quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Um ótimo e maravilhoso 2010 a todos!!!


Para 2010 só tenho algo a dizer:

''A melhor aposta é apostar em si mesmo.''

Arnold Glasow

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O Prazer da Endorfina


Você já deve ter ouvido que praticar um esporte como a corrida pode ajudar na melhora física e mental. Já deve ter ouvido também que a atividade física dá aquela sensação de bem-estar logo após a sua prática. Isso tudo tem explicação científica. Trata-se da endorfina.

O termo endorfina se origina das palavras endo (interno) e morfina (analgésico), e trata-se de um neuro-hormônio endógeno (produzido pelo próprio corpo), da glândula hipófise. A endorfina traz vários benefícios para o nosso corpo, como aumento de disposição, melhora no sistema imunológico e alívio de dores.

“A endorfina é o que chamamos de neurotrasmissor, ou seja, é uma substância produzida pelo cérebro através do estímulo de exercícios físicos aeróbios, que modula dor e estresse. Regula a utilização de carboidratos como forma de energia, estimulando a queima de gordura corporal como forma de energia”, explica Páblius Staduto Braga da Silva, médico do esporte do Hospital 9 de Julho, que completa.

“Sua liberação através do esporte propicia o aumento da disposição física e mental, dá a sensação de bem-estar, alivia as dores, melhora a resistência física e a tolerância ao esforço fisico, melhora o humor etc”.

A corrida e a endorfina
Por mais cansativo e doloroso que tenha sido o treinamento, ou até mesmo a prova, é comum que os corredores, logo após terminarem o exercício, sintam uma sensação de satisfação, de alegria. Isso também se explica cientificamente.

Um estudo recente da Universidade de Bohn, na Alemanha, analisou o cérebro de 10 corredores antes e depois de uma corrida de duas horas de duração. Imagens captadas da região mostraram áreas ligadas à emoção que foram ativadas por causa da liberação da endorfina. Os participantes da pesquisa relataram ainda que, após o término da atividade, sentiram um aumento de euforia e de bem-estar.

“A corrida ajuda sim na liberação de endorfina, principalmente por ser uma atividade aeróbia, ou seja, de média intensidade e de longa duração. Após 30 minutos de atividade o corpo começa a liberar este hormônio, que está ligado à sensação de prazer por causa da ação cerebral.”, comenta Staduto.

A endorfina vicia?
Depois que começam a correr, muitos atletas dizem que não conseguem mais parar. E ainda vão além, se dizem “viciados” pela atividade. Isso é natural, já que uma vez que o organismo se acostuma com as boas sensações geradas, isso gera uma espécie de dependência, ou seja, o corpo sente falta das substâncias liberadas pelo exercício, como a própria endorfina.

“A prática de atividades promove a liberação dessa substância, que é uma espécie de ´droga natural´. Por ser produzida pelo próprio organismo, a endorfina é benéfica e funciona como um anestésico natural, que diminui a dor após uma determinada carga de exercícios”, afirma Maurício Pires de Albuquerque, psicólogo clínico e esportivo e professor de Psicologia Esportiva do IEFD/UERJ.

“De certa forma, podemos dizer que a endorfina é viciante sim, já que a falta do exercício físico por alguns dias, quando se está em um treinamento, pode levar à sensação de desconforto, mau-humor e cansaço. Prontamente as boas sensações retornam após reiniciar o programa de treinamento. É o ´sentir falta do exercício´”, completa Staduto.

http://o2porminuto.uol.com.br/

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Ceia de Natal, um crime contra a silhueta?

Algumas dicar para não tornar a ceia de Natal um crime para a boa forma:
Comece a refeição sempre com uma entrada mais leve e menos calórica, isso reduz a "fúria" com que vai ao prato principal. Por outro lado, reduza o número de opções da ceia de natal e ano novo. Se você tiver a opção de quatro carnes vermelhas, três aves, três peixes e mais uns cinco outros pratos, com certeza você irá se servir para experimentar um pouco de tudo e daí o crime já terá sido consumado.

Culturalmente o brasileiro prepara alguns alimentos extremamente calóricos nas ceias de final de ano, como aquela salada de maionese que a sua tia faz questão. Mas, infelizmente, não sabemos parar de comer quando atingimos a meta numérica de calorias suficientes para o organismo. Normalmente paramos de comer – e isso é muito subjetivo – somente quando houver saciedade, seja comendo linhaça (pouca densidade energética) ou manteiga de garrafa (energia em estado puro). Esteja seguro então que haja opções mais leves na sua ceia, alimentos com densidade calórica mais reduzida como vegetais cozidos, por exemplo.

Outra dica do economista muito interessante tem como base o fato de não mais fazermos nossa própria comida. Só para ter uma idéia, hoje em dia tem gente que compra toda a ceia de natal. Mas você pode estar se perguntado, o que isso tem a ver com quilos extras no natal?

No início do século passado tudo era feito em casa e a comida era fruto do trabalho direto de alguém da família. Com isso, alguns estudiosos acreditam que na hora de comer as pessoas controlavam seus impulsos, porque sabiam o trabalho que deu para preparar toda uma ceia.

Outro conselho não usual dado é o como se vestir. Apesar de roupas mais justas atrapalhar por fazer com que caminhemos menos ao longo do dia, durante essas ocasiões ela ajudaria a mantermos a linha. Ou seja, aquela camiseta bem apertada, que ganhou no amigo-secreto, acabará servindo para algo.

Por fim, a piada é velha, mas boa por ser verdadeira. Na sua maior orgia gastronômica, quantas calorias você acha que pode ingerir? Seis mil? Sete mil? Pode parecer muito, mas não é nada se distribuído em um prazo mais longo. Seria um alento se algumas pessoas se preocupassem mais com o que comem durante 364 dias e não apenas no que faz durante a ceia de Natal, que sempre acaba levando toda a culpa. Tal qual diz o ditado, o problema não é o que se come do Natal ao Ano-Novo, mas sim o que comemos do Ano Novo até o Natal seguinte.

Aproveite com moderação e boas festas!!!
http://www.webrun.com.br

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Corpinho perfeito

Veja como a corrida pode ajudar a diminuir as celulites, uma das maiores inimigas das mulheres.
Qual mulher não se preocupa com a celulite? Esse problema que afeta, principalmente, a ala feminina, tem solução. E para quem ainda não sofre com esses pequenos incômodos, formas preventivas para que ela não apareça de surpresa também podem ser usadas.

A celulite está diretamente ligada ao estrógeno, hormônio feminino que também aparece, em pouca quantidade, nos homens. Ela se cria a partir de uma inflamação no tecido cutâneo, alterando a microcirculação da pele e da gordura, sendo assim, causando as ondulações cutâneas.

E alguns locais do corpo podem ser mais propícios a terem celulite do que outros, como explica a Dra. Patrícia Nakahoto, dermatologista. “Existem vários locais, como a coxa, a parte do glúteo, abdômen, chegando a aparecer até nos braços”, diz a dermatologista, que completa. “A celulite aparece devido as alterações nos vasos linfáticos, hipertensão hídrica, obstruções da drenagem da pele e pela flacidez que se encontra na sua superfície”.

Além do estrógeno, alguns motivos também contribuem para o aparecimento da celulite nas mulheres, como explica o dermatologista Fábio Rebucci. “Devido a tendências genéticas e aos hábitos de vida, as mulheres acabam tendo uma incidência maior de celulite, que é uma grande preocupação para a sociedade feminina”, diz Rebucci.

Contribuição da corrida
A prática de um esporte como a corrida pode ter uma grande contribuição para a eliminação das celulites. Aliado a outros tratamentos e a hábitos saudáveis, o esporte ajuda também na prevenção deste problema.

“Os exercícios deixam a pele esticada, trazendo cada dia menos probabilidade de desenvolvimento da celulite. A corrida não é o principal meio de diminuir este problema, mas ajuda indiretamente”, afirma Patrícia.

