domingo, 30 de agosto de 2009

O que não é normal em uma dieta

Dor de cabeça, mal-estar, irritação? Isso não é normal em uma dieta equilibrada.

A estação quente se aproxima e, nesta época do ano, muita gente costuma iniciar uma "operação verão" para entrar em forma.
Uma das atitudes mais comuns, principalmente entre as mulheres, é apostar em dietas radicais, da moda, sonhando em virar uma Angelina Jolie da noite para o dia.
As pessoas até perdem alguns quilinhos, mas como ninguém aguenta viver à base de sopas, 90% recuperam o peso perdido e ganham outros quilos mais até mais rápido do que emagrecem.
Se o motivo pelo qual você não consegue levar adiante a dieta para sempre, além das tentações do dia-a-dia, é o mal-estar que sente, é sinal de que há algo errado ou com a restrição alimentar adotada.
O que acontece com quem adota uma dieta radical:
- Desmaios
- Arritmias cardíacas
- Mudanças de humor
- Fome extrema
- Tontura
- Enjoo
- Insônia
- Dor de cabeça constante

Se você estiver seguindo uma dieta por conta própria, o ideal é que procure orientação nutricional e faça exames médicos. Passe longe de dietas milagrosas.
Veja o que diz Ana Maria Rossi, psicóloga, PhD em Psicologia Clínica e Comunicação Verbal, especialista em tratamento de estresse e biofeedback, presidente da International Stress Management Association no Brasil, de Porto Alegre:
- O sucesso de uma dieta depende de três fatores: equilíbrio emocional, atividade física e alimentação, nessa ordem de importância. Coloco atividade física antes de alimentação pela grande quantidade de benefícios que ela proporciona: ajuda na queima calórica, aceleração do metabolismo, além de proporcionar bem-estar e aumentar a autoestima. Ou seja, também ajuda no equilíbrio emocional.

domingo, 23 de agosto de 2009

CIRCUITO DAS ESTAÇÕES ADIDAS - PORTO ALEGRE - PRIMAVERA


CIRCUITO DAS ESTAÇÕES ADIDAS - PORTO ALEGRE - PRIMAVERA

A felicidade da foto fala por si!!

Laura, eu e Olga participamos com alegria e determinação do Circuito Adidas Etapa de Primavera, 5km de corrida.
A Prova foi realizada em Porto Alegre.
Agora é treinar para o próximo domingo...Circuito da CEF.
Parabéns meninas e vamos para as próximas!!!!!!

sábado, 22 de agosto de 2009

Chá - Mistura quente



Chás e infusões carregam uma cultura secular

A tradição secular de beber chá vem ganhando aos poucos novos adeptos. Descoberta por acaso há cerca de 5 mil anos pelo imperador chinês Shên Nung, a bebida é a estrela do Jardim do Chá, aberto recentemente pelas irmãs Ivana, 28 anos, e Ângela Rigotto Eberle, 29, na chácara que leva o sobrenome da família, no bairro Exposição. Por lá, é possível encontrar cerca de 40 variedades nacionais e importadas, além de doces, salgados e utensílios para o preparo.

Conta a lenda que enquanto o imperador fervia água sob a sombra de uma árvore durante um de seus passeios, folhas da planta caíram no líquido, deixando-o com uma tonalidade diferente. Curioso, o soberano resolveu provar a tal água colorida e, satisfeito, decidiu fazer experimentos com outras plantas.

Estava descoberto o chá, que com o passar do tempo tornou-se uma das bebidas mais consumidas no mundo.

– Na China, os chás são comparados a vinhos de grandes safras. Há todo um ritual para o seu consumo – explica Ivana.Infusões saudáveisNem tudo o que chamamos de chá pode ser assim nomeado. Conforme Ivana, somente são consideradas chás as ervas provenientes da planta Camellia sinensis. De acordo com o tempo de fermentação durante a produção, os chás dividem-se em verde, branco, oolong, preto e amarelo. Ou seja, aquele “chazinho” de macela, erva-doce, boldo, maçã e outros são apenas infusões.Um dos fatores que ajudou a popularizar o hábito de beber chás por aqui, principalmente o verde, são as propriedades antioxidantes e de queima calórica atribuídas a eles. Com alto teor de cafeína e sais minerais, eles facilitam a queima de gordura e auxiliam no combate ao envelhecimento precoce.

