(X) Sim ( ) Não

Assim como a mistura de água morna e limão, o vinagre também estimula o fígado a eliminar toxinas e aumenta o gasto calórico. Além disso, favorece a circulação sanguínea. Resultado: há uma redução nos pneuzinhos e até na celulite. A nutricionista Daniela Jobst dá a receita: misture ¼ de copo (50 ml) de vinagre de maçã orgânico ou de arroz na mesma medida de água morna e beba diariamente antes do café da manhã, do almoço e do jantar.

Tomar água durante a refeição engorda?
(X) Sim ( ) Não

Isso acontece por duas razões: ela dilui o ácido clorídrico produzido no estômago, atrapalhando a digestão, e prejudica a quebra das moléculas dos alimentos, fazendo com que cheguem maiores ao intestino. Isso desequilibra a flora intestinal e a absorção dos nutrientes. “O líquido interfere até na sensação de saciedade, levando a pessoa a comer mais. Para não ter prejuízo, o ideal é consumir, no máximo, 1 copo (200 ml) antes da refeição e outro duas horas depois”, diz a nutricionista Daniela Jobst.

Gelatina de caixinha deixa a pele mais firme?
( ) Sim (X) Não

A gelatina que a gente come de sobremesa tem só 10% de proteína e, por isso, não deve ser considerada como alternativa para firmar a pele ou deixar o corpo mais durinho. Mas é uma boa opção para enganar a fome ou matar a vontade de doce sem acrescentar muitas calorias.

Abacaxi ajuda a afinar?
( ) Sim (X) Não

“A fruta não tem esse poder. Mas consumir uma fatia média depois da refeição auxilia a digestão, principalmente de proteínas, evitando aquela sensação de peso. Isso porque o abacaxi tem bromelina, uma enzima com ação digestiva”, esclarece a nutricionista Lara Natacci, de São Paulo.

Biscoito salgado engorda menos que o doce?
( ) Sim (X) Não

“O biscoito doce sem recheio possui menos gordura e calorias do que o salgado”, afirma a nutricionista Gelsen Feliciano, de São Paulo. Para você ter uma ideia, seis unidades de cream craker ou água fornecem cerca de 170 calorias enquanto a mesma porção do biscoito de maisena ou de leite tem 135.

Chá verde pronto tem o mesmo efeito do caseiro?
( ) Sim (X) Não

Durante a industrialização, a erva Camellia sinensis tem seu poder de ação reduzido. “Por isso, se a intenção é acelerar o metabolismo, emagrecer e combater os radicais livres, a recomendação é preparar a bebida com folhas secas e tomar quatro xícaras por dia”, diz Gelsen Feliciano. Para isso, aqueça 600 ml de água (não deixe ferver), desligue o fogo e acrescente quatro colheres de chá da erva. Tampe por cinco minutos, coe e beba em seguida.

Alimento orgânico é mais saudável do que hidropônico?
(X) Sim ( ) Não

De forma geral, os dois são mais saudáveis do que o cultivado da forma tradicional. Mas, se tivesse que escolher, a nutricionista Fernanda Soares, do Rio de Janeiro, votaria no orgânico. “O hidropônico é cultivado na água e precisa de aditivos químicos que podem se acumular no alimento e causar intoxicação. Tudo porque não recebe os nutrientes vindos da terra, como os orgânicos”, justifica.

Tudo bem substituir água pura por água com sabor?
( ) Sim (X) Não

Pelo menos 50% dos líquidos ingeridos por dia devem vir sob a forma de água pura. O restante pode vir de outras bebidas, de preferência sem calorias, e até de alimentos, em especial frutas e legumes. “Como a água com sabor contém aditivos e adoçantes, o melhor é se contentar com dois copos por dia”, diz Gelsen Feliciano.

Isotônico durante a malhação faz ganhar peso?
( ) Sim (X) Não

Pesquisa feita na Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos, concluiu que quem toma esse tipo de bebida durante a ginástica deixa de consumir cerca de 100 calorias por dia. Isso porque o isotônico ajuda a saciar, fazendo você terminar o treino com menos fome e continuar assim ao longo do dia.