“A prática de uma atividade aeróbica, como a corrida, ajuda na circulação sanguínea, o que contribui para a prevenção e na diminuição deste mal”, completa Rebucci.

Alimentação
A alimentação influi diretamente no aparecimento da celulite. Uma alimentação mais saudável se faz necessária para no processo de eliminação da celulite.

“A diminuição do sal, carboidratos, principalmente na parte da noite, onde se encontra o acumulo de açúcar desnecessário, é uma das ajudas contra a celulite. Comidas ricas em proteína são bastante indicadas, como a clara do ovo, peito de frango, alcatra e salmão”, disse Rebucci.

Prevenção

Através de medicações, drenagem linfática, aliando-os também a exercícios aeróbicos e alimentação saudável, a celulite pode ser prevenida, ou até mesmo cuidada para que não evolua.

O “efeito sanfona”, quando se engorda e emagrece muitas vezes, pode acabar causando celulite em grande proporção. A sua prevenção, além dos métodos já ditos, deve ser na paralisação desse efeito que pode trazer muitos problemas na saúde, incluindo a celulite.

http://o2porminuto.uol.com.br

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Não deixe de se mexer!

A atividade física é sinônimo de saúde.

Você não precisa ser um “super-atleta” para freqüentar uma academia e desenvolver um programa constante de prática de atividade física. Basta escolher uma na qual você se sinta mais confortável e pronto.

A prática de um esporte, de uma atividade de lazer ou uma simples caminhada lhe traz muitas vantagens para o corpo e a saúde física e mental de uma forma geral, sem falar na socialização que os esportes proporcionam.

Exercícios fortalecem os músculos e ossos ,melhoram a freqüência dos batimentos do coração e a circulação do sangue, aumentam a qualidade do sono,diminuem os riscos de hipertensão, infarto,obesidade, diabetes,osteoporose,câncer,ansiedade e depressão.

Mas é bom seguir certas recomendações como: nunca caminhar ou praticar esportes em jejum, mantenha-se bem hidratado,procure fazer exercícios com a companhia de alguém,dê preferência a lugares como parques,praças,praias com boa iluminação e segurança e academias e centros de esporte e lazer. E sempre faça exames médicos preventivos e procure orientação profissional antes de iniciar os exercícios e respeite seus limites.

http://bemstar.globo.com

domingo, 29 de novembro de 2009

Corrida - Uma Paixão em Grupo

A corrida está na moda no Brasil. Estima-se que, hoje, mais de 4 milhões de pessoas estejam acelerando passadas em busca de benefícios como músculos tonificados, perda de peso, melhora da capacidade cardiorrespiratória e bom humor, uma vez que o exercício libera endorfina, neurotransmissor produzido no cérebro e enviado para a corrente sanguínea em momentos de estresse.

Para começar, motivação é essencial, mas não basta. Na mesma proporção em que o esporte é um ótimo exercício físico, também oferece riscos, como os de lesões. Antes de colocar o pé na estrada, é fundamental realizar exames médicos e buscar orientação com um profissional de Educação Física.

Quem nunca se exercitou num treino de corrida pode iniciar com caminhada ou corrida intercalada com caminhada. Correr com segurança é a garantia de uma evolução natural e da conquista dos benefícios do esporte.

Confira algumas dicas para começar a se exercitar:

Correr melhora a capacidade cardiorrespiratória e a postura, emagrece e previne osteoporose. Também faz bem ao humor devido à liberação de endorfina após o exercício.

Ninguém nasce com resistência para correr longas distâncias, mas a condição genética de alguns é mais favorável do que a de outros. Cada um tem seu tempo para ganhar resistência física e velocidade.

Para iniciantes, o treino pode começar intercalando corrida com caminhada. Praticando de duas a três vezes por semana, em dias intercalados, o condicionamento físico melhora cerca de 10% por semana.

Procurar ajuda de um profissional de Educação Física é fundamental. Praticada da maneira errada, a corrida pode resultar em fraturas, contusões e alterações cardiovasculares, metabólicas e hormonais.

Quando praticada em excesso e sem o descanso necessário, a corrida pode gerar a síndrome de overtraining.

Principais sintomas de overtraining: dificuldade para dormir, perda de apetite, dores frequentes em mais de um ponto, pequenas lesões, mudança de humor, irritação constante, cansaço em demasia, aumento da frequência cardíaca em repouso e inchaço.

Erros de principiante:

Não aquecer antes e depois da corrida. O aquecimento adequado melhora o desempenho, e a desaceleração pós-corrida faz com que a recuperação seja mais rápida.

Comer demais antes de treinar. Apesar da necessidade de combustível para um melhor desempenho, correr com o estômago cheio pode causar indigestão, náuseas e vômito.

Acelerar muito cedo. A maioria dos corredores iniciantes larga em ritmo muito forte e sofre para concluir os últimos quilômetros.

Prato de corredor

Fonte: The Gatorade Sports Science Institute (GSSI Brasil)

ANTES
O ideal é fazer uma refeição de duas a cinco horas antes de correr. A refeição ideal deve ser composta basicamente por carboidratos, moderada em proteínas e pobre em gorduras. Os carboidratos são digeridos rapidamente, enquanto a digestão de proteínas e de gorduras é mais lenta.

DEPOIS
A refeição adequada reabastece a energia dos músculos. O ideal é comer nos primeiros 30 minutos após o exercício e fazer outras refeições pequenas depois de duas e quatro horas.
Se não conseguir ingerir alimentos sólidos nos primeiros 30 minutos ou se não houver alimentos disponíveis, procure beber dois a quatro copos de alguma bebida esportiva ou comer uma barra energética.

http://www.clicrbs.com.br

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Pensando na Comilança do Final de Ano!

Que tal começarmos com uma liçãozinha básica sobre educação nutricional para as festas?

Geralmente, nesta época do ano, as pessoas exageram na alimentação. Comem tudo aquilo que sentem vontade. Mas assim como em todos os outros dias do ano, é importante ter moderação, ou seja, comer de tudo mas sem exageros.

Para ter uma ceia equilibrada, é fundamental saber equilibrar a sua refeição.

No prato, deve constar um alimento de cada grupo: cereais (arroz, massas, batata, mandioca, etc.); carnes (carnes em geral), hortaliças (verduras e legumes, neste grupo você poderá ter mais de uma preparação), leguminosas (soja, feijão, ervilha e lentilha) e frutas.

Uma dica interessante para que o seu prato esteja repleto de diferentes tipos de vitaminas e minerais é que ele esteja colorido, porque assim há o fornecimento de nutrientes diferentes.

Outro ponto importante é a quantidade. Para que você não adquira uns quilinhos a mais após as festas, não exagerar nas quantidade é fundamental. Comer de tudo mas em quantidades pequenas é o segredo para saborear todas as delícias, sem culpas.

Pronto, agora que você já sabe todos os itens importantes para compor sua ceia para que ela esteja balanceada, vamos dar algumas dicas sobre como deve ser sua alimentação neste dias de festas:

- Como a ceia é somente à noite, não fique o dia inteiro sem comer. Faça as refeições durante o dia normalmente, optando por consumir preparações leves.

- Enquanto você elabora os pratos, evite ficar beliscando ou experimentando as preparações.

- Durante a ceia, faça apenas 1 prato. Não fique repetindo.

- Use e abuse das frutas e de sucos de frutas naturais.

- Muito cuidado com a bebida alcoólica. Escolha apenas um tipo de bebida para consumir durante à noite e beba com moderação.

- Quanto às sobremesas, dê preferência pelas frutas ou doces à base de frutas, como mousses, gelatinas e pudins, ao invés de doces muitos elaborados como pavês, tortas e etc. Evite repetir.