– Temos de deixar claro que, sozinho, o chá não faz milagre. É preciso uma dieta balanceada e exercícios – frisa Ivana.Incluído entre os chás pretos, o Darjeeling, produzido apenas na primavera na região homônima da Índia, é um dos mais populares. Há ainda o Rooitea, proveniente de uma planta conhecida como Árvore do Mel, na África do Sul. Livre de cafeína, é indicado para crianças e gestantes por proporcionar uma boa noite de sono. Rico em sais minerais, ele também é recomendado para atletas após a prática de exercícios. Pelo fato de a bebida ser quente, o organismo absorve melhor tais nutrientes.

Só são considerados chás aqueles extraídos da planta Camellia sinensis. De acordo com o tempo de fermentação, eles são classificados como:
- Verde: não é fermentado
- Branco: fermentação curta
- Oolong: semi-fermentado
- Preto: totalmente fermentado
- Amarelo: fermentado em várias etapas
Assim como os vinhos, cada tipo de chá combina melhor com determinada comida.

- Verde e Amarelo: indicado pela manhã e como acompanhamento de bolos e tortas
- Branco: pela manhã e em refeições leves como saladas e peixes
- Oolong: após o almoço ou janta
- Preto: café da manhã e à tarde. Por ser mais forte, não deve ser ingerido com o estômago vazio, pois pode causar irritação à mucosa do estômago
Assista a um vídeo com curiosidades sobre os chás e dicas de preparo
da bebida
- Os chás são ricos em polifenóis, que auxiliam no combate aos radicais livres, causadores do envelhecimento precoce da pele.
- Por terem alto teor de cafeína, atuam na queima de calorias e, consequentemente, na perda de peso.
- A água não pode estar fervendo. A temperatura ideal deve ser entre 80°C e 90°C. Se ferver, deve-se desligar o fogo e esperar cinco minutos antes de iniciar o preparo. Caso contrário, queimará as folhas.
- Recomenda-se o uso de água mineral. Caso seja utilizada água da torneira, o ideal é fervê-la por cerca de cinco minutos para evaporar o cloro.
- Alguns tipos de chás pedem o uso de infusor no seu preparo. Outros podem ser preparados colocando as ervas direto na xícara. Para cada xícara de água, recomenda-se uma colher (chá) de ervas.
- O tempo de infusão deve ser entre três e cinco minutos. Quanto mais tempo, mais amarga e forte será a bebida.
- O ideal é que os chás sejam bebidos sem açúcar ou adoçados com uma colher (chá) de mel.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

CIRCUITO DAS ESTAÇÕES ADIDAS - PORTO ALEGRE - Etapa de Primavera

No próximo domingo, dia 23/08 acontecerá:


CIRCUITO DAS ESTAÇÕES ADIDAS - PORTO ALEGRE - PRIMAVERA

DATA: 23 de agosto de 2009
LOCAL: Parque Marinha do Brasil - Av. Edvaldo Pereira Paiva - Orla do Guaiba.
PERCURSO: 5 e 10K
HORARIO DE LARGADA: 9h00
HORARIO DE RETIRADA DO CHIP: 7h30 às 8h30

.OUTROS SERVIÇOS: água, fruta e isotonico.


Eu, Olga, Renata, Guilherme e Laura da Equipe Active estaremos presentes!!! Vamos lá pessoal!!

Proteínas: o que elas fazem pela sua boa forma

Uma grande preocupação manifestada por quem precisa perder peso ou quer se manter magro é ingerir a quantidade adequada de proteínas. Mas é bom saber o quê elas realmente podem fazer por você. A famosa dieta das proteínas não costuma ser recomendada por profissionais de nutrição. Entenda:

As proteínas são estruturas químicas complexas que contêm carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. Muitas estruturas e substâncias do organismo são compostas por proteínas como tecidos, ossos, unhas, pele, cabelo, hormônios, enzimas etc. Assim, suas funções englobam a construção de músculos, de células vermelhas do sangue e de anticorpos, produção de enzimas e hormônios que regulam diversos processos do organismo e ainda transporte de diferentes substâncias como gorduras, minerais e oxigênio.

O consumo elevado de alimentos ricos em proteína não significa que leve ao aumento de massa muscular. O ganho de massa muscular é resultado do estímulo do exercício físico e é necessária a ingestão de nutrientes na proporção correta. A proteína repara a lesão das fibras musculares depois do exercício, mas isso só acontece se houver uma ingestão adequada de carboidratos, pois na ausência de carboidratos, as proteínas são usadas como fonte de energia levando a perda de massa muscular.