Chocolate amargo é melhor opção do que ao leite?
(X) Sim ( ) Não

Em comparação ao chocolate ao leite, o amargo traz mais do que o dobro de substâncias bioativas. É o caso de aminas, teobromina, magnésio e carboidratos, que estimulam a saciedade e a produção de serotonina, melhorando o humor e o bem-estar. “Para não prejudicar a balança, consuma o doce no fim da tarde, quando as taxas de serotonina do organismo caem e o metabolismo ainda está ativo”, indica Lara Natacci.

http://boaforma.abril.com.br

domingo, 7 de março de 2010

Conheça os fitonutrientes: eles secam a barriga e tiram a fome

Nova descoberta científica comprova: os fitonutrientes aceleram a perda de peso e ainda fortalecem a saúde. Confira em que alimentos você os encontra e prepare-se para perder a gordura e até suavizar a celulite

Acredite: algumas delícias que já estão presentes na sua cozinha - e, portanto, na sua dieta diária - podem ter um efeito mágico no seu processo de emagrecimento. Um estudo publicado recentemente pelo jornal americano Nutrition Research mostrou que comidas ricas em fitonutrientes, além de ajudarem na manutenção da saúde, trabalham para retirar a gordura do corpo e ainda dão a sensação de saciedade. Nós mostramos os benefícios de cada tipo de fitonutriente, revela em que alimentos você irá encontrá-los e ainda sugere um cardápio gostoso, formulado pela nutricionista Roseli Ueno Ninomya, que fará você secar até 1 kg em sete dias.

Magra e saudável
A principal característica dos fitonutrientes é simples: eles melhoram sua saúde. Quando estão em falta no organismo, nos deixam menos protegidos. Além disso, essas substâncias ajudam a acelerar o metabolismo - o que, claro, emagrece, pois o metabolismo é a velocidade com que o corpo queima gordura. "A presença de fibras, magnésio e vitamina B6 em alimentos com fitonutrientes promove também a saciedade", diz a nutricionista Roseli Ueno. E quando você sente menos fome, não come fora de hora.

Fenóis
O que fazem? - Aumentam a queima de energia ao regular as glândulas renais e a tireoide.

Onde encontrar? - Cereja, damasco, kiwi, maçã, morango, uva.


Lignanas
O que fazem? - Reduzem o armazenamento de gordura na barriga e no quadril; amenizam a TPM e os sintomas de menopausa; diminuem o risco de câncer de colo, ovário e mama.

Onde encontrar? - Castanha de caju, gergelim, óleos, girassol e linhaça.


Limonoides
O que fazem? - Aumentam a produção de bílis (que dissolve a gordura); estimulam o fluxo linfático para reduzir a celulite; aumentam a imunidade e diminuem risco de AVC.

Onde encontrar? - Frutas cítricas, como laranja, limão e mexerica.


Sulforafane
O que faz? - Ajuda o fígado a queimar gordura; previne o envelhecimento precoce; aumenta a libido; reduz o risco de diabetes, de doenças do coração e de câncer.

Onde encontrar? - Brócolis e vegetais verde-escuros.


Antocianinas
O que fazem? - Aceleram o metabolismo e estimulam a queima de açúcar. Também ajudam na concentração e no fortalecimento da memória.

Onde encontrar? - Abacate, berinjela, cereja, manga e uva.


Carotenoides
O que fazem? - Equilibram as taxas de açúcar no sangue; diminuem e estimulam o uso da gordura armazenada. Melhoram a visão; protegem a pele do sol; aumentam a fertilidade.

Onde encontrar? - Abóbora, cenoura, melão, melancia e tomate.


Reverastrol
O que faz? - Reduz a gordura da barriga e aumenta a sensação de saciedade. Diminui o colesterol; melhora a circulação; diminui o risco de doenças cardíacas e de AVC.

Onde encontrar? - Amendoim, uva vermelha e vinho tinto.


Alicina
O que faz? - Auxilia o fígado a queimar gordura; reduz o colesterol ruim; melhora a pressão sanguínea.

Onde encontrar? - Alho, alho-poró, cebola e cebolinha.

10 benefícios dos fitonutrientes
São muitas as vantagens dessas substâncias presentes em frutas e vegetais deliciosos. A seguir, veja como elas podem combater doenças (câncer, hipertensão, colesterol e TPM, por exemplo) e também têm resultado rápido na desintoxicação do corpo

Eles emagrecem...
1. Combatem inflamações
Esta propriedade ajuda a emagrecer, pois as inflamações internas favorecem o armazenamento de gordura ao aumentar o nível de cortisol (hormônio do estresse) e desequilibrar o açúcar no sangue.


2. Desintoxicam o corpo e diminuem o colesterol ruim
"Isso porque alguns deles ‘sequestram’ toxinas e metais pesados, enviando-os para serem excretados pela urina e pelas fezes", explica a nutricionista e fitoterapeuta Vanderlí Marchiori.

3. Queimam calorias
Os fitonutrientes nutrem as células da tireoide e as suprarrenais, o que colabora para a queima de caloria através dessas glândulas. A explicação, segundo Vanderlí Marchiori, é que eles melhoram a formação de hormônios e de enzimas responsáveis pelo metabolismo.

4. Aumentam a saciedade
Eles tiram a fome "por regularem as vitaminas e os minerais e por controlarem os neurotransmissores responsáveis pela formação do apetite", afirma a nutricionista Vanderlí Marchiori.