Seguindo as dicas e tendo uma ceia balanceada, conforme explicamos acima, você vai saborear de tudo, com saúde, sem ter que ficar preocupada em adquirir quilinhos extras. Na próxima semana, não perca a nossa matéria sobre como fazer compras light para as festas.

http://cyberdiet.terra.com.br

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Para emagrecer tem que comer

Fazer severas restrições alimentares não é a melhor estratégia para eliminar os quilos extras. Muitas vezes, na ânsia de afastar calorias, deixa-se de ingerir fontes de vitaminas e minerais que acionam o metabolismo. O grande risco, então, é ganhar peso. Ou, no mínimo, estacionar no peso. Confira a seguir quais vitaminas e minerais são essenciais e onde encontrar:

VITAMINA A
Os pimentões vermelhos e amarelos, o fígado, a gema de ovo, a cenoura, a abóbora, a manga, o maracujá e o mamão são boas fontes do nutriente

ZINCO
Carnes vermelhas, crustáceos, cereais integrais, castanhas e sementes são ricos nesse mineral

VITAMINA D
Invista no leite e em seus derivados, no ovo e nos peixes, como salmão, atum e sardinha, e tome um pouco de sol todos os dias — este, aliás, é o ingrediente mais importante

FERRO
Varie o cardápio com carne bovina, frango, peixe e leguminosas, como feijão, lentilha, ervilha e grão-de-bico, além de folhas escuras — espinafre, couve, brócolis...

CÁLCIO
Os melhores fornecedores são o leite e seus derivados, como o queijo. Aposte também nos vegetais verde-escuros, caso da couve

MAGNÉSIO

O bacalhau, o arroz integral, o tofu, o farelo de trigo, a soja e a aveia esbanjam a substância.

www.clicrbs.com.br

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Tire suas dúvidas: mitos e verdades das dietas


Durante a dieta, posso comer frutas à vontade.

MITO. Frutas são saudáveis e devem fazer parte do cardápio diário. Entretanto, também fornecem calorias que devem ser contabilizadas. A recomendação diária é de três porções.

Comer carboidrato à noite engorda.

MITO. Engorda tanto quanto comer de dia. O que importa é a quantidade ingerida. Entretanto como, ao dormir, o gasto calórico do organismo é menor, a dica é diminuir o consumo de todos os grupos de alimentos, inclusive de carboidratos.

Se não passar fome não vou emagrecer.

MITO. Passar fome ou pular refeições só atrapalha a dieta. A falta de comida e a incerteza da próxima refeição torna mais lento o metabolismo, que é a capacidade de transformar alimentos em energia. O organismo economiza nas calorias e estoca energia em forma de gordura.

Se exagerar num dia, preciso cortar calorias no dia seguinte.

VERDADE. Não é preciso se privar de eventos sociais por causa da dieta. Se jantou bem num dia, no seguinte faça refeições mais leves para compensar.

Não consigo emagrecer porque meu metabolismo é lento.

MITO. Na maioria dos casos, essa é uma desculpa para o fracasso da dieta. Só uma pequena porcentagem de pacientes têm problemas orgânicos. Voracidade alimentar, sedentarismo e uso de medicações antidepressivas são as causas mais frequentes da obesidade. A dificuldade não está no organismo emagrecer, mas em mudar hábitos, fazer o que é preciso para emagrecer. São coisas diferentes.

Eu como pouco, mas não consigo emagrecer.

MITO. A não ser em raros casos de distúrbios, a pessoa não emagrece quando ingere mais calorias do que gasta. Às vezes, o problema não está na quantidade de comida ingerida, mas na quantidade de calorias da comida colocada no prato.

Fazer musculação engorda.

MITO. O que engorda é a combinação de sedentarismo e ingestão excessiva de calorias. Esse mito existe porque exercícios de musculação também podem aumentar a musculatura, dependendo do objetivo. Entretanto, com a prescrição de treino adequada, a musculação ajuda no emagrecimento, com redução de gordura e medidas e aumento de massa muscular magra.

fontes:Clic Rbs, nutricionista Gisele Pavin, professor de Educação Física Rafael Tomasini e endocrinologista Fernando

POA Night Run

Corrida noturna inédita na Usina do Gasômetro, na capital gaúcha, dia 5/12, terá túnel com efeitos de luzes e som e outros atrativos para os corredores.

Porto Alegre terá no próximo dia 5 de dezembro uma corrida inédita e diferenciada para os atletas gaúchos, a POA Night Run, que vai reunir esporte, música e entretenimento. A corrida noturna será realizada na Usina do Gasômetro, com largada às 20h30. As inscrições podem ser garantidas on-line no ativo.com.

Os corredores terão opção de percursos de 5 km ou 10 km na POA Night Run, e o evento contará com loungues com Dj, telão de LED, e outros ambientes diferenciados para participantes e acompanhantes.

No percurso, os corredores vão se divertir com projeções de luz e vídeos em um túnel sensorial. O evento terá também tendas relaxantes, com equipes de massagem, para os participantes. Os três primeiros nas categorias masculina e feminina nos 5 km e 10 km receberão troféu e kits dos patrocinadores.

Programação
18h às 19h45 - Entrega dos Chips
20h - Início do Aquecimento/Alongamento
20h15 - Abertura do local de largada da prova
20h30 - Largada da prova (Largada única de 5k e 10k)
21h30 - Início da Cerimônia de Premiação

Mais informações: http://www.poanightrun.com.br

Vamos treinar!!!!!!!

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Bye Bye Câmaras de Bronzeamento


Anvisa proíbe uso de equipamentos para bronzeamento artificial

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu em todo o país o uso dos equipamentos para bronzeamento artificial, baseado na emissão de radiação ultravioleta (UV), em clínicas de estética. A resolução está no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

A decisão foi tomada com base em estudos que apontaram os efeitos nocivos dessa prática. Pesquisas científicas comprovaram que a emissão de raios ultravioleta aumenta os riscos de câncer de pele. A Anvisa, então, abriu consulta pública para que profissionais de saúde, fabricantes e a própria população pudessem opinar sobre o assunto.

O câncer de pele corresponde a 25% dos tumores malignos registrados no país, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Esse tipo de bronzeamento já estava proibido pela Anvisa para menores de 16 anos e para jovens com idade entre 16 e 18 anos que não apresentassem autorização do responsável legal. Ficaram de fora da proibição as câmaras de emissão de radiação ultravioleta destinadas a terapias médicas.

AGÊNCIA BRASIL

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Fila Night Run - Mais uma meta Alcançada!



Com clima de balada e muita animação, segunda etapa da Fila Night Run São Paulo reúne cerca de 12 mil corredores na Cidade Universitária da USP.

Neste sábado, dia 07 de novembro, foi realizada a segunda etapa de 2009 da Fila Night Run São Paulo. A prova disputada na Cidade Universitária da USP contou com percursos de 5 km e 10 km, e reuniu cerca de 12 mil pessoas.

Mais informações : http://o2porminuto.uol.com.br



Eu e meu super parceiro e mano do coração estivemos presentes neste mega evento. Conseguimos concluir a corrida com muita alegria e disposição para os próximos desafios.

Falando em próximo desafio, domingo 15/11 tem : 5ª Maratona de Revezamento Paquetá Asics, estaremos lá!!
http://www.paquetaesportes.com.br/maratona/

Lembrando que meu treino é realizado na Active Academia-São Leopoldo com o personal e treinador Guilherme Maciel.
www.activeacademia.com

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Fila Night Run -SP



Primeira corrida fora do estado!!!!!

Eu e meu super amigo e irmão do coração Mágnor, estamos de malas prontas para nossa primeira corrida fora do estado.
Estamos indo para SP para parcitipar da Fila Night Run no dia 07/11/09 às 20h. A ansiedade e euforia toma conta de nós!
A Fila Night Run é uma corrida para quem busca esporte e diversão. É uma prova diferenciada com projeção de luzez e vídeo, música na arena e em pontos dos percurso de 5 km e 10 km e um astral que mistura festa com prática esportiva.
Esta corrida acontece em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte.
Site do circuito: http://o2porminuto.uol.com.br/nightrun/


Vamos lá Mágnor, agora falta pouco...mais um desafio!!!

Aguardem novidades!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Quer arrasar no bronzeado? Comece pela alimentação

Para bronzear a pele é preciso se expor ao sol, óbvio. Mas alimentos como abóbora, batata-doce, beterraba, cenoura, mamão, manga, agrião, brócolis, couve, espinafre e repolho podem ajudar a obter um bronzeado mais bonito.

