quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Desinche a barriguinha com medidas simples!

Antes que você continue esta leitura, um alerta: este post não trata de mais uma dieta milagrosa, daquelas que surgem a cada estação. Se você quer eliminar a gordura localizada na barriga precisa associar reeducação alimentar e exercícios físicos. Ninguém dorme gordinho e acorda magrinho! Mas, se o seu problema é o inchaço na barriga, leia até o fim as dicas da nutricionista Cristiane Ruiz Durante, coordenadora de nutrição da famosa Triathon Academia, de São Paulo:

1. Mastigue devagar os alimentos. Essa medida é a mais importante para evitar a dilatação do estômago, e consequentemente, o inchaço da barriga. Ao mastigar devagar, o cérebro registra com maior rapidez a sensação de saciedade e você acaba comendo menos.

2. Faça refeições que contenham sempre salada crua (sem molhos gordurosos e ingredientes muito calóricos) + uma porção de carboidrato leve + uma porção de proteína. “Essa combinação de substâncias é bem digerida e também ajuda a evitar o inchaço do estômago”, explica a profissional.

3. Beba muito líquido durante o dia. De preferência água e chás.

4. Fracione a dieta. O ideal é que a pessoa não fique muito tempo sem comer nada. O ideal é fazer refeições pouco volumosas e de baixo valor calórico até seis vezes ao dia.

5. Tire do cardápio alimentos que costumam causar gases. A saber: refrigerantes, feijão, frituras, pão, queijo, carne vermelha, embutidos como linguiça, presunto, salame e salsicha, salgadinhos.

6. Invista nas fibras e nos alimentos naturalmente diuréticos. Alimentos ricos em fibras regulam o intestino, o que é fundamental para desinchar a barriga. Arroz, cereais e pão integrais, legumes, verduras, carnes magras e frutas devem constar em seu cardápio. Alimentos diuréticos também ajudam pois diminuem a retenção de água e conseqüentemente o inchaço. Invista em chás, suco de limão, erva doce, melancia, morango, abóbora, agrião, beterraba, cenoura, escarola, berinjela, repolho, salsinha, tomate, broto de feijão, pepino e hortelã.

7. Arrume essa postura! Sabia que tem gente que só precisa fazer os alongamentos certos para perder a barriga? Pois é, manter a coluna reta pode ajudar muito você a conseguir a não ter uma barriguinha saliente.

9. Mexa-se: caminhe, corra ou nade por pelo menos 40 minutos, todos os dias. É essencial fazer um exercício aeróbico para o organismo funcionar bem e a barriguinha desinchar. E acelere no passo, nada de ritmo de passeio, é ginástica.

A Massagem Drenagem Linfática é um grande aliado na eliminação do inchaço corporal e retenção de líquidos.
Não fiquei parada, mexa-se e viva melhor!!!!

www.clicrbs.com.br

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Histórias de Run Series - Superação!!!

Ou Acessem o site:
http://www.trackandfield.com.br/tflive/2009/09/superacao-no-run-series-iguatemi-poa/

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

TPM? Controle esse mau (humor!) comendo certo

Durante cerca de uma semana, todo mês, a mulher enfrenta os sintomas da TPM (Tensão Pré-Menstrual), que costumam piorar sua qualidade de vida. Dá sono, mau humor, dores de cabeça, desânimo, cólicas... A alimentação é um dos fatores que pode ajudar no controle do mau (humor!) da TPM, que atinge mais de 70% das brasileiras.

Alguns nutrientes são ótimos aliados para diminuir as sensações de cólicas e de irritabilidade. Os principais aliados são: vitamina B6, as fibras, o triptofano e os ácidos graxos ômega 3 e ômega 6. A nutricionista Márcia Daskal ensina como eles podem ajudá-la:

- A vitamina B6 melhora as sensações de irritabilidade e as dores de cabeça. Ela é encontrada principalmente em grãos e cereais integrais (linhaça, trigo, aveia..) e nas leguminosas, como feijão, lentilha e ervilha. Estes cereais e leguminosas também são ricos em fibras, fundamentais para regularem o funcionamento intestinal e controlarem a ansiedade de comer porque promovem a sensação de saciedade. As fibras também estão presentes nas frutas e nas folhas e legumes.

- O triptofano é um aminoácido precursor de um hormônio relacionado à sensação de prazer e relaxamento e, por isso, melhora a irritabilidade comum durante a TPM. O triptofano está presente principalmente no leite e em seus derivados, como iogurtes e queijos.

- Os ácidos graxos (gorduras) ômega 3 e ômega 6 ajudam a modular a resposta inflamatória e, assim, reduzir as dores e desconfortos causados pelas cólicas. As principais fontes deste ácidos graxos são os peixes como salmão, atum e arenque.

Por outro lado, há alguns alimentos que podem piorar os sintomas da TPM. Alimentos e bebidas ricos em cafeína, por exemplo, podem aumentar a irritação. São eles: café, chá mate e chá preto, chocolate, energéticos, guaraná em pó e refrigerantes de cola.

Já os alimentos industrializados, como salgadinhos, sopas em pó, enlatados e refeições congeladas, são ricos em sódio e podem aumentar a retenção de líquidos, comum nesta época.