Até uma hora antes da atividade física e durante o exercício também é necessária a ingestão de carboidratos. Logo após o término do exercício é necessária a ingestão de um lanche ou uma refeição que tenha uma proporção de três partes de carboidratos para uma parte de proteína, dizem os livros de nutrição esportiva. É neste momento que os nutrientes são mais rapidamente absorvidos pelo músculo, podendo aumentar o aumento muscular e prevenir a degradação de massa magra.

Os alimentos fonte de proteínas são carnes vermelhas, aves, peixes, leite, iogurte, queijos, ovos e as leguminosas (feijão, lentilha, soja etc.). Tanto as proteínas como os carboidratos fornecem a mesma quantidade de calorias (4kcal) por grama de alimento.

www.clicrbs.com.br

sábado, 1 de agosto de 2009

Articulações sofrem no inverno: saiba como protegê-las

Basta o frio bater à porta para muita gente começar a reclamar de "dor nas juntas" e lotar as salas de espera dos consultórios médicos. Com a temperatura baixa, o corpo todo tende a se encolher para conter o máximo de calor possível e deixar o inverno menos sofrível. Nesse movimento, os tendões encolhem, os músculos se contraem. Quem acaba levando a pior são as articulações, que se sentem pressionadas por todos os lados. É nessa hora que os pacientes que já têm alguma lesão percebem que a dor aumenta muito.
As reclamações mais comuns são dificuldade para se movimentar e rigidez nas articulações, o que pode complicar até mesmo uma simples caminhada nos casos mais graves.

– O clima frio torna o líquido sinovial, aquele que lubrifica internamente as juntas, menos viscoso, além de reduzir a flexibilidade dos músculos, ligamentos e tendões. Isso tudo gera desconforto e dor e deixa o indivíduo com mais dificuldade para se movimentar – explica o reumatologista Alexandre Garcia Islabão, professor da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra).

As regiões que mais sentem os efeitos das baixas temperaturas são as articulações periféricas, como as das mãos, dos pés e dos joelhos. Por se localizarem mais distante do tronco do corpo, têm dificuldades em manter a temperatura perto dos 37°C. Nas articulações das mãos e dos pés, por exemplo, as temperaturas são muito mais baixas e se aproximam daquela registrada no ambiente.Cabe ressaltar que o frio, apesar de aumentar a incidência da dor, não é o responsável pelo surgimento de reumatismo, ou seja, de problemas crônicos nas articulações.

– Há mais de cem tipos de reumatismo com causas diversas. Pode ser desde infecção por bactérias, mudanças no metabolismo até doenças degenerativas. O que ocorre no frio é que a sensação de dor aumenta, mas a lesão, na verdade, já está instalada – enfatiza o reumatologista Fernando Neubarth, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia.

Segundo Neubarth, quando o sofrimento causado pelas baixas temperaturas está intenso, a dica é manter-se bem protegido, com agasalhos apropriados, banhos de água morna e bolsas térmicas na região afetada. O calor descontrai músculos, tendões e ligamentos, aliviando a pressão sobre as articulações e favorecendo a circulação sanguínea. Mas é preciso ter cuidado: quando as dores persistem por vários dias ou semanas, pode ser sinal de alguma complicação. Nesse caso, busque um especialista para receber o diagnóstico preciso e orientações adequadas sobre o tratamento.


Como evitar dores nas articulações:

: Atividades físicas, orientadas e de baixo impacto, como caminhadas, ajudam a manter a lubrificação adequada e reforçam a musculatura que sustenta as articulações.

: Os exercícios de alongamento também têm uma função importante, preservando a flexibilidade e a amplitude dos movimentos das juntas.

: O peso adequado evita que as articulações sejam sobrecarregadas. Com o tempo, os quilos a mais causam danos, como degeneração e inflamação.

: A sobrecarga também pode ocorrer por causa de posturas erradas ao longo do dia. Um exemplo é segurar o mouse com o braço inclinado, forçando o punho.

: No inverno, é importante se manter bem agasalhado, evitando a perda de calor. Para quem tem problema crônico, esse cuidado deve ser redobrado nas regiões que costumam ficar doloridas.

: Se o desconforto persistir por mais de um mês, procure orientação médica. A grande novidade na área é que o diagnóstico precoce ajuda em muito no tratamento do reumatismo.