Legumes, frutas e verduras de cor alaranjada ou verde-escuro são ricos em betacaroteno, que ajuda na formação de melanina, o pigmento presente na pele para proteção e promoção de um bronzeado adequado. O betacaroteno ainda é um antioxidante que é transformado em vitamina A no organismo e promove a recuperação da pele.

Mesmo pessoas muito brancas podem recorrer a alimentos ricos em betacaroteno para se bronzear melhor. Porém, não adianta esperar por um milagre, pois a alimentação pode ajudar, mas o bronzeamento varia de pessoa para pessoa.

E cuidado para não exagerar. Embora não exista limite para o consumo desse tipo de alimento, o excesso pode causar carotenemia que confere uma cor alaranjada à pele. E não se esqueça também de proteger a pele com protetor solar.

Pessoas de pele morena podem usar protetor de fator 15, e as de pele mais branca, fator 30 ou mais. É preciso ainda evitar exposição ao sol entre 10h e 15h, quando há maior incidência de raios solares.

www.clicrbs.com.br

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Sim, comer à noite engorda mais

Estudo revolucionário mostra que o horário em que os alimentos são ingeridos pode torná-los mais ou menos engordativos.

Os cientistas sempre acharam que tanto faz comer de manhã, de tarde ou de noite - afinal, as calorias dos alimentos são sempre as mesmas. Mas um estudo conseguiu provar, pela primeira vez, que comer à noite pode ter consequências diferentes (e piores).

Numa experiência feita por cientistas da Northwestern University, nos EUA, dois grupos de camundongos comeram a mesma ração durante seis semanas. Para o 1º grupo, ela era servida no horário normal. Já os ratos do 2º grupo só eram alimentados no horário errado, em que deveriam estar descansando. Ao final do estudo, haviam ficado 48% mais gordos - muito mais do que os ratos alimentados na hora certa, que tiveram 20% de ganho de peso. Conclusão: por algum motivo, comer à noite engorda mais - mesmo que você ingira os mesmos alimentos que comeria durante o dia.

Ninguém sabe exatamente por que, mas os cientistas suspeitam que a
absorção da energia contida nos alimentos seja influenciada pelo ritmo circadiano - o relógio biológico do corpo. "Mudar a hora de comer pode ajudar a conter a epidemia de obesidade entre os humanos", recomenda o estudo.

Mas o hábito de assaltar a geladeira à noite talvez não seja uma falta de caráter - pode ser culpa da própria comida. Outra experiência feita com ratos, também na Northwestern University, constatou que uma dieta rica em gordura causa alterações numa parte do cérebro chamada núcleo supraquiasmático, que controla o relógio biológico - e isso faz com que o indivíduo tenda a dormir e comer cada vez mais tarde.

http://super.abril.com.br/alimentacao

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

As verdades sobre o leite

Desde a infância o ser humano é acostumado a ingerir leite e os seus derivados. Desta forma, você já deve ter ouvido algumas vezes de sua mãe que precisa beber este líquido para crescer forte e saudável. E ela tinha razão, já que ele é rico em cálcio, mineral mais abundante no corpo humano, e fundamental na formação óssea.

Luís Ricardo de Souza Alves, nutricionista da clínica Nutrição Fácil , explica porque o leite é essencial para crianças e adultos, e como a ausência de cálcio na alimentação pode acarretar alguns problemas na constituição dos ossos, além de dores e doenças mais graves.

“A falta de cálcio em crianças e adolescentes pode causar raquitismo (falta de mineralização óssea) ocorrendo deformações e dores nos ossos e fraqueza muscular. Em adultos esse processo é chamado osteomalácia. A falta desta substância também pode gerar convulsões musculares e a osteoporose (ossos extremamente fracos ficando mais suscetível à fratura), este último sendo mais comum em idosos”, afirma.

O leite e o corpo humano
Apesar de o leite animal não ter as mesmas propriedades que o leite materno, que é composto com todos os nutrientes e vitaminas necessários para o lactante, ele também tem suas vantagens. Por ser rico em proteína, substância essencial para quem pratica esportes, ele pode ser aproveitado desta forma.

“Não digo que o leite é indispensável para um atleta, até porque existem outros alimentos que contêm as substâncias necessárias na dieta de um corredor, e muitas pessoas sofrem intolerância à lactose. Mas o leite é rico em proteína, muito importante para o corpo humano”, explica Priscila Di Ciero, nutricionista esportiva.

Mas será que essa proteína animal pode ser bem aproveitada pelo humano? Luís explica. “Sim, a proteína do leite de vaca é excelente, e pode ser bem aproveitada pelo organismo. Alimentos como carne em geral (carne vermelha, peixe, frango), ovo, carne de soja, queijos magros e combinações de proteínas vegetais (como feijões, lentilhas, grão de bico) são excelentes proteínas para o organismo”.

Para quem sofre de intolerância à lactose, o açúcar do leite, outros alimentos podem substituir a bebida, para suprir a falta dos nutrientes encontrados nela. “Outros alimentos fontes de proteína são as carnes, os ovos, o tofu e alguns suplementos como whey protein e a albumina”, resume a nutricionista.

Com moderação
Alguns nutrientes do leite, como a proteína beta-lactoglobulina, não são aproveitados pelo corpo humano. Quando o intestino não está saudável esta substância, em vez de ser eliminada, é absorvida pelo corpo, mas não é aproveitada, podendo causar alguns problemas como cistite, celulite, resistência à insulina etc.

Porém, se utilizado sem exagero, e em pequenas quantidades, não há problema quanto à ingestão da bebida. “Algumas pessoas fazem uso diário do leite e nada sentem. Desta forma, não precisam excluí-lo do dia-a-dia. Já quem sofre à intolerância ou mal estar com consumo de leite deve evitá-lo sempre”, explica Priscila.

Já quando o assunto é a ingestão do leite antes de provas, Luís explica. “O leite é principalmente fonte de proteínas, e antes de exercícios e provas devemos ingerir mais carboidratos, por isso a ingestão de leite não deve ser exagerada antes desses momentos”, diz o nutricionista, que completa.

“Mas não é necessário eliminá-lo da alimentação. A palavra chave é moderação. Um copo de 200ml de leite 60 a 90 minutos antes de treinos ou provas (para quem não tem problemas com esse alimento) não fará mal algum”.

Prós e contras
A pedido do O2 Por Minuto o nutricionista Luís Ricardo de Souza Alves listou as vantagens e desvantagens do leite na dieta diária.

Prós:
Uma proteína de alto valor biológico
Uma das melhores fontes de cálcio
Uma boa fonte de vitamina A
Fácil e barata de achar em, praticamente, qualquer parte do Brasil.

Contras:
Para alguns indivíduos pode desenvolver ou potencializar certas patologias: colites; flatulência; crises de diarréias; desconforto abdominal; doenças alérgicas como asma, bronquite, rinites; dores musculares e articulares; diminuição das plaquetas; dermatites; agitação, enxaqueca e arteriosclerose.

http://o2porminuto.uol.com.br

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Quer ter resultado? Malhe 300 minutos por semana!

Quem está em busca de saúde e boa forma precisa ter claro que não basta deixar o sedentarismo de lado. É preciso malhar, e malhar o suficiente.

A tradicional recomendação de 150 minutos semanais (30 minutos, cinco dias por semana) de intensidade leve a moderada é baseada nos efeitos sobre a doença cardiovascular e outras doenças crônicas, como o diabetes, mas não é suficiente para quem precisa emagrecer.

Especialistas da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, aconselham às mulheres que desejam perder peso e manter a nova forma que se exercitem pelo menos 55 minutos durante cinco dias por semana e mantenham um cardápio de baixa caloria. Quem começou a treinar há pouco deve começar com 150 minutos e depois aumentar para 200 a 300, entre aeróbico e de musculação.