E se bater aquela tradicional vontade de doces, prefira aqueles à base de frutas, como pêssego, abacaxi ou figo em calda ou frutas desidratadas, como banana, damasco e maçã secas.

fonte: www.clicrbs.com.br e Recomendo Assessoria em Nutrição e Qualidade de Vida.


domingo, 13 de setembro de 2009

Track&Field Run Series-Porto Alegre



O Track&Field Run Series é o principal evento esportivo assinado pela Track&Field. A competição nasceu em 2004, com a primeira prova – dividida por três etapas – disputada em São Paulo. Com o sucesso do evento e o aumento na procura, a corrida de rua expandiu para outras cidades, como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba e Ribeirão Preto. Em 2009, serão realizadas 14 provas até o final do ano, fechando com a última etapa em São Paulo.
Hoje, numa manhã chuvosa ocorreu a etapa de Porto Alegre.
Eu, Mágnor e Olga participamos da etapa em POA. Chuva, descidas e subidas, mas felizes com o resultado da corrida.
Que desafio bom!!!!! O prazer da corrida é envolvente, o clima saudável, a animação e alegria de todos os participantes e organizadores do evento, toda essa energia é contagiante, agora queromos mais e mais!!!
Parabéns a todos os participantes e até a próxima corrida!!

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Quem dança seus males espanta!

Dançar é bom! Faz bem para o corpo e para a mente! Dançar é sair da realidade, deixar-se levar pelos movimentos e perder calorias. Perder calorias? Sim. A dança pode ser uma alternativa para perder os quilinhos e deixar o corpo em forma. É uma opção para quem não gosta muito do ritmo das ginásticas, musculação e outras modalidades esportivas... Dançar também alonga os músculos, deixa o bumbum durinho, sem contar que a dança nos deixa de muito bom humor, porque é super divertida!
A dança é considerada uma atividade de baixo impacto, e além de manter a forma física, auxilia na melhora da auto-estima, pois além de trabalhar o corpo, mexe também com a emoção. Como as outras atividades, a dança também trabalha toda a musculatura do corpo (note que quando não estamos muito acostumadas a dançar, os músculos ficam um pouquinho doloridos), além disso, também estimula a circulação sanguínea. A dança é ideal para quem não gosta de exercícios de alto impacto, de ir para a academia e ficar “puxando ferro”!
Dança flamenca, dança do ventre, dança de salão, e muitas outras podem ser a grande saída para perder uns quilinhos e de quebra, ficar muito bem humorada!

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Quer emagrecer ??? Corra!!!!

A Folha de S. Paulo consultou especialistas esportivos e elaborou uma lista com as atividades que demandam maior gasto de energia do nosso organismo.
Em média, durante os primeiros 15 minutos de um exercício aeróbico, o organismo consome preferencialmente o glicogênio. Depois desse tempo, em geral, a gordura passa a ser consumida em maior intensidade, como forma de produzir energia.
O processo depende, entretanto, da natureza de cada atividade e da tolerância do esportista ao exercício. Exercícios que trabalham mais a força muscular, como a musculação, também queimam gordura, mas em menor quantidade. Veja o gasto calórico de várias atividades.

Corrida: 20 calorias por minuto.
Correr durante uma hora em uma esteira queima aproximadamente 600 calorias (leve em conta que você não vai correr durante os 60 minutos ininterruptamente, mas vai variar o ritmo). É bom tomar cuidado com esse exercício, que causa fortes impactos nas articulações e altera a frequência cardíaca. Para iniciantes, é melhor ir devagar e começar pela caminhada.

Pular corda: 15 calorias por minuto.
Pular corda é um bom exercício para a panturrilha (batata da perna), coxas e ombros (acionados para girar a corda). A prática também ajuda a desenvolver a coordenação motora.

Vôlei: 15 calorias por minuto.
Surgido nos EUA em 1895, o vôlei ganhou o gosto do "país do futebol" com a medalha de ouro do vôlei masculino em 1992, na Olimpíada de Barcelona. A modalidade é boa para desenvolver força, concentração e coordenação motora.

Luta livre: 14,4 calorias por minuto.
A luta livre já teve mais visibilidade no Brasil e serve para ampliar a força e a flexibilidade de seus praticantes. O termo luta livre também é utilizado para designar a luta greco-romana, modalidade olímpica presente nos currículos esportivos das universidades norte-americanas.

Natação (Borboleta): 14 calorias por minuto.
A natação, em suas várias modalidades, continua sendo considerado por muitos um dos exercícios mais completos. Desenvolve a flexibilidade, agilidade, musculatura, capacidade aeróbia, entre outros aspectos.

Subir escadas: 14 calorias por minuto.
Não é um esporte, mas é uma prática simples imitada por aparelhos de ginástica. Subir escada pode ser considerado um exercício aeróbio, portanto, queima gordura. Se você trabalha ou mora no terceiro ou quarto andar de um prédio (até mais, dependendo da sua resistência) experimente abandonar o elevador e subir de escada. Na pior das hipóteses, você vai garantir coxas mais firmes.

Futebol: 13,3 calorias por minuto.
Esporte nacional por excelência, o futebol ajuda a desenvolver força, capacidade respiratória, noção de espaço, agilidade e coordenação motora.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Circuito de Corridas da Caixa

O calor e o sol forte transformaram o domingo de inverno num belo dia de verão na capital gaúcha. O Parque Marinha do Brasil, às margens do Guaíba, tradicional local de lazer da cidade, foi ocupado pelos corredores e seus acompanhantes desde cedo. Os Atletas amadores e de elite masculina e feminina disputaram os 5 e 10 km da sexta etapa do Circuito da CAIXA.

Somando minha terceira corrida...Eu estive lá!!!


A minha próxima corrida será a Track & Field-Shopping Iguatemi...dia 13/09...vamos treinarrr!!!!