5. Quebram a gordura localizada
Principalmente se você consumi-los no verão! De acordo com estudo da Universidade da Carolina do Sul (EUA), a luz do sol aumenta a produção de vitamina D - e esta reação acelera a quebra da gordura. Assim, o excesso armazenado derrete mais rápido devido à exposição solar.

...E dão bem-estar

6. Ajudam os hipertensos
Quem sofre com pressão alta é beneficiado com os efeitos dos fitonutrientes, pois eles aumentam a flexibilidade das paredes dos vasos e das artérias, que, quando se distendem, melhoram o fluxo sanguíneo e reduzem a pressão.

7. Combatem câncer
Alguns fitonutrientes conseguem reduzir em 40% os riscos de desenvolver câncer, como o de ovário e de colo do útero, por exemplo.

8. Têm efeito analgésico
Tais substâncias podem auxiliar na redução de dores musculares e de cabeça.

9. São fortificantes
Eles têm a capacidade de melhorar a memória e reduzir o risco de desenvolver o mal de Alzheimer.

10. Dão energia

São ideais para trazer mais disposição durante a TPM, aumentar a libido e reduzir sintomas da menopausa.


Saiba que a perda de peso pode variar de acordo com seu organismo e que você pode seguir dieta restritiva por até 30 dias. Interessados em receber uma dieta elaborada pela nutricionista Roseli Ueno Ninomya, solicite por e-mail: ro@romassoterapeuta.com

http://mdemulher.abril.com.br


sexta-feira, 5 de março de 2010

Caminhada pode aliviar vontade de comer chocolate

Estudo revela que exercício diminui desejo pelo doce
Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que fazer caminhadas podem conter a fissura pelos chocolates.Durante o estudo, foram avaliadas 25 pessoas que consumiam uma quantidade de pelo menos 100 g por dia de chocolate. Os chocólatras tiveram que renunciar ao consumo do doce e foram divididos em dois grupos, sendo que um deles faria uma caminhada diária.

Os pesquisadores perceberam que não comer o chocolate, juntamente com o estresse provocado pelo dia a dia, aumentava a vontade de consumir o doce. Mas, uma caminhada de 15 minutos em uma esteira proporciona uma redução significativa na vontade do doce. Segundo os pesquisadores, esse fenômeno pode ser resultado da sensação de bem-estar que os exercícios físicos proporcionam, muito próxima a que o chocolate libera no organismo.

Cuidado com o chocolate
Quando a tentação aparece, o melhor caminho é saber o que escolher para não prejudicar o regime. A dica da nutricionista chefe do MinhaVida, Roberta Stella, é tomar cuidado com o chocolate diet. "O chocolate diet é tão calórico quanto os tradicionais. Não caia na armadilha de escolher o diet pensando que com ele o estrago será menor", explica a nutricionista.

www.minhavida.com.br

quinta-feira, 4 de março de 2010

Enganando a Fome das 16:00h

Drible, sem sofrer, a fome das 4 da tarde

Por volta das 16h é característica nos escritórios a movimentação em busca de algum alimento, de preferência doce. A tal gula da tarde é uma resposta do organismo que, sem alimento desde a hora do almoço, avisa que seu nível de glicose está baixo. Um biscoito, um chocolate ou uma barra de cereais costumam resolver bem a questão. Mas se você estiver de olho na balança ou apenas querendo variar o cardápio, experimente uma nova receita: o hidromel, alimento natural, leve e que ajuda no emagrecimento.
A receita é da francesa Madeleine Gesta, autora do método Gesta – um programa de emagrecimento que tem entre seus adeptos Juliette Binoche e Catherine Deneuve. Melhor ainda: você mesma pode fazer.

Tome nota

• 250 g de queijo-de-minas sem gordura
• 1 iogurte desnatado com 2 col. (café) de mel
• 125 g de morangos ou 2 col. (sopa) de uva-passa
• Misture tudo em um pote e consuma às colheradas. O alimento regula e equilibra o organismo.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Fuja das dores na coluna

Falta de atividade física pode agravar este problema

A maioria das pessoas que reclama de dores nas costas ou na coluna, geralmente tem o problema agravado pela falta de uma rotina de atividade física.

Atividades aeróbicas como a natação são recomendadas para estes casos e podem auxiliar numa sensível melhora. Exercícios abdominais também são importantes. Até a musculação,desde que feita sob orientação adequada,pode ajudar.

O importante sempre é se manter fisicamente ativo, pois uma musculatura mais forte e firme,irá auxiliar no suporte da coluna, o que com certeza trará benefícios como o alívio das incômodas dores.

Caso você esteja já apresentando sinais de algum tipo de dor nas costas, procure orientação média ou de um profissional de educação física para receber o tratamento adequado.

bemstar.globo.com