Muita gente reclama da preguiça que dá fazer musculação, mas é preciso. Aumentar a massa muscular aumenta o gasto calórico do organismo até em repouso. Isso ocorre porque os músculos precisam de mais energia para se manter vivos, ao contrário do tecido gorduroso. Sem contar que musculação ajuda a definir o corpo.

Além dos aparelhos de musculação, outras possibilidades são as aulas de ginástica localizada, como Body Pump, Body Jump, pilates e ioga, que trabalham a musculatura do corpo.

www.clicrbs.com.br

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Chocolate Amargo - doce amigo

Chocolate amargo
Veja porque ele é um doce amigo do sangue.

O chocolate há muito faz a festa dos apreciadores. Tem até aqueles que são tão fanáticos que autodenominam “chocólatras”.Só que agora, pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, afirmaram ter descoberto que o chocolate meio amargo melhora o funcionamento dos vasos sangüíneos. O artigo foi publicado na imprensa americana.

Segundo os cientistas, o chocolate meio amargo tem altas concentrações de flavonóides, substâncias antioxidantes e que são encontradas em larga escala neste alimento.

Pessoas que fizeram uso deste tipo de chocolate apresentaram uma capacidade maior de dilatar as artérias, o que representa melhora da saúde vascular, proporcionando menor risco de doenças cardíacas.

O bom funcionamento de veias e artérias ajuda a prevenir infartos, derrames e outras doenças ligadas à má circulação. Na experiência realizada na Califórnia, 11 pessoas ingeriram 46 gramas de chocolate amargo, rico em flavonóides por dia, enquanto outras dez comeram a mesma quantidade de chocolate com poucos flavonóides.

No fim do estudo, no grupo que ingeriu o chocolate rico em flavonóides, a dilatação dos vasos aumentou em 10%, enquanto no outro grupo houve uma queda de 10%.

Apesar dos resultados da pesquisa, cardiologistas alertam que estudos anteriores mostraram que os componentes do cacau podem melhorar a dilatação dos vasos sangüíneos a curto prazo, mas ainda não foi realizado um estudo dos efeitos a longo prazo. Estes médicos lembram que o chocolate é um alimento muito calórico e tem grande quantidade de gorduras, que se ingeridas em grande quantidade podem trazer problemas de saúde.

http://bemstar.globo.com

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Desinche a barriguinha com medidas simples!

Antes que você continue esta leitura, um alerta: este post não trata de mais uma dieta milagrosa, daquelas que surgem a cada estação. Se você quer eliminar a gordura localizada na barriga precisa associar reeducação alimentar e exercícios físicos. Ninguém dorme gordinho e acorda magrinho! Mas, se o seu problema é o inchaço na barriga, leia até o fim as dicas da nutricionista Cristiane Ruiz Durante, coordenadora de nutrição da famosa Triathon Academia, de São Paulo:

1. Mastigue devagar os alimentos. Essa medida é a mais importante para evitar a dilatação do estômago, e consequentemente, o inchaço da barriga. Ao mastigar devagar, o cérebro registra com maior rapidez a sensação de saciedade e você acaba comendo menos.

2. Faça refeições que contenham sempre salada crua (sem molhos gordurosos e ingredientes muito calóricos) + uma porção de carboidrato leve + uma porção de proteína. “Essa combinação de substâncias é bem digerida e também ajuda a evitar o inchaço do estômago”, explica a profissional.

3. Beba muito líquido durante o dia. De preferência água e chás.

4. Fracione a dieta. O ideal é que a pessoa não fique muito tempo sem comer nada. O ideal é fazer refeições pouco volumosas e de baixo valor calórico até seis vezes ao dia.

5. Tire do cardápio alimentos que costumam causar gases. A saber: refrigerantes, feijão, frituras, pão, queijo, carne vermelha, embutidos como linguiça, presunto, salame e salsicha, salgadinhos.

6. Invista nas fibras e nos alimentos naturalmente diuréticos. Alimentos ricos em fibras regulam o intestino, o que é fundamental para desinchar a barriga. Arroz, cereais e pão integrais, legumes, verduras, carnes magras e frutas devem constar em seu cardápio. Alimentos diuréticos também ajudam pois diminuem a retenção de água e conseqüentemente o inchaço. Invista em chás, suco de limão, erva doce, melancia, morango, abóbora, agrião, beterraba, cenoura, escarola, berinjela, repolho, salsinha, tomate, broto de feijão, pepino e hortelã.

7. Arrume essa postura! Sabia que tem gente que só precisa fazer os alongamentos certos para perder a barriga? Pois é, manter a coluna reta pode ajudar muito você a conseguir a não ter uma barriguinha saliente.

9. Mexa-se: caminhe, corra ou nade por pelo menos 40 minutos, todos os dias. É essencial fazer um exercício aeróbico para o organismo funcionar bem e a barriguinha desinchar. E acelere no passo, nada de ritmo de passeio, é ginástica.

A Massagem Drenagem Linfática é um grande aliado na eliminação do inchaço corporal e retenção de líquidos.
Não fiquei parada, mexa-se e viva melhor!!!!

www.clicrbs.com.br

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Histórias de Run Series - Superação!!!

Ou Acessem o site:
http://www.trackandfield.com.br/tflive/2009/09/superacao-no-run-series-iguatemi-poa/

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

TPM? Controle esse mau (humor!) comendo certo

Durante cerca de uma semana, todo mês, a mulher enfrenta os sintomas da TPM (Tensão Pré-Menstrual), que costumam piorar sua qualidade de vida. Dá sono, mau humor, dores de cabeça, desânimo, cólicas... A alimentação é um dos fatores que pode ajudar no controle do mau (humor!) da TPM, que atinge mais de 70% das brasileiras.

Alguns nutrientes são ótimos aliados para diminuir as sensações de cólicas e de irritabilidade. Os principais aliados são: vitamina B6, as fibras, o triptofano e os ácidos graxos ômega 3 e ômega 6. A nutricionista Márcia Daskal ensina como eles podem ajudá-la:

- A vitamina B6 melhora as sensações de irritabilidade e as dores de cabeça. Ela é encontrada principalmente em grãos e cereais integrais (linhaça, trigo, aveia..) e nas leguminosas, como feijão, lentilha e ervilha. Estes cereais e leguminosas também são ricos em fibras, fundamentais para regularem o funcionamento intestinal e controlarem a ansiedade de comer porque promovem a sensação de saciedade. As fibras também estão presentes nas frutas e nas folhas e legumes.

- O triptofano é um aminoácido precursor de um hormônio relacionado à sensação de prazer e relaxamento e, por isso, melhora a irritabilidade comum durante a TPM. O triptofano está presente principalmente no leite e em seus derivados, como iogurtes e queijos.

- Os ácidos graxos (gorduras) ômega 3 e ômega 6 ajudam a modular a resposta inflamatória e, assim, reduzir as dores e desconfortos causados pelas cólicas. As principais fontes deste ácidos graxos são os peixes como salmão, atum e arenque.

Por outro lado, há alguns alimentos que podem piorar os sintomas da TPM. Alimentos e bebidas ricos em cafeína, por exemplo, podem aumentar a irritação. São eles: café, chá mate e chá preto, chocolate, energéticos, guaraná em pó e refrigerantes de cola.

Já os alimentos industrializados, como salgadinhos, sopas em pó, enlatados e refeições congeladas, são ricos em sódio e podem aumentar a retenção de líquidos, comum nesta época.

E se bater aquela tradicional vontade de doces, prefira aqueles à base de frutas, como pêssego, abacaxi ou figo em calda ou frutas desidratadas, como banana, damasco e maçã secas.

fonte: www.clicrbs.com.br e Recomendo Assessoria em Nutrição e Qualidade de Vida.


domingo, 13 de setembro de 2009

Track&Field Run Series-Porto Alegre



O Track&Field Run Series é o principal evento esportivo assinado pela Track&Field. A competição nasceu em 2004, com a primeira prova – dividida por três etapas – disputada em São Paulo. Com o sucesso do evento e o aumento na procura, a corrida de rua expandiu para outras cidades, como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba e Ribeirão Preto. Em 2009, serão realizadas 14 provas até o final do ano, fechando com a última etapa em São Paulo.
Hoje, numa manhã chuvosa ocorreu a etapa de Porto Alegre.
Eu, Mágnor e Olga participamos da etapa em POA. Chuva, descidas e subidas, mas felizes com o resultado da corrida.
Que desafio bom!!!!! O prazer da corrida é envolvente, o clima saudável, a animação e alegria de todos os participantes e organizadores do evento, toda essa energia é contagiante, agora queromos mais e mais!!!
Parabéns a todos os participantes e até a próxima corrida!!

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Quem dança seus males espanta!

Dançar é bom! Faz bem para o corpo e para a mente! Dançar é sair da realidade, deixar-se levar pelos movimentos e perder calorias. Perder calorias? Sim. A dança pode ser uma alternativa para perder os quilinhos e deixar o corpo em forma. É uma opção para quem não gosta muito do ritmo das ginásticas, musculação e outras modalidades esportivas... Dançar também alonga os músculos, deixa o bumbum durinho, sem contar que a dança nos deixa de muito bom humor, porque é super divertida!
A dança é considerada uma atividade de baixo impacto, e além de manter a forma física, auxilia na melhora da auto-estima, pois além de trabalhar o corpo, mexe também com a emoção. Como as outras atividades, a dança também trabalha toda a musculatura do corpo (note que quando não estamos muito acostumadas a dançar, os músculos ficam um pouquinho doloridos), além disso, também estimula a circulação sanguínea. A dança é ideal para quem não gosta de exercícios de alto impacto, de ir para a academia e ficar “puxando ferro”!
Dança flamenca, dança do ventre, dança de salão, e muitas outras podem ser a grande saída para perder uns quilinhos e de quebra, ficar muito bem humorada!

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Quer emagrecer ??? Corra!!!!

A Folha de S. Paulo consultou especialistas esportivos e elaborou uma lista com as atividades que demandam maior gasto de energia do nosso organismo.
Em média, durante os primeiros 15 minutos de um exercício aeróbico, o organismo consome preferencialmente o glicogênio. Depois desse tempo, em geral, a gordura passa a ser consumida em maior intensidade, como forma de produzir energia.
O processo depende, entretanto, da natureza de cada atividade e da tolerância do esportista ao exercício. Exercícios que trabalham mais a força muscular, como a musculação, também queimam gordura, mas em menor quantidade. Veja o gasto calórico de várias atividades.

Corrida: 20 calorias por minuto.
Correr durante uma hora em uma esteira queima aproximadamente 600 calorias (leve em conta que você não vai correr durante os 60 minutos ininterruptamente, mas vai variar o ritmo). É bom tomar cuidado com esse exercício, que causa fortes impactos nas articulações e altera a frequência cardíaca. Para iniciantes, é melhor ir devagar e começar pela caminhada.

Pular corda: 15 calorias por minuto.
Pular corda é um bom exercício para a panturrilha (batata da perna), coxas e ombros (acionados para girar a corda). A prática também ajuda a desenvolver a coordenação motora.

Vôlei: 15 calorias por minuto.
Surgido nos EUA em 1895, o vôlei ganhou o gosto do "país do futebol" com a medalha de ouro do vôlei masculino em 1992, na Olimpíada de Barcelona. A modalidade é boa para desenvolver força, concentração e coordenação motora.

Luta livre: 14,4 calorias por minuto.
A luta livre já teve mais visibilidade no Brasil e serve para ampliar a força e a flexibilidade de seus praticantes. O termo luta livre também é utilizado para designar a luta greco-romana, modalidade olímpica presente nos currículos esportivos das universidades norte-americanas.

Natação (Borboleta): 14 calorias por minuto.
A natação, em suas várias modalidades, continua sendo considerado por muitos um dos exercícios mais completos. Desenvolve a flexibilidade, agilidade, musculatura, capacidade aeróbia, entre outros aspectos.

Subir escadas: 14 calorias por minuto.
Não é um esporte, mas é uma prática simples imitada por aparelhos de ginástica. Subir escada pode ser considerado um exercício aeróbio, portanto, queima gordura. Se você trabalha ou mora no terceiro ou quarto andar de um prédio (até mais, dependendo da sua resistência) experimente abandonar o elevador e subir de escada. Na pior das hipóteses, você vai garantir coxas mais firmes.

Futebol: 13,3 calorias por minuto.
Esporte nacional por excelência, o futebol ajuda a desenvolver força, capacidade respiratória, noção de espaço, agilidade e coordenação motora.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Circuito de Corridas da Caixa

O calor e o sol forte transformaram o domingo de inverno num belo dia de verão na capital gaúcha. O Parque Marinha do Brasil, às margens do Guaíba, tradicional local de lazer da cidade, foi ocupado pelos corredores e seus acompanhantes desde cedo. Os Atletas amadores e de elite masculina e feminina disputaram os 5 e 10 km da sexta etapa do Circuito da CAIXA.

Somando minha terceira corrida...Eu estive lá!!!


A minha próxima corrida será a Track & Field-Shopping Iguatemi...dia 13/09...vamos treinarrr!!!!

domingo, 30 de agosto de 2009

O que não é normal em uma dieta

Dor de cabeça, mal-estar, irritação? Isso não é normal em uma dieta equilibrada.

A estação quente se aproxima e, nesta época do ano, muita gente costuma iniciar uma "operação verão" para entrar em forma.
Uma das atitudes mais comuns, principalmente entre as mulheres, é apostar em dietas radicais, da moda, sonhando em virar uma Angelina Jolie da noite para o dia.
As pessoas até perdem alguns quilinhos, mas como ninguém aguenta viver à base de sopas, 90% recuperam o peso perdido e ganham outros quilos mais até mais rápido do que emagrecem.
Se o motivo pelo qual você não consegue levar adiante a dieta para sempre, além das tentações do dia-a-dia, é o mal-estar que sente, é sinal de que há algo errado ou com a restrição alimentar adotada.
O que acontece com quem adota uma dieta radical:
- Desmaios
- Arritmias cardíacas
- Mudanças de humor
- Fome extrema
- Tontura
- Enjoo
- Insônia
- Dor de cabeça constante

Se você estiver seguindo uma dieta por conta própria, o ideal é que procure orientação nutricional e faça exames médicos. Passe longe de dietas milagrosas.
Veja o que diz Ana Maria Rossi, psicóloga, PhD em Psicologia Clínica e Comunicação Verbal, especialista em tratamento de estresse e biofeedback, presidente da International Stress Management Association no Brasil, de Porto Alegre:
- O sucesso de uma dieta depende de três fatores: equilíbrio emocional, atividade física e alimentação, nessa ordem de importância. Coloco atividade física antes de alimentação pela grande quantidade de benefícios que ela proporciona: ajuda na queima calórica, aceleração do metabolismo, além de proporcionar bem-estar e aumentar a autoestima. Ou seja, também ajuda no equilíbrio emocional.

domingo, 23 de agosto de 2009

CIRCUITO DAS ESTAÇÕES ADIDAS - PORTO ALEGRE - PRIMAVERA


CIRCUITO DAS ESTAÇÕES ADIDAS - PORTO ALEGRE - PRIMAVERA

A felicidade da foto fala por si!!

Laura, eu e Olga participamos com alegria e determinação do Circuito Adidas Etapa de Primavera, 5km de corrida.
A Prova foi realizada em Porto Alegre.
Agora é treinar para o próximo domingo...Circuito da CEF.
Parabéns meninas e vamos para as próximas!!!!!!

sábado, 22 de agosto de 2009

Chá - Mistura quente



Chás e infusões carregam uma cultura secular

A tradição secular de beber chá vem ganhando aos poucos novos adeptos. Descoberta por acaso há cerca de 5 mil anos pelo imperador chinês Shên Nung, a bebida é a estrela do Jardim do Chá, aberto recentemente pelas irmãs Ivana, 28 anos, e Ângela Rigotto Eberle, 29, na chácara que leva o sobrenome da família, no bairro Exposição. Por lá, é possível encontrar cerca de 40 variedades nacionais e importadas, além de doces, salgados e utensílios para o preparo.

Conta a lenda que enquanto o imperador fervia água sob a sombra de uma árvore durante um de seus passeios, folhas da planta caíram no líquido, deixando-o com uma tonalidade diferente. Curioso, o soberano resolveu provar a tal água colorida e, satisfeito, decidiu fazer experimentos com outras plantas.

Estava descoberto o chá, que com o passar do tempo tornou-se uma das bebidas mais consumidas no mundo.

– Na China, os chás são comparados a vinhos de grandes safras. Há todo um ritual para o seu consumo – explica Ivana.Infusões saudáveisNem tudo o que chamamos de chá pode ser assim nomeado. Conforme Ivana, somente são consideradas chás as ervas provenientes da planta Camellia sinensis. De acordo com o tempo de fermentação durante a produção, os chás dividem-se em verde, branco, oolong, preto e amarelo. Ou seja, aquele “chazinho” de macela, erva-doce, boldo, maçã e outros são apenas infusões.Um dos fatores que ajudou a popularizar o hábito de beber chás por aqui, principalmente o verde, são as propriedades antioxidantes e de queima calórica atribuídas a eles. Com alto teor de cafeína e sais minerais, eles facilitam a queima de gordura e auxiliam no combate ao envelhecimento precoce.

– Temos de deixar claro que, sozinho, o chá não faz milagre. É preciso uma dieta balanceada e exercícios – frisa Ivana.Incluído entre os chás pretos, o Darjeeling, produzido apenas na primavera na região homônima da Índia, é um dos mais populares. Há ainda o Rooitea, proveniente de uma planta conhecida como Árvore do Mel, na África do Sul. Livre de cafeína, é indicado para crianças e gestantes por proporcionar uma boa noite de sono. Rico em sais minerais, ele também é recomendado para atletas após a prática de exercícios. Pelo fato de a bebida ser quente, o organismo absorve melhor tais nutrientes.

Só são considerados chás aqueles extraídos da planta Camellia sinensis. De acordo com o tempo de fermentação, eles são classificados como:
- Verde: não é fermentado
- Branco: fermentação curta
- Oolong: semi-fermentado
- Preto: totalmente fermentado
- Amarelo: fermentado em várias etapas
Assim como os vinhos, cada tipo de chá combina melhor com determinada comida.

- Verde e Amarelo: indicado pela manhã e como acompanhamento de bolos e tortas
- Branco: pela manhã e em refeições leves como saladas e peixes
- Oolong: após o almoço ou janta
- Preto: café da manhã e à tarde. Por ser mais forte, não deve ser ingerido com o estômago vazio, pois pode causar irritação à mucosa do estômago
Assista a um vídeo com curiosidades sobre os chás e dicas de preparo
da bebida
- Os chás são ricos em polifenóis, que auxiliam no combate aos radicais livres, causadores do envelhecimento precoce da pele.
- Por terem alto teor de cafeína, atuam na queima de calorias e, consequentemente, na perda de peso.
- A água não pode estar fervendo. A temperatura ideal deve ser entre 80°C e 90°C. Se ferver, deve-se desligar o fogo e esperar cinco minutos antes de iniciar o preparo. Caso contrário, queimará as folhas.
- Recomenda-se o uso de água mineral. Caso seja utilizada água da torneira, o ideal é fervê-la por cerca de cinco minutos para evaporar o cloro.
- Alguns tipos de chás pedem o uso de infusor no seu preparo. Outros podem ser preparados colocando as ervas direto na xícara. Para cada xícara de água, recomenda-se uma colher (chá) de ervas.
- O tempo de infusão deve ser entre três e cinco minutos. Quanto mais tempo, mais amarga e forte será a bebida.
- O ideal é que os chás sejam bebidos sem açúcar ou adoçados com uma colher (chá) de mel.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

CIRCUITO DAS ESTAÇÕES ADIDAS - PORTO ALEGRE - Etapa de Primavera

No próximo domingo, dia 23/08 acontecerá:


CIRCUITO DAS ESTAÇÕES ADIDAS - PORTO ALEGRE - PRIMAVERA

DATA: 23 de agosto de 2009
LOCAL: Parque Marinha do Brasil - Av. Edvaldo Pereira Paiva - Orla do Guaiba.
PERCURSO: 5 e 10K
HORARIO DE LARGADA: 9h00
HORARIO DE RETIRADA DO CHIP: 7h30 às 8h30

.OUTROS SERVIÇOS: água, fruta e isotonico.


Eu, Olga, Renata, Guilherme e Laura da Equipe Active estaremos presentes!!! Vamos lá pessoal!!

Proteínas: o que elas fazem pela sua boa forma

Uma grande preocupação manifestada por quem precisa perder peso ou quer se manter magro é ingerir a quantidade adequada de proteínas. Mas é bom saber o quê elas realmente podem fazer por você. A famosa dieta das proteínas não costuma ser recomendada por profissionais de nutrição. Entenda:

As proteínas são estruturas químicas complexas que contêm carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. Muitas estruturas e substâncias do organismo são compostas por proteínas como tecidos, ossos, unhas, pele, cabelo, hormônios, enzimas etc. Assim, suas funções englobam a construção de músculos, de células vermelhas do sangue e de anticorpos, produção de enzimas e hormônios que regulam diversos processos do organismo e ainda transporte de diferentes substâncias como gorduras, minerais e oxigênio.

O consumo elevado de alimentos ricos em proteína não significa que leve ao aumento de massa muscular. O ganho de massa muscular é resultado do estímulo do exercício físico e é necessária a ingestão de nutrientes na proporção correta. A proteína repara a lesão das fibras musculares depois do exercício, mas isso só acontece se houver uma ingestão adequada de carboidratos, pois na ausência de carboidratos, as proteínas são usadas como fonte de energia levando a perda de massa muscular.

Até uma hora antes da atividade física e durante o exercício também é necessária a ingestão de carboidratos. Logo após o término do exercício é necessária a ingestão de um lanche ou uma refeição que tenha uma proporção de três partes de carboidratos para uma parte de proteína, dizem os livros de nutrição esportiva. É neste momento que os nutrientes são mais rapidamente absorvidos pelo músculo, podendo aumentar o aumento muscular e prevenir a degradação de massa magra.

Os alimentos fonte de proteínas são carnes vermelhas, aves, peixes, leite, iogurte, queijos, ovos e as leguminosas (feijão, lentilha, soja etc.). Tanto as proteínas como os carboidratos fornecem a mesma quantidade de calorias (4kcal) por grama de alimento.

www.clicrbs.com.br

sábado, 1 de agosto de 2009

Articulações sofrem no inverno: saiba como protegê-las

Basta o frio bater à porta para muita gente começar a reclamar de "dor nas juntas" e lotar as salas de espera dos consultórios médicos. Com a temperatura baixa, o corpo todo tende a se encolher para conter o máximo de calor possível e deixar o inverno menos sofrível. Nesse movimento, os tendões encolhem, os músculos se contraem. Quem acaba levando a pior são as articulações, que se sentem pressionadas por todos os lados. É nessa hora que os pacientes que já têm alguma lesão percebem que a dor aumenta muito.
As reclamações mais comuns são dificuldade para se movimentar e rigidez nas articulações, o que pode complicar até mesmo uma simples caminhada nos casos mais graves.

– O clima frio torna o líquido sinovial, aquele que lubrifica internamente as juntas, menos viscoso, além de reduzir a flexibilidade dos músculos, ligamentos e tendões. Isso tudo gera desconforto e dor e deixa o indivíduo com mais dificuldade para se movimentar – explica o reumatologista Alexandre Garcia Islabão, professor da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra).

As regiões que mais sentem os efeitos das baixas temperaturas são as articulações periféricas, como as das mãos, dos pés e dos joelhos. Por se localizarem mais distante do tronco do corpo, têm dificuldades em manter a temperatura perto dos 37°C. Nas articulações das mãos e dos pés, por exemplo, as temperaturas são muito mais baixas e se aproximam daquela registrada no ambiente.Cabe ressaltar que o frio, apesar de aumentar a incidência da dor, não é o responsável pelo surgimento de reumatismo, ou seja, de problemas crônicos nas articulações.

– Há mais de cem tipos de reumatismo com causas diversas. Pode ser desde infecção por bactérias, mudanças no metabolismo até doenças degenerativas. O que ocorre no frio é que a sensação de dor aumenta, mas a lesão, na verdade, já está instalada – enfatiza o reumatologista Fernando Neubarth, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia.

Segundo Neubarth, quando o sofrimento causado pelas baixas temperaturas está intenso, a dica é manter-se bem protegido, com agasalhos apropriados, banhos de água morna e bolsas térmicas na região afetada. O calor descontrai músculos, tendões e ligamentos, aliviando a pressão sobre as articulações e favorecendo a circulação sanguínea. Mas é preciso ter cuidado: quando as dores persistem por vários dias ou semanas, pode ser sinal de alguma complicação. Nesse caso, busque um especialista para receber o diagnóstico preciso e orientações adequadas sobre o tratamento.


Como evitar dores nas articulações:

: Atividades físicas, orientadas e de baixo impacto, como caminhadas, ajudam a manter a lubrificação adequada e reforçam a musculatura que sustenta as articulações.

: Os exercícios de alongamento também têm uma função importante, preservando a flexibilidade e a amplitude dos movimentos das juntas.

: O peso adequado evita que as articulações sejam sobrecarregadas. Com o tempo, os quilos a mais causam danos, como degeneração e inflamação.

: A sobrecarga também pode ocorrer por causa de posturas erradas ao longo do dia. Um exemplo é segurar o mouse com o braço inclinado, forçando o punho.

: No inverno, é importante se manter bem agasalhado, evitando a perda de calor. Para quem tem problema crônico, esse cuidado deve ser redobrado nas regiões que costumam ficar doloridas.

: Se o desconforto persistir por mais de um mês, procure orientação médica. A grande novidade na área é que o diagnóstico precoce ajuda em muito no tratamento do reumatismo.



quarta-feira, 29 de julho de 2009

15 hábitos para viver mais e melhor


Esta pesquisa, publicada no British Medical Journal, é o resultado de um estudo americano da Escola de Medicina de Harvard, que avaliou 77 872 mulheres entre 24 e 59 anos por mais de duas décadas. Mas as dicas, elaboradas a partir das conclusões a que chegou o estudo, podem ser seguidas por homens e mulheres. Colocar em prática essas atitudes é programar um futuro com mais saúde.

Respeite seu corpo: cansaço e estresse podem custar caro à sua saúde. Nos tempos atuais, de rotinas agitadas, é difícil manter o equilíbrio. Mas é preciso lutar por ele.

Pratique exercícios: a atividade física faz seu corpo trabalhar melhor, previne doenças e ainda alivia o estresse. Mas, para garantir benefícios à saúde, é preciso regularidade. Não adianta malhar às vésperas do verão para entrar no biquíni e depois se render ao sofá.

Desarme o estresse: aprenda a eleger tarefas e estabelecer prioridades em vez de carregar o mundo nas costas. Estresse causa doenças do coração e outros distúrbios.

Escove os dentes: para garantir um sorriso bonito daqui a algumas décadas é fundamental prevenir cáries e doenças nas gengivas.

Fique em silêncio: encontre um tempo para você olhar para dentro. A quietude interior traz autoconhecimento, a introspecção alivia a ansiedade.

Alimente-se bem:
aposte em frutas, verduras, grãos integrais e beba muita água.

Preserve o sono: dormir mal afeta o humor, o raciocínio e a tomada de decisões.

Controle o peso: o excesso de gordura pode desencadear mais de 30 doenças, como diabetes, hipertensão, colesterol alto, deficiências respiratórias etc.

Apague o cigarro: câncer, distúrbios do coração e doenças pulmonares lideram a lista das mais de 50 doenças associadas ao tabaco.

Cultive bons sentimentos: seja generoso, solidário, tenha compaixão. Ter bons pensamentos, sentimentos e atitudes faz bem aos outros e a nós mesmos.

Faça check-ups regularmente: ao monitorar como anda sua saúde você pode atacar o problema logo no início.

Se espreguiçe: ao invés de saltar correndo da cama, dê tempo para os músculos "acordarem". Alongue-se.

Use protetor solar: os raios ultravioletas envelhecem a pele, aumentam a flacidez e ainda há o risco de câncer. Proteger-se é fundamental.

Fracione a dieta: comer pequenas porções cinco ou seis vezes ao dia, em vez de fazer refeições abundantes, contribui para a digestão e o melhor aproveitamento dos nutrientes.

Tenha amigos: quem conta com um ombro para desabafar vive mais, adoece menos e escapa da depressão, segundo um estudo de cientistas da National Geographic Society e da Universidade de Minnesota, ambas nos Estados Unidos. Ao lado da alimentação saudável e da atividade física, o lazer e as relações sociais são determinantes para prolongar a vida.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Celulite? Aqui, não!


Uma simples salada de frutas e mesmo a granola nossa de todo dia podem deixar o bumbum e as coxas mais lisinhas. Tudo porque esses alimentos são ricos em vitaminas B6, C e selênio. “Eles ajudam a melhorar o sistema linfático, reduzir o inchaço e combater os radicais livres, que oxidam as estruturas da pele, contribuindo para o aspecto de casca de laranja”, diz a nutricionista Adriana Kobayashi, da Equilibrium Consultoria em Nutrição, em São Paulo. Para acelerar os resultados, invista ainda em aveia, feijão e vegetais verde-escuros. Por conterem silício e boro, estimulam a circulação e mantêm alinhadas as fibras elásticas, deixando a pele mais esticada e os furinhos menos visíveis.

domingo, 19 de julho de 2009

Trocar pão por biscoitos de água e sal é um erro comum de quem quer perder peso


Pães são mais calóricos, mas também mais saudáveis

Trocar pão por biscoito água e sal ou cream cracker é um erro cometido por quem quer perder peso, segundo nutricionistas e o teste realizado pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste). Apesar de mais calóricos, pães (francês ou de forma) são mais saudáveis e engordam menos do que cinco biscoitos.


A nutricionista Gisele Magalhães explica que vários fatores contam para o ganho de peso – entre eles, fibras e gordura.

– Além de benéficas para o intestino, fibras diminuem absorção de gordura.

Nos pães, há mais fibras e menos gordura, embora o número de calorias seja maior. Outra vantagem dos pães: a sensação de saciedade é maior do que a experimentada com a mesma quantidade de biscoitos.

A pesquisa avaliou 15 marcas de biscoitos. Uma delas, da Mabel, tinha alto teor de gordura trans, considerada vilã entre nutricionistas. Segundo a nutricionista da Pro Teste, Manuela Dias, seis biscoitos (cerca de 30 gramas) do tipo água e sal têm 1,2 grama de gordura trans. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o consumo dessa gordura não seja superior a dois gramas por dia.

– É difícil evitar a gordura trans hoje. E, se em apenas seis biscoitos, consome-se mais da metade, o risco de ultrapassar os dois gramas é muito alto.A Mabel não respondeu aos pedidos de informações sobre a pesquisa da Pro Teste.

Segundo Manuela, o tipo água e sal da Adria tinha cerca de 12% da quantidade máxima de sal recomendada (quatro gramas). No biscoito da marca Tostines, o nível chegou a 14%.– O excesso de sal pode levar à hipertensão – alerta.

Em nota, a Nestlé (proprietária da marca Tostines) informou que está reduzindo o teor de sal em seus produtos. A Adria disse seguir o padrão praticado no mercado e que pesquisa formas de tornar seus produtos mais saudáveis.


ZH/VIDA